Redes Social



twitterfacebookgoogle pluslinkedinrss feedemailhttps://www.wowapp.com/w/andrecafe/joinhttps://www.instagram.com/andrecafee/

terça-feira, 31 de maio de 2016

Ministro da Transparência pede demissão depois de divulgação de áudio

Na última segunda-feira, 30, o ministro da Transparência, Fiscalização e Controle, Fabiano Silveiro, pediu demissão após a divulgação do áudio de uma conversa com o ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado no Fantástico, da TV Globo. Silveira é o segundo ministro do governo Temer a deixar o cargo por suspeita de corrupção. Na semana passada o então ministro do Planejamento, Romero Jucá, renunciou após a divulgação de gravações de conversas com Machado.
A queda de Jucá e Silveiro reflete um ambiente cada vez mais paranoico na capital, onde membros da elite política e empresarial do país estão secretamente gravando uns aos outros com o objetivo de negociar reduções de penas na Justiça. Sérgio Machado, por exemplo, se transformou em um valioso informante da polícia.
A Organização Transparência Internacional criticou o comportamento de Silveiro e anunciou que vai interromper o diálogo com o Ministério da Transparência até que “uma apuração plena seja realizada e um novo ministro com experiência adequada na luta contra a corrupção seja nomeado”.
Na época da conversa entre Silveira e Machado, cerca de três meses atrás, Silveira ainda era do Conselho Nacional de Justiça. No áudio, ele orienta o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e o ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado a se defenderem na Operação Lava Jato.
Renan Calheiros foi quem indicou Silveira ao cargo de ministro. O presidente em exercício Michel Temer pretendia mantê-lo no cargo para evitar qualquer desgaste na relação com o presidente do Senado, por conta das medidas que precisam ser aprovadas. Mas quando Silveira pediu demissão, dizendo ser alvo de “especulações insólitas”, Temer acatou o pedido. A saída de Silveira pode enfraquecer Renan Calheiros.
Calheiros, por sua vez, negou qualquer influência no governo em exercício. “Em face das especulações, reitero de maneira pública e oficial que não irei indicar, sugerir, endossar, recomendar e nem mesmo opinar sobre a escolha de autoridades no governo do presidente Michel Temer”, disse em nota.
Segundo fontes do governo, Carlos Higino é quem deve assumir a pasta. Ele ocupou interinamente o comando da Controladoria-Geral da União durante a gestão Dilma. No entanto, o secretário interino da pasta, Marcio Tancredi, é quem deve ocupar o posto até a definição oficial do presidente interino.
Fonte - opiniao


