Redes Social



twitterfacebookgoogle pluslinkedinrss feedemailhttps://www.wowapp.com/w/andrecafe/joinhttps://www.instagram.com/andrecafee/

segunda-feira, 9 de maio de 2016

Santa Cruz é bicampeão Pernambucano


       Um filme que tem se repetido com frequência na atual década. Mais uma vez, o Santa Cruz levantou o troféu de Campeonato Pernambucano. E novamente contra o Sport, em plena Ilha do Retiro. Neste domingo, na 24ª final com um Clássico das Multidões, os tricolores empataram em 0 a 0 e chegaram ao seu 29º título estadual. Agora são doze finais para cada lado, mas nas últimas quatro deu a equipe coral. O time do técnico Milton Mendes havia vencido o primeiro jogo no Arruda e soube administrar bem a vantagem na volta.
Santa Cruz e Sport agora começam a pensar exclusivamente na Série A do Campeonato Brasileiro. O Leão joga contra o Flamengo, no próximo sábado, no Rio de Janeiro e o Tricolor recebe o Vitória, no domingo, no Arruda. No entanto, antes disso, o Tricolor ainda joga contra o Vitória da Conquista, pela Copa do Brasil. A partida acontece nesta quarta-feira e existe a chance de apenas os jogadores reservas serem escalados.
O jogo foi pegado. Assim como na primeira partida, os atletas do Sport não se fizeram de rogados e exageraram nas entradas duras. Os tricolores também contribuíram para a irritação rival, com a catimba natural naqueles que têm o resultado a seu favor. A força colocada na marcação também foi exibida pelos rubro-negros na criação de suas jogadas ofensivas. A equipe ainda tem um grave problema na transição para o ataque. As chances criadas não renderam a nenhuma grande defesa do goleiro Tiago Cardoso, por exemplo.
Pelo outro lado, Danilo Fernandes até chegou a ter de trabalhar mais decisivamente. No começo do primeiro tempo, uma cobrança de falta de Lelê fez o arqueiro leonino ter de ir até o ângulo pegar a bola. Na volta para o segundo tempo, também no início, os tricolores chegaram com Arthur. Mas dessa vez, o camisa 12, usou os olhos para afastar o perigo. A necessidade do gol fez o técnico Oswaldo de Oliveira mandar para campo o atacante Túlio de Melo. Das arquibancadas, o torcedor respondeu de forma positiva. Até que a primeira grande chance do jogo foi criada. Após jogada bem trabalhada, Everton Felipe saiu na cara de Tiago Cardoso e obrigou o goleiro a fazer a primeira boa defesa no jogo.
Com a relógio como adversário, o técnico Oswaldo de Oliveira resolveu ousar na busca pelo gol. O treinador mandou a campo Reinaldo Lenis na vaga do volante Luiz Antônio. O Sport passou a atacar com cinco atletas, e contou apenas com Rithely na proteção da zaga. A maior presença ofensiva ainda foi capaz de fazer Tiago Cardoso operar um de seus milagres, após cabeceio de Henriquez. O placar seguiu inalterado, e o Santa Cruz acabou campeão Pernambucano.

Nenhum comentário:

 
BLOG DO ANDRÉ CAFÉ
SÓ JESUS SALVA
//