Redes Social

twitterfacebookgoogle pluslinkedinrss feedemail

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

PL 7371/2014: o “Cavalo de Tróia” para legalizar o aborto




Um projeto de lei que pretende criar um fundo para combater a violência contra mulheres; traz em suas entrelinhas uma abertura para liberar o acesso ao aborto no Brasil, como denunciou em um recente vídeo o Padre Paulo Ricardo.
Conhecido por sua luta pró-vida, o sacerdote explicou também em um recente artigo que o PL 7371/2014 vem complementar a Lei 12.8457/2013, o qual considerou como violência sexual “qualquer forma de atividade sexual não consentida”.
“Isto possibilitou uma enorme ampliação do acesso ao aborto, tornando-o literalmente livre. Na medida em que qualquer pessoa, mesmo dentro de um matrimônio, mas, que esteja desejando o aborto. Possa se dirigir a qualquer unidade de saúde equipada para este serviço, afirmando que teve uma relação sexual não consentida”, explicou.
Ao determinar “o atendimento imediato, obrigatório em todos os hospitais integrantes da rede do SUS”.
A lei sancionada em 2013 ampliou a oferta de aborto no Brasil de 200 unidades para mais de 6 mil hospitais.
Nesse sentido, Pe. Paulo Ricardo alertou que, sobre o novo projeto de lei em debate. “Este fundo que se pretende criar não é para combater a violência contra as mulheres, mas será usado para expandir estas unidades, construir ‘salas de parto’. E financiar a compra de equipamentos e treinamento dos profissionais de saúde para o aborto”.
Para esclarecer esses pontos, citou o artigo terceiro do projeto, o qual afirma que:
“Os recursos do Fundo Nacional de Enfrentamento à Violência Contra as Mulheres serão aplicados em:
I – implantação, reforma, manutenção, ampliação e aprimoramento dos serviços e equipamentos;
II – formação, aperfeiçoamento e especialização dos serviços de garantia de direitos e assistência às mulheres;
III – aquisição de material permanente, equipamentos imprescindíveis ao funcionamento dos serviços.”
Além disso, explicou que esses tópicos podem levar à ampliação do aborto. Tendo como exemplo o que aconteceu após a sanção da Lei 12.845/2013.
Quando se publicou a Portaria 415, a qual inclui o procedimento.
“Interrupção da gestação/antecipação terapêutica do parto previstas em lei e todos os seus atributos”
Na Tabela de Procedimentos, Medicamentos, Órteses/Próteses e Materiais Especiais do SUS.
Para fazer frente a esta possibilidade se liberar o acesso ao aborto com este projeto, o deputado Diego Garcia (PHS-PR) propôs uma emenda que acrescenta ao texto o seguinte parágrafo:
“Nenhum dos recursos especificados neste artigo poderá ser aplicado em equipamentos, serviços ou atividades relacionados, direta ou indiretamente ao aborto provocado, incluindo os casos especificados no artigo 128 do Decreto Lei 2848/1940”.
O PL 7371/2014 estava pautado para votação no plenário na terça-feira, 21 de fevereiro, mas foi retirado da pauta.

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

O protetor que Deus enviou para você



“Deus confiou aos seus anjos o guardar-te em todos os teus caminhos”. (Salmo 91, 11).
É uma verdade de fé, diz o exímio teólogo Francisco Suarez, que Deus, em sua inefável providência, confiou os homens, enquanto peregrinam por este mundo, à guarda dos Santos Anjos.
E é igualmente doutrina católica, que a cada homem, desde o primeiro instante do seu nascimento, é assinado um anjo em especial como seu particular guardador.
Este ensinamento é fundado sobre a autoridade da Sagrada Escritura e dos Santos Padres.
Quanto à Escritura, um dos textos sobre que principalmente se apoia é o versículo, que há pouco citamos do salmos:
“Deus confiou aos seus anjos o guardar-te em todos os teus caminhos”.
É este versículo rico de doutrina. Cada uma de suas palavras merece ser meditada.
E nós o faremos seguindo as pegadas do doutor melífluo, S. Bernardo, que assim as vai comentando:
“Quem confiou? A quem? Que foi confiado? a respeito de quem?
Oh que grande reverência te não deve inspirar uma tal disposição da Providência de Deus, quanta devoção infundir, quanta confiança trazer!
Reverência, pois assim o exige a presença, certa de fé, dos santos anjos;
Devoção em retorno dos benefícios que te dispensam;
“E confiança pelo fato de estares sob os cuidados de tais guardadores”.
(Sermo XII in ps. XC.)
.


terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Pernambuco: 28 homicídios em 24 horas

                         
Nas últimas 72 horas, foram registrados 52 assassinatos em Pernambuco. Deste total, 25 aconteceram no Grande Recife e mais 27 no interior do Estado. Apenas nas últimas 24 horas, 28 homicídios foram registrados, ou seja, mais do que uma pessoa morta por hora.
Entre a sexta-feira (10) e o sábado (11), 6 mortes violentas foram cometidas, sendo 4 no interior e 2 na Região Metropolitana. Do sábado para o domingo (12), 18 homicídios foram cometidos, dos quais 10 pessoas foram mortas no interior e 8 no Grande Recife.
Já do domingo para esta segunda-feira (13), ou nas últimas 24 horas, 28 pessoas foram assassinadas. Neste caso, foram 13 no interior e mais 15 na capital e Região Metropolitana.

Fonte-jc

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Ação humana contamina áreas intocadas do fundo do mar



Não muito longe das ilhas Guam está o ponto mais profundo da superfície da Terra, a fossa das Marianas. Sua profundidade é de 10.994 metros abaixo do nível do mar. Se o monte Everest ficasse em uma posição invertida, ainda assim haveria mais de 2 km de água entre a base da montanha e a superfície do oceano. Em razão dessa profundidade, muitos pesquisadores supunham que a fossa das Marianas e outras semelhantes do fundo do mar fossem os poucos lugares ainda preservados no mundo.
No entanto, um artigo de Alan Jamieson e de seus colegas da Universidade de Newcastle, no Reino Unido, publicado esta semana na revista científica Nature Ecology and Evolution, mostrou que as fossas oceânicas têm muitos elementos poluentes.
Apesar do frio, da escuridão e da alta pressão, as fossas oceânicas são o hábitat de ecossistemas semelhantes em muitos aspectos aos encontrados em outras partes do planeta. Porém, na maioria dos ecossistemas da Terra, a luz solar alimenta o crescimento de plantas que são consumidas pelos animais. Em algumas partes mais rasas do oceano, os respiradouros hidrotermais fornecem substâncias químicas ricas em energia, que formam a base das cadeias alimentares locais.
Porém, não existem respiradouros abaixo de 5 mil metros e nenhuma luz solar penetra em uma fossa oceânica. Os organismos encontrados nesses locais escuros e profundos dependem, portanto, do material orgânico absorvido pela água.
 Como esses nutrientes ficam depositados nas fossas, Jamieson questionou o pressuposto que essas regiões profundas não tinham sido atingidas pela ação humana. Em sua opinião, os poluentes de longa duração, como os bifenilos policlorados (usados em equipamentos elétricos) e éteres difenílicos polibromados (utilizados como retardantes de chamas) poderiam ter penetrado nos organismos marinhos que vivem nesses locais.
Com o objetivo de testar essa ideia, Jamieson e seus colegas enviaram um módulo não tripulado para o fundo da fossa das Marianas e para a fossa de Kermadec, perto da Nova Zelândia. O módulo passou entre oito e 12 horas explorando o local e capturando anfípodes (um tipo de crustáceo, ver imagem) usando armadilhas de funil com cavalas como isca.
O módulo coletou espécimes de dez locais nas duas fossas. O local mais raso foi de 7.227 metros na fossa de Kermadec. O mais profundo estava a 10.250 metros na fossa das Marianas. A equipe constatou a presença de éteres difenílicos polibromados nos anfípodes capturados, mas em concentrações moderadas. Já os níveis de bifenilos policlorados estavam bem altos.
Em animais capturados em ambientes sem poluição, os níveis de bifenilos policlorados não excedem em geral a um nanograma, o equivalente a um bilionésimo de um grama, por grama de tecido. Em áreas extremamente poluídas, como o rio Liao na China, esse nível pode subir um pouco acima de 100 nanogramas. Na fossa das Marianas os anfípodes que viviam na profundidade de 10.250 metros tinham 495 nanogramas por grama da substância química poluente. Os encontrados a 8.942 metros tinham uma concentração de 800 nanogramas. A análise do tecido dos anfípodes capturados a 7.841 metros de profundidade mostrou uma concentração de 1.900 nanogramas por grama. O nível de poluição da fauna marinha da fossa de Kermadec apresentou uma variação de 50 nanogramas a 250 nanogramas por grama.
Os pesquisadores não descobriram o motivo da presença tão elevada de bifenilos policlorados na fossa das Marianas. Segundo Jamieson, é possível que seja resultado da proximidade da fossa com o Redemoinho Subtropical do Pacífico Norte, uma espiral de correntes criada por um sistema de alta pressão de centenas de quilômetros de extensão, que acumulou milhões de quilos de lixo ao longo dos anos, a maioria de plásticos.