ESTUPRO COLETIVO: especialistas divergem sobre afastamento de delegado

O afastamento do delegado Alessandro Thiers do inquérito que investiga o estupro coletivo de uma adolescente de 16 anos dividiu opinião de delegados, advogados e especialistas em criminalística.
Thiers foi afastado do caso no último domingo, 29/05, pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ), que atendeu a um pedido da ex-advogada da vítima Eloísa Samy. Segundo Eloisa, o delegado teve atitude machista e tentou culpar a vítima pelo estupro ao perguntar se ela tinha o costume de praticar sexo grupal. Na última segunda-feira, 31, especialistas comentaram a decisão.
Para Henrique Hoffmann, delegado da Polícia Civil do Paraná, Thiers estava correto ao fazer a pergunta à jovem, pois a questão era determinante para identificar quando começou a incapacidade da vítima. Ele afirma que “é tentador concordar com o afastamento de autoridade e designação de outra quando se trata de caso midiático envolvendo pré-julgamento. Mas a esmagadora maioria repudiaria a interferência na apuração se estivesse na condição de investigado”.
Hoffmann criticou o afastamento e disse que tal medida não pode ser tomada simplesmente por discordar da forma de atuação do delegado. “Trata-se do princípio do delegado natural, estampado no artigo 2º, parágrafo 4º da Lei 12.830/13. Decorre desse postulado a inamovibilidade do delegado, que mais do que uma prerrogativa do cargo, é uma garantia do cidadão, no sentido de que será investigado por autoridade imparcial e com independência funcional, e não designado especificamente para chegar a um resultado preconcebido”.
Já para o advogado Pedro Serrano, a atitude do TJ-RJ foi correta. Ele afirma que questionar a vida sexual da jovem apenas constrange a vítima sem trazer nenhum benefício para a investigação. “Se essa pergunta for feita numa situação assim, ela vulnera a vítima e dificulta o acesso dela a direitos fundamentais. Saber gostos sexuais, aspectos da vida particular, não acrescenta em nada o objetivo de identificar o culpado de um crime gravíssimo”.
Segundo Serrano, o afastamento de delegados de casos não é comum, mas deveria ser. “Quando um delegado obstaculiza uma investigação ou dificulta o acesso a um direito, ele está cometendo um ilícito, que é o abuso de autoridade. E por isso existem ferramentas para afastá-lo do caso e elas podem e devem ser acionadas quando for o caso”.
O criminalista Fabio Tofic Simantob alertou que o risco do afastamento pode ter sido gerado por motivação política. “Tomara que a política não esteja se sobrepondo à Justiça. O delegado pode ter feito algo errado e pode ser correto seu afastamento, não sei dos detalhes. Mas o fato chama a atenção para uma possível exploração política de um crime gravíssimo. […] Seria um medo de que a investigação chegue a um resultado que não é o que o público deseja?”.

segunda-feira, 30 de maio de 2016

Estupro coletivo: investigação vai contrariar o 'senso comum' da população sobre o caso, diz delegado

Em entrevista ao programa Fantástico no último domingo, 29, o chefe de Polícia Civil do Rio de Janeiro, Fernando Veloso, disse que a investigação do estupro coletivo supostamente praticado por 33 homens contra uma adolescente de 16 anos no Rio irá contrariar “o senso comum” da população sobre o caso. O resultado da investigação se baseia no exame de corpo de delito feito pela vítima quatro dias após o crime e a perícia de um vídeo postado nas redes sociais.
“Não há vestígios de sangue nenhum que se possa perceber pelas imagens que foram registradas. Eles [os peritos] já estão antecipando, alinhando algumas conclusões quanto ao emprego de violência, quanto à coleta de espermatozoides, quanto às práticas sexuais que possam ter sido praticadas com ela ou não. Então, o laudo vai trazer algumas respostas que, de certa forma, vão contrariar o senso comum que vem sendo formado por pessoas que sequer assistiram ao vídeo”.
Durante uma conversa em um grupo de WhatsApp, enviada ao jornal Extra, o delegado Alessandro Thiers, afastado do caso no domingo, desqualificou a adolescente que denunciou o estupro, chegando a afirmar que não houve estupro: Ele comentou a entrevista da jovem ao Fantástico: “No ‘Fantástico’ era outra pessoa. Sabe que temos fortes indícios de que não existiu estupro”.
Tanto a entrevista de Veloso como a conversa do delegado Thiers refletem uma atitude compartilhada por muitos brasileiros em redes sociais: Em seu perfil no Facebook, a vítima foi acusada de usar o caso para atrair atenção com sua história. No último sábado, 28, ela decidiu apagar sua página, que exibia comentários depreciativos, de homens e mulheres, criticando seu comportamento e acusando-a de não ter sido estuprada.
Uma semana após o crime, uma conta no Twitter foi criada com fotos de uma menina, supostamente a vítima, segurando armas, sugerindo que ela andava com bandidos e por isso teria assumido o risco de ser estuprada. Em apenas quatro horas a conta atraiu mais de 280 seguidores.
Ao Fantástico, a adolescente criticou o tratamento que recebeu na delegacia: “O próprio delegado me culpou. Quando fui à delegacia, não me senti à vontade em nenhum momento. Eu acho que é por isso que muitas mulheres não fazem denúncias (…) Ele [o delegado] chegou dizendo “Me conta aí”, sem nem perguntar como eu estava, se estava bem”.
Em outra entrevista, ao programa Domingo Espetacular, da TV Record, ela acrescentou: “Ficavam perguntando por que eu estava lá, se eu tinha envolvimento, se já tinha feito sexo grupal”.
Nenhum suspeito permanece detido por envolvimento no crime.


