Redes Social



twitterfacebookgoogle pluslinkedinrss feedemailhttps://www.wowapp.com/w/andrecafe/joinhttps://www.instagram.com/andrecafee/

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Avião com equipe da Chapecoense cai na Colômbia




          Pelo menos 76 pessoas morreram na queda de um avião que transportava a equipe de futebol da Chapecoense para Medellín, na Colômbia, na madrugada desta terça-feira, 29/11. Pelo número total de vítimas, é a maior tragédia da história envolvendo uma delegação esportiva. Como nem todos os corpos foram encontrados, o número de mortos segue incerto.
Por enquanto, as informações são de que há seis sobreviventes. O prefeito de Medellín, Frederico Gutierrez, afirmou que, entre eles, estão os jogadores da Chapecoense Alan Ruschel e Follmann. O canal de televisão GloboNews confirmou também que o zagueiro Neto foi resgatado e levado para a clínica San Juan de Dios, na cidade de La Ceja. O goleiro Danilo, que chegou a ser resgatado com vida e estava em estado crítico, não resistiu aos ferimentos e morreu. Além dos jogadores, foram resgatados com vida a comissária de bordo Ximena Suárez, o técnico do avião Erwin Tumiri e o jornalista Rafael Henzel, da rádio Oeste Capital, de Chapecó. A equipe de Santa Catarina viajava para disputar a final da Copa Sul-Americana nesta quarta-feira, 30, em Meddelín, contra o Atlético Nacional.
Havia um total de 81 pessoas no avião da companhia aérea Lamia, incluindo 72 passageiros e nove tripulantes. A imprensa local informou que o avião, matrícula CP2933, caiu ao se aproximar do Aeroporto José Maria Córdova, em Rionegro, perto de Medellín. O piloto teria despejado combustível ao perceber que o avião iria cair.
A equipe da Chapecoense partiu de Guarulhos, em São Paulo, fez uma parada em Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, e seguia para Medellín, na Colômbia. As causas do acidente ainda são desconhecidas. O avião se chocou com o solo em uma região montanhosa na cidade de La Union. O difícil acesso e o clima ruim dificultam o trabalho das equipes de resgate. No entanto, as autoridades colombianas não descartam a possibilidade de encontrar mais sobreviventes.
O número de mortos na tragédia com a delegação brasileira supera o registrado em 1949, na Itália, quando um avião que transportava a equipe do Torino, considerada a base da seleção italiana, após um amistoso realizado em Portugal. Todas 42 pessoas no voo morreram. Também supera o acidente que matou 18 jogadores da seleção de Zâmbia. Na ocasião, o avião, que caiu na costa do Gabão, seguia para Dakar, no Senegal, para disputar uma partida das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 1994.
Além dos jogadores da equipe do Chapecoense, havia também entre os passageiros outros membros da delegação da equipe de Santa Catarina, e jornalistas brasileiros que acompanhavam a equipe. Os jogadores que estavam a bordo do avião são os goleiros Danilo e Follmann; os laterais Gimenez, Dener, Alan Ruschel e Caramelo; os zagueiros: Marcelo, Filipe Machado, Thiego e Neto; os volantes: Josimar, Gil, Sérgio Manoel e Matheus Biteco; os meias Cleber Santana e Arthur Maia; e os atacantes: Kempes, Ananias, Lucas Gomes, Tiaguinho, Bruno Rangel e Canela.

Fonte-opiniao

Ministério da Saúde abre concurso público

O Ministério da Saúde lançou nesta segunda-feira (28) o edital de abertura do novo concurso público que tem 102 vagas para candidatos de nível superior. A seleção é para cargos da Carreira de Previdência, Saúde e Trabalho e da Carreira de Desenvolvimento de Políticas Sociais do quadro do MS, para exercício e lotação nos 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI) que compõem a Secretaria Especial de Saúde Indígena. Do total, 21 vagas são reservadas a candidatos negros e seis para pessoas com deficiência.
Os aprovados serão lotados nas cidades de Maceió-AL, Altamira-PA, Cruzeiro do Sul-AC, São Gabriel da Cachoeira-AM, Rio Branco-AC, Tabatinga-AM, Macapá-AP, São Félix do Araguaia-MT, Salvador-BA , Fortaleza-CE, Cuiabá-MT, Belém-PA, Florianópolis-SC, Colíder-MT, Redenção-PA, Boa Vista-RR, Curitiba-PR, Manaus-AM, São Luiz-MA, Campo Grande-MS, Lábrea-AM, Tefé-AM, Governador Valadares-MG, Parintins-AM, Recife-PE, Porto Velho-RO, João Pessoa-PB, Itaituba-PA, Palmas-TO, Atalaia do Norte-AM, Cacoal-RO, Barra das Garças-MT, Canarama-MT e Boa Vista-RR.
Para o cargo de Administrador são 34 vagas na função que tem atribuições de realizar estudos, análises, interpretações, planejamento, execução, coordenação e controle de trabalhos nos campos da administração, da logística, do orçamento e finanças, da gestão do trabalho e de materiais. É exigida a graduação em Administração e o salário inicial ofertado é de R$ 4.784,27.
O concurso será realizado pela banca IDECAN - www.idecan.org.br e prevê inscrições no período entre as 14 horas do dia 5 de dezembro às 23h59min do dia 5 de janeiro de 2017. No ato da inscrição, o candidato deve optar pelo local de prova, tendo como opções todas as 27 capitais da Federação.
As provas objetivas e discursivas acontecerão em 19 de fevereiro de 2017 e serão compostas por 50 questões nas disciplinas de Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico, Conhecimentos Gerais e Conhecimentos Específicos do cargo, mais um estudo de caso. Além dessas etapas, haverá análise de titulação apenas para o cargo de Analista Técnico, com prazo de entrega a ser divulgado posteriormente.
O certame será válido por um ano a partir de sua homologação de resultado, prazo que pode ser prorrogado uma vez pelo mesmo período.