Fonte-opiniao

sábado, 18 de fevereiro de 2017

WhatsApp segurança: verificação em duas etapas

           


          O WhatsApp revelou na noite da última quinta-feira (09) que uma atualização do aplicativo trará um novo elemento de segurança: a autenticação em duas etapas por meio de um código de acesso. A novidade servirá para proteger os usuários do mensageiro, que desde 2015 aparece como o programa para smartphone mais popular do Brasil.
De acordo com os criadores do WhatsApp, carinhosamente chamado também de "Zap" no país, o update chegará aos poucos aos donos de celular com Android, proprietários de iPhone (iOS) e usuários de Windows Phone. A funcionalidade estava em teste desde novembro do ano passado.
A autenticação em duas etapas é um mecanismo de segurança adotado por empresas como Facebook (dono do WhatsApp) e Google para proteger os internautas. Se normalmente bastaria ter uma senha para acessar o perfil na rede social ou o Gmail, com esta modalidade de segurança é adicionado um novo ingrediente: um smartphone com token ou um SMS com código que é enviado durante a tentativa de acesso.
No caso do WhatsApp, a verificação é considerada um "recurso opcional" para ampliar a proteção. "Sempre que o usuário ativar esse recurso, qualquer tentativa de verificar seu número de telefone no WhatsApp deve ser acompanhada de uma senha de seis dígitos, a ser escolhida pelo próprio usuário", informa a nota enviada pela assessoria do app no Brasil.
Quem quiser ativar o recurso deve abrir o WhatsApp e ir em Configurações » Conta » Verificação em duas etapas » Ativar.
Ao menos na rodada de testes da função no Windows Phone, o WhatsApp também permitia que o usuário cadastrasse um email para receber o código de confirmação de identidade. Segundo a documentação oficial sobre o tema, a funcionalidade será mantida agora que a nova forma de autenticação será liberada para todos.
O WhatsApp é utilizado por 1,2 bilhão de pessoas no planeta. Ele faz parte dos aplicativos mantidos pelo Facebook, assim como o Instagram, o Boomerang e o Messenger. 