Comissão dos Jogos: ¿ fim das loterias estaduais?


     Os governadores entraram em alerta preocupados com o relatório do deputado Nelson Marquezelli (PTB-SP) que está no prelo para finalizar a comissão que debate a legalização dos jogos no Brasil. O texto oficializa o Bicho, bingos e cassinos, mas extermina as loterias estaduais. Hoje, 15 estados têm as suas como fonte de renda extra e de financiamento de parte de programas sociais e de inclusão. Rio de Janeiro e Minas faturam R$ 4 bilhões por ano, o saldo é de R$ 10 bilhões/ano apenas em São Paulo.
O Projeto de lei de Marquezelli prevê no Artigo 2 a revogação dos decretos-leis que autorizaram as loterias. São os de nº 241, de 1938; o 5.089 (1942); e o 5.192 (1943).
O staff de Marquezelli na comissão aponta que é preciso “que se resolva o problema das loterias”. Ou seja, que se reinventem através de nova lei federal, como bingos e cassinos.

O Brasil tem uma cultura do estupro?

Estatísticas mostram que a violência sexual contra mulheres no Brasil é prevalente, mas tende a escapar a atenção da mídia a menos que envolva um incidente macabro, como o caso recente de estupro coletivo de uma adolescente praticado por mais de 30 homens em uma favela do Rio, ou uma turista vitimada. Há uma subnotificação de ocorrências e até mesmo os episódios que chegam aos jornais são facilmente deslocados por outras novidades, como a Olimpíada ou confrontos entre traficantes e a polícia.
Até 2009, o Código Penal brasileiro caracterizava o estupro como “um crime contra a dignidade social” – um insulto dirigido à integridade da família (o marido ou o pai de uma mulher, por exemplo). A noção de “justiça” diante de um crime de estupro era baseada na imagem da “mulher honesta”, de modo que a proteção integral da lei valia apenas para virgens solteiras e mulheres casadas.
Em 2009, o Código Penal foi alterado e passou a definir o estupro como um crime contra a dignidade e a liberdade sexual. Desde então, um estudo produzido pelo Instituto de Segurança Pública do Rio de Janeiro registrou um aumento de 24% nos casos de estupro entre 2011 e 2012, indicando que mais pessoas passaram a denunciar o crime à polícia.
Mas a decisão de denunciar um estupro ainda esbarra em tabus sociais. Um estudo do Ipea de 2014 estimou que existem 527 mil tentativas de estupro por ano no Brasil, dos quais apenas 10% são relatados.
O estudo também revelou atitudes preocupantes do público em relação ao estupro. Publicado no final de março de 2014, o estudo inicialmente informara que 65,1% dos brasileiros acreditavam que as mulheres que se vestiam com roupas reveladoras mereciam ser estupradas. Surpreendentemente, dos pesquisados, 65% eram mulheres.
O estudo repercutiu amplamente nas mídias sociais, mas, em seguida, o IPEA anunciou um erro nos números publicados. As porcentagens representadas pelas respostas a duas das perguntas da pesquisa haviam sido acidentalmente invertidas: em vez de 65%,  a porcentagem de brasileiros que acreditavam que mulheres que usam roupas provocantes merecem ser estuprada era de 26% – um erro gritante, embora o número correto ainda seja bastante alto. No entanto, a crítica da mídia ao IPEA e à pesquisa foi tão dura que os resultados do estudo como um todo foram desacreditados.
Mas foi tolice descartar o estudo com base em um erro de publicação infeliz. O restante dos resultados continua a ser relevante e sublinha crenças retrógradas e preocupantes sobre as mulheres. Por exemplo, 58,5% concordaram que, se as mulheres soubessem se comportar adequadamente haveria menos casos de estupro. A maioria, ou 58,4% dos brasileiros, também disse que os casos de violência doméstica devem ser resolvidos dentro da família.
Chamar a atenção para tais estatísticas pode ajudar a provocar um debate público sobre a violência sexual no Brasil e desfazer a fortaleza de sexismo na psique brasileira coletiva. Embora o conceito de “mulher honesta” tenha sido retirado do código penal nacional, essa linguagem deixou uma marca nas atitudes culturais. Os casos de estupro que são destacados pela mídia abordam uma mera fração das atitudes machistas entrincheiradas que moldam a vida das mulheres. Essa atmosfera desencoraja as mulheres a tomarem decisões autônomas sobre seus direitos sexuais ou às vezes até mesmo as roupas que vestem.
Há um nível inaceitável de tolerância social com o comportamento sexista e a violência contra as mulheres. Há uma profunda necessidade de novos discursos que priorizem o combate ao estupro. Só então, o Brasil vai ser capaz de erradicar uma infraestrutura social que continua a reforçar atitudes sexistas e patriarcais.
Fonte-opiniao


