Redes Social



twitterfacebookgoogle pluslinkedinrss feedemailhttps://www.wowapp.com/w/andrecafe/joinhttps://www.instagram.com/andrecafee/

quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Governo de Pernambuco notifica devedores de IPVA

Devedores de IPVA de 2014 e 2013 precisam ficar atentos. O governo de Pernambuco começou a cobrar por meio de notificação, em publicação de intimação no Diário Oficial, os mais de 110 mil proprietários de veículos com pendências do imposto. São cerca de R$ 44 milhões em aberto, sem contar juros e multas. Em tempos de arrecadação baixa, a Secretaria da Fazenda (Sefaz-PE) prevê essa recuperação para "animar" os cofres públicos. É possível parcelar em até dez vezes.
Os interessados em regularizar as pendências devem procurar uma Agência da Receita Estadual (ARE) ou a unidade de IPVA localizada na sede do Detran-PE, no bairro da Iputinga, no Recife. Caso o proprietário não regularize a situação do seu veículo em até 30 dias, a contar da data de publicação do edital no DOE, o débito será inscrito na dívida ativa do Estado e seu nome negativa do nos órgãos de proteção ao crédito.
O primeiro edital de intimação, publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) da última quarta-feira (2/9), abrange o encaminhamento de 49 mil notificações, o correspondente a R$ 33,34 milhões de créditos tributários. Em outubro, um novo edital será publicado e mais 61.201 mil proprietários de veículos serão notificados, totalizando o valor de R$ 10,74 milhões.
“Com essa ação, esperamos recuperar mais de R$ 44 milhões de créditos tributários. Nesse momento de crise, recolher esses valores é importante para o Estado. Também estamos parcelando em até dez vezes para facilitar a regularização dos contribuintes”, explica o gerente de IPVA da Sefaz-PE, Erasmo Peixoto. "Quem quitar à vista ganha desconto de 70% na multa e 50% nos juros. Os casos de parcelamento recebem 50% de desconto na multa. E o parcelamento só é validado quando for paga a primeira parcela", complementa.
As pendências podem ser quitadas em cota única ou em dez vezes. Uma vez notificado, o débito é acrescido de multa de 100% sobre o valor do imposto original, atualização monetária pela Selic e juros. Se houver o parcelamento, além da multa, reajuste e juros citados acima, as parcelas posteriores à inicial sofrerão os acréscimos legais.
Mais informações através do Telesefaz (0800-285-1244). Para telefonia móvel, o contato é (81) 3183-6401, com o custo da ligação sendo de responsabilidade do usuário.
Fonte - dp

Nenhum comentário:

 
BLOG DO ANDRÉ CAFÉ
SÓ JESUS SALVA
//