Google poderá retirar vários aplicativos da Play Store



Dê uma olhada nas prateleiras digitais da Google Play Store e você provavelmente encontrará um grande número dos chamados “aplicativos zumbis”. Esses apps costumam assumir a forma de um game famoso ou um utilitário malfeito que não corresponde exatamente à descrição, e eles estrategicamente aparecem juntamente com apps legítimos, o que torna difícil encontrá-los.
Pelo visto, parece que finalmente será feito algo sobre isso. Em uma carta descoberta pelo The Next Web, o Google começou a alertar alguns desenvolvedores que um ou mais dos seus apps foram marcados por uma falta de política de privacidade adequada, um problema comum entre esses tipos de aplicativos.
Na mensagem, o Google reitera sua política, que “exige que os desenvolvedores forneçam uma política de privacidade válida quando o app exigir ou lidar com informações sensíveis dos usuários”. Tais permissões incluem acesso à câmera, microfone, conta, contatos ou ao telefone, o que exige uma revelação transparente sobre como os dados dos usuários serão gerenciados, de acordo com as exigências do Google. Não está claro quantas cartas foram enviadas, mas o The Next estime que a medida poderia afetar milhões de aplicativos.
Essa não é nem de longe uma nova política do Google, mas esse “empurrão” pode ser o início de uma aplicação mais forte da mesma. Como o Google afirma nas suas diretrizes para os desenvolvedores, “Se o seu app coleta e transmite dados pessoais ou sensíveis dos usuários que não tenham relação com a funcionalidade descrita de forma proeminente na listagem do app na Google Play Store ou na interface do aplicativo, então antes da coleta e transmissão dos dados, é preciso ser destacado como os dados dos usuários serão usados e receber um consentimento do usuário para tal uso.”
Apesar da falta de uma política de privacidade apropriada pode ser um erro honesto para alguns desenvolvedores, também é provável muitos vão ignorar essa mensagem e enfrentar as consequências que o Google esteja preparando para eles.

Fonte-idgnow

Marinha do Brasil decide desativar único porta-aviões




A Marinha do Brasil decidiu desativar definitivamente o único porta-aviões da sua frota de combate, o NAe A-12 São Paulo, comprado na França, em 2000, pelo então presidente Fernando Henrique Cardoso a preço de oportunidade, US$ 12 milhões. O navio está recolhido ao sistema de docas da força naval no Rio de Janeiro. O levantamento dos custos de modernização do navio superou a marca de R$ 1 bilhão e foi considerado excessivo pelo Almirantado. O ministro da Defesa, Raul Jungmann, e o presidente Michel Temer já foram informados da decisão.

Fonte-estadao

Nokia deve relançar o ‘indestrutível’



O Nokia 3310, celular que ficou famoso pela longa duração da sua bateria e pela resistência – foi apelidado de “indestrutível” – será relançado. A informação é do site de notícias de tecnologia Venture Beat, que cita fontes anônimas com conhecimento do assunto. Segundo a reportagem, o aparelho vai custar 59 euros (194 reais) e será anunciado no Mobile World Congress, evento do setor que acontecerá em Barcelona a partir do fim deste mês.
O aparelho começou a ser comercializado no início dos anos 2000, e teve vendas de mais 126 milhões de unidades até ser aposentado, em 2005. O 3310 é considerado um telefone convencional e não um smartphone. Além da possibilidade de fazer ligações, as demais funções que possui e que eram consideradas modernas à época – como enviar SMS, agenda, despertador e jogos – são básicas em qualquer celular atual. O celular ficou célebre pela sua resistência a impactos e também pelo jogo Snake (conhecido popularmente como “jogo da cobrinha”).
A Nokia abandonou a produção de dispositivos móveis em 2014, quando vendeu o negócio para a Microsoft por 5,44 bilhões de euros, com o objetivo de focar em equipamentos de rede. Os equipamentos da marca são produzidos pela empresa HMD Global Oy, que detém os direitos de uso da marca Nokia desde que comprou parte da divisão de celulares da Microsoft.
Fonte-vejacom