Fonte-acheiconcurso

Rede de ensino do Recife abre matrículas com mais de 15 mil vagas

A Rede Municipal de Ensino do Recife  abre, nesta segunda-feira(28), as matrículas para os interessados em estudar em 2017. São oferecidas mais de 15 mil vagas para turmas de educação infantil, ensino fundamental e educação de jovens, adultos e idosos (EJA).
Os novatos que quiserem estudar em uma das 309 escolas, creches e creches-escolas administradas pela prefeitura têm até o dia 9 de dezembro para reservar a vaga, pela internet. O site  poderá ser acessado por computador, tablet ou celular, a partir das 8h desta segunda.
Fonte-globo


domingo, 27 de novembro de 2016

Vem coisa aí: concessão de loterias




   Na mensagem que prepara para o Congresso Nacional em fevereiro, cuja comissão interministerial começou a esboçar, o presidente da República, Michel Temer, incluiu a concessão da operação das loterias federais da Caixa, como as tradicionais Quina e Mega Sena. Temer também planeja privatizar os investimentos em saneamento básico, incentivando PPPs com as prefeituras, mais aeroportos e investir em terminais regionais, plano que já era de Dilma Rousseff. Vai também ‘desestatizar’ grande parte do setor de energia elétrica.
O cabeça da operação é o ministro Moreira Franco, seu braço direito no Governo e que já presidiu a vice de Loterias da Caixa. Homem certo para a operação.

Há quem veja a concessão de serviços de saneamento um presente para as grandes empreiteiras de sempre, que minguaram com a Lava Jato.
Fonte-opiniao

sábado, 26 de novembro de 2016

A 'Transumana' e seus 50 chips espalhados pelo próprio corpo

Uma hacker escocesa identificada como Lepht Anonym está implantando microchips e imãs no próprio corpo numa tentativa de ampliar seus sentidos e conhecimentos.
Em entrevista à BBC, ela contou não se importar com os riscos e efeitos ruins e dolorosos dos procedimentos amadores a que se submete - mas não aconselha ninguém a seguir seu exemplo.
"Prefiro sofrer com muita dor e adquirir conhecimentos do que evitar a dor e ficar sem esses conhecimentos." Lepht se define como uma "transumanista", alguém que quer melhorar a qualidade da vida humana por meio da tecnologia.
"O transumanismo é, basicamente, a filosofia que afirma que podemos e deveríamos melhorar a qualidade da vida humana usando a tecnologia", afirmou a escocesa. "Estamos tentando usar a tecnologia de um jeito mais pessoal para que nossos corpos sejam melhores."
Um dos principais teóricos do movimento transumanista - que tem simpatizantes e críticos no mundo todo - é o filósofo britânico Max More.
More escreveu um ensaio em 1990, Transhumanism: Toward a Futurist Philosophy ("Transumanismo: A Caminho de uma Filosofia Futurista", em tradução livre), no qual introduziu o termo transumanismo em seu sentido moderno.
Nos últimos anos, Lepht já passou por 50 procedimentos cirúrgicos para implantar microchips em seu corpo e ímãs nas pontas dos dedos. "Minha primeira experiência cirúrgica aconteceu em 2007. Tudo o que fiz foi comprar um chip digital, um leitor, na web e instrumentos médicos esterilizados, um pequeno kit de operação."
Para fazer o primeiro procedimento, teve a ajuda de uma amiga. "Uma amiga que estava estudando Medicina na época fez o corte. Nós colaboramos: ela fez o corte, eu coloquei o chip, fiz os curativos." A partir daí, Lepht não parou mais.
Os ímãs nas pontas dedos, afirmou, lhe proporcionam "mais um sentido" eles são ativados por dispositivos externos e permitem que a hacker "sinta" a distância entre suas mãos e os objetos.
"Seu sistema nervoso trabalha com sinais eletrônicos, exatamente do mesmo jeito que qualquer tipo de dispostivo. São apenas sinais que viajam pelo seu corpo até o cérebro. A única diferença é que os caminhos que eles percorrem no seu corpo são nervos, ao invés de circuitos."
"Quando colocamos um nó no sistema nervoso, enquanto ele gerar um sinal elétrico, vai se conectar com os nervos sem problemas." Lepht tem um blog, o Sapiens Anonym, que já recebeu mais de 600 mil visitas e é especializado em biohacking. Outros biohackers se comunicam por fóruns na web, compartilhando informações sobre suas experiências.
Um dos procedimentos mais recentes de Lepht foi acompanhado pela BBC. A blogueira inseriu um microchip atualizado na própria mão para que possa fazer pagamentos sem usar cartões.
"Hoje vou fazer uma atualização de um dos microchips que já tenho. Ele (o microchip novo) pode fazer mais do que o velho. Então quero ver se os dados do meu cartão com o qual faço meus pagamentos podem ser copiados para o chip."
Ela mostra à reportagem que tudo é esterilizado - todas as superfícies e instrumentos usados para inserir o novo chip. E a incisão é pequena, apenas um ponto aberto em sua mão.
Com a outra mão em uma luva ela insere o novo chip e aperta o ponto de entrada para que ele deslize para o lugar certo. Em seguida, a biohacker faz um teste para saber se o chip consegue ser lido pela memória USB conectada a seu computador.
E quando ela aproxima a mão com o novo chip da memória USB, os dados aparecem na tela do computador. Apesar de o procedimento ter sido bem-sucedido, Lepht não aconselha ninguém a seguir seu exemplo.
"Não sou médica, não tenho nenhum treinamento no setor, nenhuma qualificação médica. Na minha opinião, isso é apenas algo que faço usando o direito que tenho sobre meu próprio corpo."
Para os que acreditam que ela está se expondo a um risco desnecessário, a blogueira responde que tudo o que quer é acelerar o processo de evolução da inteligência, para além das atuais limitações da forma humana.
"Meu raciocínio, a razão de não achar nada disso loucura, é basicamente porque tenho um objetivo. Não há um modo fácil de conseguir esses dados a não ser que esperemos por alguém que tenha um laboratório ou apoio de alguma corporação possa fazer isso." "Estamos fazendo isso apenas para conseguir dados que (outros) hackers poderão usar no futuro."