Marinha do Brasil: concurso para o Corpo de Saúde e escolas de formação


     A Marinha do Brasil publicou dois editais para o preenchimento de 341 vagas. Destas, 111 são para o Corpo de Saúde da força e 230 para Escolas de Formação de Oficiais da Marinha Mercante. Do Quadro do Corpo de Saúde, 11 vagas são para o Quadro de Apoio à Saúde (CPCSM-S), com oportunidades para Enfermagem (4 vagas), Farmácia (3), Fonoaudiologia (2) e Nutrição (2).
Já as 100 vagas para o Quadro de Médicos (CP-CSM-Md) contemplam várias especialidades. Entre elas Cardiologia (8), Cirurgia Cardíaca (1), Cirurgia Geral (6), Cirurgia Plástica (3), Clínica Médica (8), Endocrinologia (2), Geriatria (2), Hematologia (2), Ginecologia e Obstetrícia (5), Medicina Intensiva (2), Nefrologia (2), Oftalmologia (2), Ortopedia e Traumatologia (9), Otorrinolaringologia (4), Pediatria (7), Pneumologia (3), Psiquiatria (7), Radiologia (7) e Urologia (2).
Os candidatos aprovados para o CPCSM farão o curso no Centro de Instrução Almirante Wandenkolk (CIAW), situado na Ilha das Enxadas, no Rio de Janeiro, e ingressam já no posto de guarda-marinha, tendo vencimentos de R$ 6.268. Receberão mais auxílio para aquisição de uniformes, assistência médica-hospitalar e alojamento e alimentação, entre outros benefícios.
Já os que forem aprovados para CSM serão nomeados oficiais da Marinha do Brasil, no posto de primeiro-tenente e terão vencimentos mensais de aproximadamente R$ 8.800. As inscrições devem ser feitas via internet, nos sites www.ensino.mar.mil.br ou www.ingressonamarinha.mar.mil.br, até 13 de junho para Quadro de Apoio à Saúde; até 30 de junho para o Quadro de Médicos.
EFOMM COM 230 VAGAS
As 230 vagas da Marinha Mercante serão para as Escolas de Formação de Oficiais da Marinha Mercante (Efomm), sendo 140 para o Centro de Instrução Almirante Graça Aranha (Ciaga) do Município do Rio de Janeiro, e 90 vagas para o Centro de Instrução Almirante Braz de Aguiar (Ciaba), em Belém, no Pará.
Podem participar da seleção candidatos que concluírem o Ensino Médio até dia 30 de janeiro de 2017 e que tenham idade entre 17 e 23 anos na data de 1º de janeiro de 2017. As inscrições devem ser feitas na página www.ciaga.mar.mil.br de 1º a 30 de junho. A taxa de inscrição tem custo de R$ 55.
O concurseiro Leandro Rangel, 28 anos, morador de Niterói, que estuda na Academia do Concurso, vê na Marinha Mercante uma oportunidade de seguir carreira militar. “Estou focando em Matemática e Física, que são os pontos principais da prova”, diz.
Um forte diferencial nesses certames militares são os exames físicos, aponta o professor Adriano Vieira, especialista em concursos militares dos cursos Ascensão, Progressão e Universo do Concurso Público.
“Os candidatos que pleiteiam ao oficialato na Esquadra Brasileira precisam ter excelente condicionamento físico, tanto para o ingresso quanto para o bom desempenho de suas funções durante a carreira”, indica.


