Redes Social



twitterfacebookgoogle pluslinkedinrss feedemailhttps://www.wowapp.com/w/andrecafe/joinhttps://www.instagram.com/andrecafee/

domingo, 28 de novembro de 2010

Código de barras em embriões


Identificar embriões congelados não é tarefa simples: além deles serem muito parecidos, não existe caneta para escrever neles. Mas pesquisadores da Universitat Autònoma de Barcelona inventaram uma maneira prática de identificá-los: um código de barras que pode ser colocado em um embrião sem prejudicar o seu desenvolvimento.

Estes códigos de barras podem ajudar pesquisadores e clínicas de fertilização a identificar cada embrião - ou mesmo o ovócito que o precede - individualmente, facilitando a seleção, acompanhamento e até o estoque de embriões congelados. As etiquetas são feitas de silício, e por enquanto devem ser lidas pela observação em um microscópio comum - o próximo passo da pesquisa é a criação de um equipamento que leia automaticamente os códigos.

A etiqueta é inserida logo abaixo da zona pelúcida, sendo eliminada com ela quando o embrião se prende ao útero. Mas para que essa eliminação seja ainda mais garantida, os cientistas estudam uma maneira de prender o código do lado de fora da zona pelúcida.

Até agora as etiquetas foram inseridas somente em embriões de camundongos, mas o governo catalão já autorizou o que procedimento experimental seja empregado em clínicas de fertilização.

Nenhum comentário:

 
BLOG DO ANDRÉ CAFÉ
SÓ JESUS SALVA
//