PF nas Câmaras dos vereadores


    Será mais difícil em pelo menos 21 Câmaras de Vereadores os edis enganadores protagonizarem na surdina atos nada ortodoxos. Em suma, haverá olheiros experientes e coldre na cintura. A Federação Nacional de Policiais Federais elegeu 21 agentes vereadores nestas cidades. O grupo se reuniu ontem pela primeira vez e a entidade estabeleceu ainda uma meta política: quer eleger por baixo cinco deputados federais em 2018 para lutar pela categoria nas pautas nacionais.

Fonte-opiniao

terça-feira, 22 de novembro de 2016

Governo de Pernambuco paga 1ª parcela do 13º no dia 30 de novembro




             O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), confirmou o pagamento do 13º salário dos servidores e contratados do Estado de Pernambuco. O anúncio do chefe do Executivo estadual veio na tarde desta segunda-feira (21/11), após um evento que celebrou o Dia da Consciência Negra, no domingo (20/11), no Palácio do Campo das Princesas, no bairro de Santo Antônio, área central do Recife.
O benefício será pago em duas parcelas, sendo a primeira no próximo dia 30/11 e a segunda, em 20 de dezembro deste ano. O vencimento do mês de novembro será pago dentro do prazo costumeiro, no quinto dia útil de dezembro, de acordo com o governador. O valor total da folha de pagamento do estado é de R$ 832 milhões. Dessa forma, o pagamento do décimo somado ao repasse da folha salarial relativa ao mês de novembro injetará mais de R$ 1,6 bilhão na economia do estado em menos de um mês.
O governador destacou que planejamento foi essencial para poder fazer os pagamentos nos atuais prazos. "Nós esperamos quase o fechamento do mês de novembro para poder dar os encaminhamentos necessários. Nós nos planejamos muito para estarmos preparados para a finalização do ano. Eu vejo certo otimismo de que possamos iniciar 2017 numa condição melhor do que estávamos planejando, porque o ano de 2016 foi muito pior do que nós esperávamos como o de 2015 foi de muita dificuldade também", declarou Câmara.
Fonte-g1


segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Pernambuco: primeira audiência com vídeoconferência para ouvida de detentos

Além da tradicional condução de detentos até os fóruns de Justiça para a realização de audiências, a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos de Pernambuco também adotou o procedimento de vídeoconferência para a ouvida de detentos. A audiência via computador foi realizada pela primeira vez no estado na última sexta-feira (18/11), numa sala recém-construída no Presídio Juiz Antônio Luiz Lins de Barros, no Complexo do Curado, na Zona Oeste do Recife.
Na ocasião, o juiz Jorge Luiz dos Santos Henriques ouviu um detento de 23 anos na condição de testemunha. O processo é referente a um homicídio ocorrido em março de 2015 e os réus respondem por homicídio duplamente qualificado, por motivo torpe e uso de recursos que impossibilitaram a defesa da vítima.
De acordo com o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico, a iniciativa deve diminuir os gastos com transporte dos detentos até os fóruns, além de garantir mais segurança e agilidade processual. "Houve um acordo entre a Secretaria, o Tribunal de Justiça de Pernambuco e a Defensoria Pública. Todos estão comungando o mesmo objetivo e a nossa meta é universalizar essa prática", afirmou.
Ainda segundo o secretário, dois policiais militares e dois agentes penitenciários ficam responsáveis pela escolta de cada presidiário até os fóruns. Com a implantação de depoimentos através da internet, esses profissionais poderão atuar em outras frentes.
"Isso é uma economia e uma contribuição do sistema penitenciário para a sociedade. Os agentes penitenciários podem voltar a fazer a segurança dentro dos presídios, e os PMs podem ir às ruas garantir a segurança da população", disse. Segundo dados do Tribunal de Justiça de Pernambuco, há, em média, 500 presos sendo transportados diariamente para audiências no estado.
Para o titular da secretaria, esse quantitativo deve diminuir com a implantação das videoconferências, mas ainda será preciso continuar com o transporte de detentos para a prestação de depoimentos de maneira presencial. "O processo de videoconferência ainda está em adaptação, e esse tipo de audiência só será adotado depois de determinação judicial", explicou.
Pedro Eurico também afirmou que a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos de Pernambuco adquiriu, desde 2015, 56 carros para o transporte de presos. Neste ano, foram comprados dois ônibus para transporte de detentos, além de oito carros de segurança máxima.
Outras duas audiências pelo sistema de videoconferência devem ser realizadas ainda no mês de novembro, no Pjallb, para agilizar a comunicação entre réus, testemunhas presas e o juiz da 2ª Vara do Tribunal do Júri da Capital. De acordo com o TJPE, há perspectivas para ampliar o projeto para outras unidades judiciárias e prisionais de Pernambuco.
Fonte-dp