Canal do Panamá: revolucionando o comércio global


Um século após revolucionar o comércio global, o Canal do Panamá está prestes a iniciar uma nova etapa nas transações comerciais internacionais.
Após uma obra que durou nove anos e custou US$ 5 bilhões, o canal está pronto para inaugurar as novas eclusas que reduzirão o tempo de passagem dos navios e permitirão a passagem de embarcações maiores.
As novas eclusas entrarão em operação em junho deste ano. A expansão coincide com o aumento na produção e exportação de gás natural nos EUA. Agora, o canal será capaz de comportar os grandes navios usados para exportar gás natural liquefeito (GNL), reduzindo em 11 dias e em um terço o tempo e o custo necessários para fazer a antiga rota pelo Pacífico.
Contudo, a expansão não resolverá todos os problemas. Mesmo triplicando a capacidade de receber navios maiores, o canal ainda não conseguirá comportar os maiores tipos de navios cargueiros e petroleiros. Além disso, o tráfego no canal dependerá do cenário econômico global.
Fonte-opiniao


Whatsapp: O PR quer barrar o acesso da Justiça a conteúdos nos telefones de cidadãos


Os ministros do Supremo Tribunal Federal estão com a pulga atrás da orelha. Algo sinistro está arquivado no Whatsapp de caciques do Partido da República ou de presos pela Polícia Federal nas últimas fases da Lava Jato. Só isso explica a pressa do jurídico do PR em protocolar na sexta-feira no STF uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI nº 5527) contra o Artigo 10, Parágrafo 2º da Lei 12.965/14, o Marco Civil da Internet. Este Artigo, foco da ação, trata de quebra de sigilo de informações. O PR quer barrar o acesso da Justiça a conteúdos nos telefones de cidadãos.

quinta-feira, 26 de maio de 2016

REUNIÃO COM A SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO

        O Sindicato esteve reunido com o Secretário de Administração Milton Coelho  para responder a proposta apresentada pelo Sindicato, que agraciava faixas de 2,8% e reenquadramentos e liberação com implantação de todos os sobrestados.

     Diante da proposta apresentada foi feita uma contra proposta pelo Estado, que seria a implantação da mesma tabela vencimental do Agentes de Policia Civil, ou seja, com os mesmas faixas, classes e niveis, e com redução de 4 (quatro) faixas. Ficaria as faixas de "a" até "f", perfazendo um total de 24 (vinte e quatro) faixas, com o vencimento base inicial igual dos Agentes de Polícia Civil.

     O Estado também relatou que garantiria as mesmas classes, faixas e niveis daqueles que se encontram hoje. Porém, o enquadramentos anterior de quem está errado deve ser revisto, mas seria garantido a irredutibilidade de vencimentos desta pessoa.

     Diante de tal proposta, o Sindicato rebateu e solicitou que fosse agraciado os critérios de enquadramentos igual da policia civil, que foram diferentes do atual enquadramento que foi realizado no ano de 2010 para os Agentes de Segurança Penitenciária. Argumentamos se é uma nova matriz da que atualmente existe com tratamento isonômico deve ser colocado os mesmos critérios para enquadramentos nesta nova matriz.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------

Anteriormente, nas classes e faixas  para os Agentes Penitenciários foram feitos o seguinte em tempo de serviço público:

Classe 1 enquadramento de 0 a 10 anos faixa "a";

Classe 2 enquadramento de  10 a 20 anos faixa "a";

Classe 3  -enquadramento de  20 a  30 anos faixa "a";

Classe 4 - enquadramento de  mais de 30  anos faixa "a";

ESTE MODELO ACIMA FOI APLICADO ANTES AOS AGENTES PENITENCIÁRIOS E O SINDICATO SOLICITOU UMA NOVA FORMA DE CRITÉRIOS PARA ENQUADRAMENTO.

