Redes Social



twitterfacebookgoogle pluslinkedinrss feedemailhttps://www.wowapp.com/w/andrecafe/joinhttps://www.instagram.com/andrecafee/

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Vitória de Dilma fortalece planos para a volta de Lula em 2018

A vitória de Dilma Rousseff nas eleições presidenciais do último domingo, 26, deu novo fôlego para uma possível candidatura de Lula em 2018. Tido como o nome mais forte do PT, Lula tem o apoio de grande parte da legenda.
Na manhã de domingo, antes de votar, o presidente nacional do PT, Rui Falcão, disse que se Lula tiver disposição e manifestar interesse em se candidatar, terá o seu apoio e de grande parte do partido.
“Eu já falei outras vezes sobre isso. Eu pessoalmente sou a favor que o presidente Lula seja candidato em 2018. Naturalmente, isso vai depender, primeiro, da disposição dele. Mas ele tem dito que sempre se colocará à disposição do PT. Eu tenho certeza que o presidente estará à disposição do PT no momento preciso em que se abrir o processo para escolher a nossa candidatura”, disse Falcão.
Não é a primeira vez que Falcão fala em manter o PT no poder até 2022. Em uma entrevista dada em junho, ao site Último Segundo, o presidente do PT disse que a ideia do partido era eleger Dilma este ano, abrindo caminho para a volta de Lula em 2018. “Se o PT pedir, ele volta”, disse Falcão.
Outro petista que já declarou publicamente apoio a Lula foi o ministro-chefe da Casa Civil, Aloisio Mercadante. “Não sei o que ele será, mas serei cabo eleitoral. O que ele quiser disputar, terá meu apoio”, disse o ministro no último domingo.
No entanto, Lula ainda não se posicionou sobre a possibilidade de se candidatar. No domingo, logo após votar, Lula disse que “ainda é muito cedo para pensar em 2018”. “Não me passa pela cabeça discutir 2018 agora. O que eu quero é que a Dilma ganhe as eleições. Penso política até o último dia da minha vida”.

Nenhum comentário:

 
BLOG DO ANDRÉ CAFÉ
SÓ JESUS SALVA
//