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Uber lançará carros voadores em 2026


             Durante anos, quando pediam a alguém para pensar em um projeto tecnológico revolucionário, a resposta comum era a invenção de carros voadores. Na verdade, a passagem do tempo trouxe inovações jamais imaginadas, como a capacidade de enviar informações no mesmo instante para o outro lado do mundo, de pesquisar qualquer fato com um clique de uma tecla e de trocar de rostos no Snapchat. Enquanto isso, a tecnologia dos aviões, trens e carros manteve a forma tradicional.
Até agora, talvez. Na semana passada o Uber divulgou um relatório com 97 páginas intitulado “Fast-Forwarding to a Future of On-Demand Urban Air Transportation”, no qual propôs a realização de um programa chamado Elevate. Mas as duas palavras que atraíram a atenção no relatório foram as que vêm à mente ao pensar no futuro: carros voadores.
Nos próximos dez anos, o Uber planeja lançar no mercado uma série de carros voadores elétricos que transformarão uma viagem de duas horas em um percurso de 15 minutos de voo. E alega que sobrevoar o tráfego custará bem menos do que o transporte de passageiros tradicional em seus carros.
Os carros voadores elétricos não serão carros no sentido exato da palavra. O Uber refere-se a eles como VTOLs, um acrônimo para decolagem e pouso. O funcionamento deles será semelhante ao dos helicópteros e pousarão no equivalente aos heliportos, que o Uber chama de “vertiports”, com diversas pistas e estações de carga de bateria, e “vertistops” com uma única pista e pouca infraestrutura. O Uber afirma que já existem muitos heliportos, estacionamentos e terrenos vazios, que podem ser usados para decolagem e pouso dos VTOLs.
Os maiores desafios ao seu funcionamento serão a navegação aérea e a regulamentação do setor aéreo. Antes que os VTOLs comecem a voar, é preciso ter um sistema para evitar colisões entre eles, ou em prédios e aviões. E esse sistema terá de ser aprovado pelo governo. Esses obstáculos não são pequenos e, por esse motivo, o cronograma do Uber de produzir os carros voadores em dez anos é bastante ambicioso.


Os benefícios de residir próximo de áreas arborizadas


      São inúmeros os benefícios das árvores ao meio ambiente. Também são de conhecimento geral as vantagens de manter áreas verdes em centros urbanos. Um novo estudo, porém, destacou três vantagens de se morar perto áreas arborizadas.
a)Reduzem a matéria particulada no ar, um dos piores tipos de contaminação.
Segundo um estudo da Nature Conservancy, uma organização internacional dedicada à conservação da biodiversidade, uma árvore reduz a chamada matéria particulada (um dos agentes contaminantes mais graves no ar das cidades) ao seu redor entre 7% e 24%.
A matéria particulada pode ser classificada em dois tipos: o mais grosso, de 10 ou menos micrômetros (milésima parte de um milímetro) de diâmetro, ou PM 10, que resulta do pó da construção e das ruas, entre outras fontes, e o tipo mais prejudicial, chamado PM 2,5, de um diâmetro de 2,5 ou menos micrômetros. É resultado da queima de combustíveis fósseis e madeira, entre outras fontes.
Essas partículas finas em suspensão podem penetrar profundamente nos pulmões e estima-se que causem 3,2 milhões de mortes por ano mundialmente, segundo o estudo. O material PM 2,5 está associado a um risco maior de acidentes vasculares cerebrais, problemas cardíacos e enfermidades respiratórias como a asma.
b) Reduzem a temperatura em até 2º C
As ondas de calor matam cerca de 12 mil pessoas por ano e dificultam a vida de milhões. “A mudança climática fará com que o impacto dessas ondas de calor nas cidades seja ainda mais severo”, diz o estudo.
“Muitos estudos científicos demonstraram que a sombra das árvores, além da transpiração durante a fotossíntese, contribuem para reduzir a temperatura do ar e consequentemente o consumo de eletricidade para ar condicionado”, afirma a investigação do Nature Conservancy.
c) Aumentam o bem-estar psicológico
Um estudo já conhecido liderado por Roger Ulrich na década de 1980 comparou pacientes de um hospital da Pensilvânia que haviam sido operados da vesícula. Aqueles que estavam em quartos com vista para árvores se recuperaram mais rapidamente que aqueles que estavam em quartos com janelas voltadas para edifícios.
E um estudo recente de Gregory Bratman, da Universidade de Stanford, mediu o impacto no cérebro de caminhar durante 90 minutos na natureza.
Um grupo que caminhou em meio a árvores foi comparado com outro que andou em uma rua com muito tráfego. As pessoas que andaram na rua tiveram um aumento da atividade de ponderar criticamente sobre si mesmo ou sobre eventos do passado, um padrão negativo de pensamento vinculado à depressão. Aqueles que caminharam entre as árvores tiveram menos tendência de entreter nesse tipo de pensamento.





Reforma política e seu modus operandi

A reforma política aprovada no Senado rumo à Câmara Federal não extermina os partidos ‘nanicos’, apenas modifica omodus operandi da venda descarada do horário eleitoral na TV. Na visão de experientes políticos, em vez do varejo, a partir de 2020 a futura federação de partidos pequenos autorizada vai continuar a negociar como um consórcio, e mais forte, pelo montante de legendas. A reforma acaba com as coligações, mas fortalece o assalto aos grandes partidos, que vão desejar a federação como aliada.
A reforma é ‘tucana’ pelo fato de ter nascido no ninho do PSDB, com os senadores Aécio Neves (MG) e Ricardo Ferraço (ES), e relatoria de Aloysio Nunes Ferreira (SP).
Na Câmara, já se inicia articulação para flexibilizar o fim das coligações e não enfraquecer nanicos; ideia é a federação valer apenas para eleição majoritária nacional.

