Redes Social



twitterfacebookgoogle pluslinkedinrss feedemailhttps://www.wowapp.com/w/andrecafe/joinhttps://www.instagram.com/andrecafee/

sábado, 18 de fevereiro de 2017

WhatsApp segurança: verificação em duas etapas

           


          O WhatsApp revelou na noite da última quinta-feira (09) que uma atualização do aplicativo trará um novo elemento de segurança: a autenticação em duas etapas por meio de um código de acesso. A novidade servirá para proteger os usuários do mensageiro, que desde 2015 aparece como o programa para smartphone mais popular do Brasil.
De acordo com os criadores do WhatsApp, carinhosamente chamado também de "Zap" no país, o update chegará aos poucos aos donos de celular com Android, proprietários de iPhone (iOS) e usuários de Windows Phone. A funcionalidade estava em teste desde novembro do ano passado.
A autenticação em duas etapas é um mecanismo de segurança adotado por empresas como Facebook (dono do WhatsApp) e Google para proteger os internautas. Se normalmente bastaria ter uma senha para acessar o perfil na rede social ou o Gmail, com esta modalidade de segurança é adicionado um novo ingrediente: um smartphone com token ou um SMS com código que é enviado durante a tentativa de acesso.
No caso do WhatsApp, a verificação é considerada um "recurso opcional" para ampliar a proteção. "Sempre que o usuário ativar esse recurso, qualquer tentativa de verificar seu número de telefone no WhatsApp deve ser acompanhada de uma senha de seis dígitos, a ser escolhida pelo próprio usuário", informa a nota enviada pela assessoria do app no Brasil.
Quem quiser ativar o recurso deve abrir o WhatsApp e ir em Configurações » Conta » Verificação em duas etapas » Ativar.
Ao menos na rodada de testes da função no Windows Phone, o WhatsApp também permitia que o usuário cadastrasse um email para receber o código de confirmação de identidade. Segundo a documentação oficial sobre o tema, a funcionalidade será mantida agora que a nova forma de autenticação será liberada para todos.
O WhatsApp é utilizado por 1,2 bilhão de pessoas no planeta. Ele faz parte dos aplicativos mantidos pelo Facebook, assim como o Instagram, o Boomerang e o Messenger. 

Nenhum comentário:

 
BLOG DO ANDRÉ CAFÉ
SÓ JESUS SALVA
//