Redes Social



twitterfacebookgoogle pluslinkedinrss feedemailhttps://www.wowapp.com/w/andrecafe/joinhttps://www.instagram.com/andrecafee/

sábado, 15 de fevereiro de 2014

Moeda virtual ganha espaço no Brasil



Criada há apenas quatro anos, a moeda virtual bitcoin começa a ganhar espaço no comércio brasileiro.
Sem bancos como intermediários, a moeda virtual mais conhecida da internet circula por meio de transações entre “carteiras digitais” gerenciadas por softwares que existem nos computadores dos usuários.
A cotação no dia 13 de fevereiro, por exemplo, era de 1 bitcoin equivalente a R$ 1.600. Especialistas acreditam que o bitcoin pode não durar, mas o seu modelo permanecerá em circulação.
Em um relatório recente para investidores, o Bank of America afirmou que acredita “que a moeda possa se transformar em um grande meio de pagamento para o comércio eletrônico e se tornar uma séria competidora a instituições de transferências tradicionais”.
A moeda virtual foi proibida na China e na Tailândia por causa do receio de que seja utilizada em lavagem de dinheiro. O vice-presidente da fundação Bitcoin deixou o cargo no final de janeiro após ser preso acusado de lavagem de dinheiro.
Entre as vantagens do bitcoin está a possibilidade de fugir das taxas de bancos e operadoras de cartão. No Brasil, a moeda é adotada por 27 estabelecimentos comerciais. No total, já são mais de 2,6 mil em todo o mundo.
A transferência de bitcoins atualmente não custa nada, o que torna a moeda atraente para quem precisa transferir dinheiro entre diferentes países.
Por outro lado, uma das preocupações de economistas é a volatilidade da moeda: um bitcoin valia US$ 0,01 em 2011 e sua cotação já atingiu US$ 880 (R$ 1,9 mil).
Fonte- Opião

Nenhum comentário:

 
BLOG DO ANDRÉ CAFÉ
SÓ JESUS SALVA
//