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Dinheiro pode sair de circulação

O fim do dinheiro de papel já é uma morte anunciada na Suécia: até 2030, as cédulas e moedas deverão virtualmente desaparecer no país, que lidera a tendência global em direção à chamada "sociedade sem dinheiro". A projeção é do Banco Central sueco.
É o prenúncio de uma nova era, dizem especialistas. A previsão é de que, no futuro, as economias modernas serão dominadas pelo uso do cartão e da moeda eletrônica em escala mundial.
Na Suécia, a transformação é visível. Cada vez mais cidadãos usam menos o dinheiro de papel, nesta sociedade em que os pagamentos já são feitos majoritariamente via cartão, celular e variados meios eletrônicos. Na capital, Estocolmo, cresce o número de restaurantes e lojas que estampam o aviso: "Não aceitamos dinheiro".
Novos dados do Banco Central indicam que as transações em dinheiro representam, atualmente, apenas 2% do valor de todos os pagamentos realizados na Suécia – contra uma média de cerca de 7% no restante da Europa.
Com base nestes dados, a Sveriges Radio (rádio pública sueca) chegou a decretar a morte iminente do dinheiro para daqui a cinco anos: se mantido o ritmo atual indicado agora pelo Banco Central, segundo a rádio, as projeções apontam que já em 2021 o percentual de utilização do dinheiro no país deverá cair para menos de 0.5%. O banco, no entanto, prefere adotar um tom mais cauteloso.
"Cerca de 20% dos pagamentos efetuados no comércio varejista ainda são feitos em dinheiro. Nossa avaliação é que o dinheiro continuará a circular na Suécia até aproximadamente o ano de 2030", disse à agência sueca de notícias TT o porta-voz do Banco Central, Fredrik Wange.
A expectativa é de que a Suécia deverá ser o primeiro país do mundo a abolir o dinheiro de papel.
"Os novos números do Banco Central confirmam uma tendência que cresce a cada ano no país", disse à BBC Brasil o analista Bengt Nilervall, da Federação Sueca do Comércio (Svensk Handel).
"A Suécia continua à frente do resto da Europa em relação à redução do uso do dinheiro do papel. E principalmente dos Estados Unidos, onde cerca de 47% dos pagamentos ainda são feitos em dinheiro", acrescenta Nilervall, que destaca os avanços dos vizinhos nórdicos, Noruega e Dinamarca, na mesma direção.
Fonte-bbc


segunda-feira, 14 de novembro de 2016

DOCE SONHO


Decorações de festas infantis, chás, noivados, buffet infantil, kit festa e cestas diversas.Tudo personalizado ao gosto do cliente.
Para contratar ligue para 9 8528-7339, 9 8358-2874 e 9 8457-8101.

Procurar Elaine, Juliana ou Thiago.

O fenômeno da Superlua


          Um fenômeno raro vai deixar a noite desta segunda-feira (14) ainda mais bonita. De acordo com especialistas, a lua de hoje será maior que a do dia 16 de outubro . O fenômeno poderá ser visto de qualquer lugar, mas, no Recife e Região Metropolitana, uma estrutura estará disponível de forma gratuita para que a Superlua seja apreciada com mais qualidade.
A lua estará 50 mil quilômetros mais próximos da terra, 34 vezes mais brilhante e em um tamanho diferente daquele que estamos acostumados a observar. O fenômeno da Superlua poderá ser visto a partir das 18:00hs. Um dos locais será na Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), Rua Dom Manoel de Medeiros, s/n, Dois Irmãos - Recife/PE.

domingo, 13 de novembro de 2016

Detento constrói motel dentro de presídio

Um detento mandou construir 112 quitinetes dentro da Penitenciária Odenir Guimarães, no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, na capital de Goiás, gastando aproximadamente R$ 200 mil na obra.
A construção, segundo o jornal O Dia, foi iniciada no fim de 2015 e estava quase terminada. Porém, o “motel” foi descoberto quando estava em fase final de acabamento.
O “dono do empreendimento”, o traficante preso Thiago César de Souza, de 32 anos, esperava arrecadar R$ 120 mil por mês com o “aluguel” das quitinetes íntimas. A obra em si na verdade custou R$ 120 mil, mas o traficante teve que gastar mais R$ 70 com o pagamento de propina ao diretor do presídio na época que a construção começou, Marcos Vinícius Alves. Ele está afastado desde o fim do ano passado.
A DESCOBERTA

Foi a Superintendência de Administração Penitenciária que descobriu o motel, ordenando em seguida a sua destruição.
Fonte-odia

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Bolsonaro anuncia que é candidatíssimo à disputa pela presidência em 2018

