Redes Social



twitterfacebookgoogle pluslinkedinrss feedemailhttps://www.wowapp.com/w/andrecafe/joinhttps://www.instagram.com/andrecafee/

terça-feira, 23 de julho de 2013

Saúde de ministros do TCU custa R$ 1 milhão em dois anos

O Tribunal de Contas da União ressarciu seus 13 ministros, entre 2011 e 2012, no total de R$ 1 milhão em despesas médicas. O valor é 67,4% a mais do que o previsto em duas portarias do TCU, que definiram um limite máximo por ano de recursos destinados ao ressarcimento por despesas com assistência à saúde das autoridades.
Cada portaria previa o gasto máximo de R$300 mil por ano, mas em 2011 foram devolvidos aos ministros a soma de R$ 452,5 mil e em 2012 subiu para R$ 552,1 mil. As informações estão disponíveis no site da Lei de Acesso à Informação.
Segundo o jornal O Globo, o TCU explicou que não houve estouro na previsão de gastos, já que as portarias se refeririam a gastos que não são reembolsados pelos planos de saúde. Já a devolução parcial dos gastos com planos pelos ministros seriam computados em outra fonte de orçamento.
Segundo a assessoria de imprensa do órgão, existem dois limites orçamentários para custear tais despesas. A assistência à saúde da qual os ministros têm direito contempla também dependentes.
     O ministro Raimundo Carreiro relatou a decisão do TCU de que tais custos são de caráter íntimo e privado, por isso não deveriam ser divulgados no site da Lei de Acesso à Informação. Carreiro é o ministro que mais teve despesas de assistência à saúde ressarcidas pelo tribunal. Foram R$ 62,3 mil em 2011; R$102 mil em 2012 e R$10 mil nos dois primeiros meses deste ano.
Fonte-opiniao

Nenhum comentário:

 
BLOG DO ANDRÉ CAFÉ
SÓ JESUS SALVA
//