Governo sanciona lei que estabelece a reforma do ensino médio

O governo sancionou na última quinta-feira (16/02) a lei que institui a reforma do Ensino Médio. O número de horas de aula vai aumentar. E o aluno vai poder escolher uma parte do currículo.
Um grupo do terceiro ano do ensino médio de uma escola pública de Brasília concorda que é preciso mudar.
“A gente vê que o ensino é o mesmo da década de 80, de 90. Não sei. E as coisas precisam, evoluir, precisam de uma melhoria”, disse o estudante Marcos Dutra.
Haroldo ainda está no primeiro ano. E está cheio de expectativas.
“A gente vai abranger um conteúdo maior e com ensino técnico a gente vai estar mais preparado, vai ter uma base maior para conseguir arrumar um emprego”, afirmou o estudante Haroldo Guimarães.
Pela reforma, 60% do currículo serão obrigatórios - matemática, português e inglês estão nessa lista. Filosofia, sociologia, artes e educação física também, mas vão entrar no currículo como conteúdo - nesse caso podem estar inseridas em outras disciplinas, como por exemplo “Filosofia” em “História”.
Os outros 40% serão definidos de acordo com a oferta da escola e o interesse do aluno. As aulas terão conteúdo das seguintes áreas: linguagens, ciências da natureza, ciências humanas e sociais e formação técnica e profissional. Também está nessa lista a matemática, porque o aluno pode optar por estudar mais e ter reforço nessa área. As escolas deverão oferecer ao menos uma das cinco áreas.
A carga do ensino médio vai passar das atuais 800 para pelo menos mil horas por ano. As escolas terão cinco anos para cumprir isso.
Até 2024, o ensino médio em tempo integral deve alcançar 25% das escolas. E aí será preciso mais dinheiro.
“Um dos maiores desafios que nós vamos ter é a questão da estrutura física das escolas. Nós vamos ter que ter investimento nas estruturas, na ampliação dos espaços físicos para a adequação da quantidade de alunos que nós temos hoje”, disse a diretora de escola Graça de Paula.
O relator da reforma no Senado afirma que as mudanças representam um avanço.
“O governo federal está priorizando as escolas com o menor IDH e menor nota no Ideb. Isso significa também uma política social. Vai permitir que as escolas possam oferecer melhores condições que estão oferecendo atualmente”, disse o senador Pedro Chaves (PSC-MS), relator.
O presidente Michel Temer sancionou a lei que institui a reforma nesta quinta-feira (16) numa cerimônia no Planalto. O ministro Mendonça filho disse que o governo vai apoiar os estados.
“Um programa de dez anos pelo menos e nos próximos dois anos nós já alocamos R$ 1,5 bilhão que serão suficientes para que a gente possa mais do que dobrar o número total de matrículas em educação em tempo integral no nível médio no Brasil”, disse o ministro da Educação, Mendonça Filho.
A reforma deve começar a valer em 2019. O governo agora corre para conseguir tirar do papel as mudanças e tornar o ensino mais atraente para os jovens.
Até o fim de 2017 será preciso definir a base curricular que será comum a todos os alunos. Esta base deve tratar da obrigatoriedade de outras disciplinas como biologia, química e física.

Fonte-globocom

Mais de 30 países organizam greve geral de mulheres

O dia 8 de março promete ser diferente. No próximo Dia Internacional da Mulher, está marcado uma greve nacional feminina na Argentina. No entanto, mulheres de outros 30 países também querem fazer o mesmo.
Grupos feministas da Austrália, Bolívia, Brasil, Chile, Costa Rica, República Checa, Equador, Inglaterra, França, Alemanha, Guatemala, Honduras, Islândia, Irlanda do Norte, Irlanda, Israel, Itália, México, Nicarágua, Peru, Polônia, Rússia, El Salvador, Escócia, Coreia do Sul, Suécia, Togo, Turquia, Uruguai e Estados Unidos confirmaram que vão deixar seus postos de trabalho para protestar contra as desigualdades de gênero e a violência contra a mulher.
A greve é inspirada no Dia Livre das Mulheres islandesas de 1975, quando 90% das mulheres deixaram seus postos de trabalho em 24 de outubro para se manifestar nas ruas e lutar pela igualdade de direitos.
Nesta semana, a ativista americana Angela Davis e outras do mundo acadêmico assinaram uma carta publicada no jornal Guardian, intitulada “Mulheres dos Estados Unidos, vamos fazer greve. Vamos nos unir e assim Trump verá nosso poder”, que convida as mulheres a participarem da manifestação.
As americanas nomearam esta nova onda global de Feminismo do 99%, que enfatiza os direitos sociais e herda a simbologia dos protestos do movimento “Ocuppy Wall Street” contra o 1% que sustenta a riqueza global.

Fonte-opiniao
 
BLOG DO ANDRÉ CAFÉ
SÓ JESUS SALVA