A onda conservadora que se fez presente nas eleições municipais no Rio de Janeiro e em São Paulo ganhou projeção com a recente vitória de Donald Trump sobre Hillary Clinton na batalha para ocupar a Casa Branca e, ao que tudo indica, pode se tornar uma tendência mundial.
Militar reformado em seu sexto mandato como deputado federal, o polêmico Jair Bolsonaro percebeu os novos ares e, poucas horas após a confirmação da vitória de Trump, anunciou que é candidatíssimo à disputa pela presidência da República em 2018.
Pela imprensa brasileira, Bolsonaro parabenizou Trump pela eleição – não se sabe se o sucessor de Barack Obama recebeu a mensagem. Pouco importa, o deputado federal mais votado do Rio de Janeiro deve ter identificado certas semelhanças com o bilionário americano. Se não for pelo topete, que seja pelas declarações polêmicas e retrógradas: “Gostem ou não gostem, eu sou candidato em 2018”, avisou. Defensor da tortura como uma prática legítima, processado pelo Conselho de Ética da Câmara por sua oposição aos homossexuais e autor da frase “prefiro filho morto em acidente do que homossexual” ele chega a ser um admirador do ex-apresentador do programa de TV “O Aprendiz”: “Vence aquele que lutou contra ‘tudo e todos’. Em 2018 será o Brasil no mesmo caminho”, disse otimista na conta oficial no Twitter.
Bolsonaro pode não ser um político brilhante, mas de bobo não tem nada e, antes que um aventureiro lance mão, resolveu “surfar” ele mesmo a oportunidade. Depois que líderes mundiais como Angela Merkel, François Hollande e Theresa May demonstraram preocupação com o futuro habitante do Salão Oval, Bolsonaro forçou uma barra e se ofereceu para comentar a favor de Trump – novamente como voz dissonante em relação a discursos mais ponderados. “Não sei se o Trump sabe que eu existo, mas torci pela eleição dele porque será melhor para o Brasil negociar com ele no futuro”, avaliou.
O dia da vitória do republicano norte-americano foi comemorado em dose dupla pelo parlamentar brasileiro. Por onze votos, o Conselho de Ética da Câmara decidiu que ele não quebrou o decoro ao dedicar seu voto a favor do impeachment de Dilma Rousseff ao coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra, notável torturador durante o período da ditadura militar. Segundo o artigo 53 da Constituição, deputados e senadores são “invioláveis, civil e penalmente, por quaisquer de suas opiniões, palavras e votos”. Já em Nova York, Chicago e em Portland, manifestantes foram às ruas protestar contra a postura sexista, racista e anti-gay, não a de Bolsonaro, mas de Trump mesmo.
Autora da ação de impeachment que destituiu a presidente Dilma Rousseff, a advogada Janaina Paschoal acha que a eleição de Trump deveria abrandar a disputa entre presidenciáveis no Brasil e os planos perenes de poder: “Melhor nossos presidenciáveis trabalharem o presente”, escreveu. Que Bolsonaro não perca Janaína de vista. E vice-versa.

terça-feira, 8 de novembro de 2016

Nanopartículas contra o câncer



    Pesquisadores da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) desenvolveram uma nanotecnologia para transportar medicamentos na superfície de nanopartículas, que os liberam de forma controlada no organismo, e ainda servem como meio de aplicação de outra técnica de tratamento do câncer.
Para isso, Beatriz Carvalho e Ítalo Mazali criaram nanopartículas que apresentam simultaneamente propriedades magnéticas e luminescentes.
As nanopartículas são compostas por um núcleo magnético, constituído por nanoaglomerados de magnetita, e por uma "casca" de sílica, na qual são ligadas moléculas luminescentes. Submetidas a um campo magnético alternado, as nanopartículas que formam o núcleo se aquecem e podem ser empregadas no tratamento de tumores cancerígenos pelo método da hipertermia. Já o complexo ligado à casca funciona como uma espécie de termômetro, permitindo o controle da temperatura gerada durante o processo.
De acordo com Beatriz, um dos grandes desafios foi sintetizar as nanopartículas de magnetita que compõem o núcleo do sistema. Ela explica que o tamanho das partículas interfere diretamente nas características delas: "Se forem muito grandes, da ordem de 100 nanômetros ou mais, elas perdem uma propriedade importante denominada superparamagnetismo. Essa propriedade faz com que as partículas se aqueçam quando submetidas a um campo magnético alternado e que parem de se aquecer quando o campo é cessado. Trata-se de um aspecto importante porque permite controlar com precisão uma possível abordagem terapêutica por hipertermia", explica a pesquisadora.

Fonte-diariodasaude

domingo, 6 de novembro de 2016

Como usar o seu celular android como auto-falante

Transforme seu celular android num caixa de som, algo que pode ser útil não só em caso de defeito no notebook ou PC, mas se você quiser levar o áudio junto com você ao andar pela casa e deixar o desktop plugado na tomada. Aprenda a usar o aplicativo no tutorial abaixo.

Primeiro passo: Baixe, extraia e instale o servidor do SoundWire no notebook ou PC equipado com Windows 7 ou superior, ou Linux;
Segundo passo: Caso o firewall do Windows peça permissão para o programa funcionar, conceda clicando em “Permitir acesso” na janela pop-up;

Terceiro passo: Escolha a fonte do áudio que deseja enviar ao celular, como alto-falante ou microfone do notebook ou PC;

Quarto passo: Baixe e instale o aplicativo SoundWire no smartphone Android: https://soundwire-server.br.uptodown.com/windows/download.
Quinto passo: No celular, certifique-se que esteja conectado na mesma rede Wi-Fi do notebook ou PC e toque no botão central para obter o IP e conectar-se ao computador.

A partir daí todos os sons tocados no notebook serão reproduzidos nos alto-falantes do smartphone, incluindo sons de notificações, músicas e outros áudios do sistema. O app para Android tem versão paga e gratuita, mas a única diferença entre elas é a presença ou não de anúncios. A escolha entre as duas opções, portanto, não influencia no funcionamento do recurso.
Pronto! Agora você tem seu celular android como caixinha de som.





Penúltimo lote de restituição do IR 2016



       A Receita Federal libera na terça-feira (8), a partir das 9h, a consulta ao sexto e penúltimo lote de restituições do Imposto de Renda 2016. Também estão no lote restituições de 2008 a 2015, que haviam caído na malha fina.
Como checar?
Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deve acessar o site da Receita: http://zip.net/bsn4Jn.
É possível baixar o aplicativo para celular da Receita, onde também pode ser feita a consulta. Ele está disponível para os sistemas Android e iOS. Mais informações no site: http://zip.net/bytsCB.
Outra opção é ligar para o Receitafone, pelo número 146 (ligação gratuita de telefone fixo; preço da tarifa local para ligações feitas de celular).
Pagamento cai no dia 16
As restituições de 2.244.479 contribuintes, totalizando R$ 2,75 bilhões, devem ser pagas no dia 16 de novembro, quarta-feira. O dinheiro é depositado na conta bancária indicada pelo contribuinte ao fazer a declaração.
O valor é corrigido pela Selic (taxa básica de juros), mas, após cair na conta, não recebe nenhuma atualização. A correção pela Selic vai de 7,76% (correspondente a 2016) a 89,33% (correspondente a 2008).
A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá pedi-la pela internet, usando o Formulário Eletrônico - Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no portal e-CAC: http://zip.net/bxp7kj.
Não pagaram. E agora?
Caso o valor não seja pago, o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento: 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos).
Não estou no lote. Significa?
Se sua declaração não foi liberada nesse lote, isso não quer dizer necessariamente que ela caiu na malha fina. Será liberado mais um lote em dezembro.
Quer saber qual a situação da sua declaração? É possível acessar o site da Receita para identificar eventuais problemas na declaração e fazer as correções antes de cair na malha fina e ser chamado para dar explicações. Saiba como aqui: http://zip.net/bwtnyM.

             Fonte-uol

sexta-feira, 4 de novembro de 2016

Um atentado à Constituição


        O Supremo Tribunal Federal, por maioria, decidiu que servidor público deve escolher entre a vida e a greve. Isso mesmo. Apesar de ser um direito constitucional de primeira grandeza, daqueles que faziam a Constituição brasileira ser reconhecida e festejada mundo afora, a greve deixou de existir.
A maioria do tribunal entendeu que o gestor público tem o dever de cortar o pagamento dos grevistas. Ou seja, se você entrar em greve, para protestar por melhores condições de trabalho, por igualdade de gênero, contra o arrocho, pela democracia, pela saúde, pela segurança, pela educação, ficará sem salário.
Não importa se a reivindicação é justa. Não importa se é um direito. Não importa se não é abusiva. Não importa.
Não deve mesmo importar aos ministros do Supremo Tribunal Federal e ao teto de vencimentos do funcionalismo público. Tampouco deve importar aos demais juízes, que ganham acima do teto.
Mas certamente importa aos professores, cujo piso salarial é de pouco mais de 2 mil reais que garantem a vida de sua família. Mas agora eles serão obrigados escolher entre a vida e a greve.
A decisão do Supremo Tribunal Federal parece ter sido feita por encomenda. A PEC 241, o desastre das políticas sociais brasileiras, certamente inviabilizará a continuidade de muitos programas e precarizará outros tantos.
Votada por um Congresso Nacional apodrecido e amparada por um governo cuja legitimidade não virá, a PEC 241 seria objeto de muitos protestos e greves: contra a PEC 241 por uma educação de qualidade; contra a PEC 241 por uma saúde pública universal. Contra a PEC 241 pela Constituição!
A situação que se desenha é, portanto, curiosa. Se protestar, o salário é cortado e a opção é entre a vida e a greve. Se não fizer protesto e a PEC 241 for aprovada, a escolha é entre a morte a greve.
Seria cômico se não fosse trágico. A única opção dada pelo tribunal para não cortar salários seria quando o poder público estivesse praticando ato ilegal, como atrasar pagamentos. Elementar. Se o servidor já não recebe o seu salário, e por isso entra em greve, não há o dever do gestor em descontar o pagamento.
Mas é só trágico. O mesmo Supremo Tribunal Federal que mudou seu paradigma para admitir o mandado de injunção na garantia do direito à greve, agora esvazia o direito constitucional.
Ninguém nega a necessidade de regulamentação, de acordos, de fiscalização. Todos sabemos que serviços públicos essenciais devem funcionar independentemente da greve. Ninguém ignora que possam existir oportunistas e abusos. Mas isso não é sinônimo de greve. Greve é sinônimo de direito. Invariavelmente, a greve é pelo direito de todos.
O tribunal parece mesmo achar que direito não é lá grande coisa. Estudamos – assim como os ministros de notável saber jurídico – que ter um direito é uma coisa importante, algo capaz de proteger contra abusos e violações. Um direito fundamental, então, é uma maravilha. Ele exige sempre mais, não pode ser abolido, não pode retroceder e coloca o sujeito (de direitos) em uma posição elevada. Mas não importa a teoria dos direitos fundamentais. Ela é só teoria. É só o direito.
A cada interpretação mal-ajambrada do Supremo ficamos mais distantes do projeto constitucional de 1988. Aquele da Constituição Cidadã, do Estado Social e Democrático de Direito, da solidariedade e da pluralidade. Hoje foi o direito a greve, logo depois da prisão em segunda instância, da violação de domicílio. Tudo indica que virá o fim da educação da qualidade e universal, da saúde pública integral, da demarcação das terras, da maioridade penal.
Estamos diante de um atentado à Constituição e quem o pratica é o seu guardião. Mas a Constituição não é do Supremo, é de todos nós. Pelo direito à greve, contra a PEC 241, pela vida da Constituição, resistiremos.

Por - Eloísa Machado de Almeida 

quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Exército Brasileiro: concurso público

       O Exercito está autorizado a realizar concurso público para preencher 622 vagas. A informação foi publicada no Diário Oficial da União.  Até dezembro, 383 pessoas deverão ser contratadas. Depois, até abril de 2017 deverá ocorrer a contratação de mais 239. Os salários iniciais, as áreas de atuação e as atribuições constarão no edital.
Quem possui ensino médio estará apto para os empregos de agente administrativo (16 vagas), agente de serviços complementares (4), agente de serviço de engenharia (62), agente de telecomunicações e eletricidade (6), artífice de carpintaria e marcenaria (24), artífice de eletricidade e comunicações (5), artífice de estruturas de obras e metalurgia (5), artífice de mecânica (20), auxiliar de laboratório (2), auxiliar de artífice (3), auxiliar operacional de serviços de engenharia (7), desenhista (8), laboratorista (14), motorista (22), programador (28), projetista (4), técnico de nível médio (238) e técnico em edificações (9).
Já para o nível superior as chances serão as de administrador (4), analista ambiental (10), analista de sistemas (21), arquiteto (18), contador (8), engenheiro (55), geólogo (6) e técnico de nível superior (7).

quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Aprovada proposta para que português seja língua oficial na ONU

O chefe de Estado português fez este anúncio numa conferência de imprensa conjunta com o primeiro-ministro português, António Costa.
O Presidente da República de Portugal anunciou hoje que na XI Cimeira da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) foi aprovada uma proposta para que o português seja uma língua oficial nas Nações Unidas (ONU).
Marcelo Rebelo de Sousa disse que a proposta não consta da declaração final desta cimeira da CPLP, mas foi aprovada por aclamação, e adiantou que foi feita pelo Presidente do Brasil, Michel Temer.
O chefe de Estado português fez este anúncio numa conferência de imprensa conjunta com o primeiro-ministro português, António Costa, declarando: "Desta cimeira também saiu uma proposta concreta para que o português passe a ser uma língua oficial nas Nações Unidas".
Já à saída da conferência de imprensa, o Presidente da República esclareceu que essa resolução "não consta da declaração [final]" da cimeira de Brasília, "mas foi aceite também, por aclamação".
Tratou-se de uma "proposta, aliás, do Presidente Michel Temer, logo no início", acrescentou.

Prefeito terá apoio da maioria da Câmara de Vereadores do Recife


        O prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), reeleito no segundo turno com 61,30% dos votos válidos, terá apoio da maioria da Câmara de Vereadores, a partir de 2017. Dos 39 parlamentares eleitos em 2 de outubro, 31 são de partidos aliados. Além dos 21 siglas que compõem a coligação desde o primeiro turno, o grupo liderado pelos socialistas recebeu, posteriormente, o respaldo do DEM, partido que tinha candidato próprio e foi derrotado na primeira etapa do peito.
A oposição terá seis vereadores. São dois do PT, partido do candidato João Paulo, derrotado no segundo turno; dois do PRB, do candidato a vice, Sílvio Costa Filho; e um do PTB, sigla que participava da coligação desde o primeiro turno.
Além desses, o grupo contrário a Geraldo Julio recebeu o reforço de um parlamentar do PSol, o primeiro eleito na história do Legislativo na capital pernambucana. A expectativa é que os dois representantes do PSDB mantenham um posicionamento de neutralidade.
O PSB, partido de Geraldo Julio, terá a maior bancada da Câmara. São oito parlamentares. O PP, o PRTB e o PSC, que fizeram três vereadores cada um, também estão no grupo de apoio ao prefeito reeleito. O PSB, o PP e o PSC tiveram, inclusive, os campeões de voto no parlamento do Recife. Todos fazem parte da bancada evangélica.
Na oposição, a maior bancada será formada pelo PT. Mas o partido perdeu espaço no Legislativo. Na atual legislatura, que começou em 2013, elegeu cinco parlamentares. Agora, em 2016, perdeu três.
Em 2016, o Legislativo do Recife atingiu um índice de renovação de 43,59%. Dos 39 parlamentares eleitos em 2012, 22 ficarão mais um mandato na Casa José Mariano. Outros 17 são novatos ou voltam ao parlamento como titulares para a nova legislatura.
Em 2012, o índice de renovação foi de 36%. Naquela eleição, 14 novos parlamentares assumiram mandatos no Legislativo da capital pernambucana. Ao todo, 21 partidos terão representantes na Casa.


terça-feira, 1 de novembro de 2016

Geraldo Julio, do PSB, é reeleito prefeito do Recife

Geraldo Julio, PSB, foi reeleito neste domingo (30) prefeito do Recife para os próximos quatro anos. O resultado saiu às 18h39, com 89% das urnas apuradas. De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE), com 100% das urnas apuradas, Geraldo Julio teve 528.335 votos, o que representa 61,3% dos votos válidos. O vice-prefeito segue sendo Luciano Siqueira (PCdoB).

João Paulo (PT) teve 333.516 votos, o que representa 38,70% dos votos válidos. Dos 971.963 votos, foram 33.589 (3,46%) brancos, 76.523 (7,87%) nulos e 147.282 (13,16%) abstenções, segundo o TRE-PE.
 
BLOG DO ANDRÉ CAFÉ
SÓ JESUS SALVA
//