-----------------------------------------------------------------------------------------------

       Porém, para os Agentes de Polícia Civil quando da aplicação da nova matriz foi aplicado uma novo tipo de critérios, bem como solicitamos na negociação o  critério para aproveitamento de tempo de serviço.

     Diante deste argumento, o Estado garantiu (em documento) que a proposta da tabela vencimental da Policia Civil está mantida  e que o Sindicato nesta quarta-feira encaminhe por escrito estes critérios para a última discussão sobre este assunto. Ficou marcado a reunião na próxima terça-feira dia 31 de maio de 2016, às 15:00.

    Sendo assim, o Sindicato estará marcando uma Assembléia Geral Extraordinária para a próxima semana, que deverá acontecer entre 02 de junho (quinta-feira) e 03 de junho (sexta-feira).

    Estaremos agendando o auditório por isso a data será colocada até a próxima quinta-feira.

    Esta proposta será apresentada a categoria no dia da Assembléia Geral.


   ASSEMBLÉIA SERÁ DIA 03/06 ÁS 17:00 NO AUDITÓRIO NO CIRCULO CATÓLICO.

   Sindasp trabalhando cada vez mais por você.

quarta-feira, 25 de maio de 2016

O Porco Espinho


     Os porcos-espinhos, percebendo a situação, resolveram se juntar em grupos, assim se agasalhavam e se protegiam mutuamente.
Mas, os espinhos de cada um feriam os companheiros mais encostados, justamente os que ofereciam mais calor.
Restavam duas alternativas apenas: afastar-se uns dos outros e morrer congelados acabando com a raça;
Ou aceitar os espinhos dos companheiros, suportando as pequenas feridas que a proximidade física podia causar, pois o mais importante era o calor do outro.
Decidiram sabiamente viver juntos. E assim sobreviveram até hoje.
Lição: O melhor do relacionamento não é aquele que une pessoas perfeitas, mas aquele onde cada um aprende a conviver pacificamente com os defeitos do outro. Assim teremos uma vida santa.

terça-feira, 24 de maio de 2016

Ministro da Educação diz que Fies e Pronatec serão ampliados

O ministro da Educação, Mendonça Filho, disse ontem que manterá e ampliará o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). “Diferentemente do que foi anunciado nos jornais, haverá preservação e novas vagas”, disse o ministro em entrevista coletiva convocada para apresentar o balanço de inscrições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).
“Estamos ainda há pouco mais de uma semana à frente do Ministério da Educação. Estamos realizando levantamento amplo a respeito dos compromissos orçamentários e financeiros.” Mendonça Filho disse que as vagas serão criadas ainda este ano, mas que ainda não é possível anunciar um número. “Peço apenas um pouco mais de tempo.”
Diante dos rumores de cortes nos programas, a Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES) divulgou nota em que repudia veementemente “a suspensão ou a diminuição dos programas sociais como o Fies e Pronatec, que são de extrema importância para o desenvolvimento do país, e que, caso tal decisão fosse tomada pelo Ministério da Educação, o governo interino estaria cometendo o mesmo estelionato eleitoral que o governo anterior cometeu”.
Sobre o Programa Universidade para Todos (ProUni), Mendonça Filho disse que a iniciativa “tem uma lógica própria de abertura de vagas de acordo com o compromisso fiscal de instituições de ensino superior”.
Atualmente, o setor privado representa 74% do total de 7,8 milhões de matrículas no ensino superior, de acordo com o último Censo da Educação Superior. Cerca de 40% das matrículas nas instituições particulares são de estudantes beneficiados pelo ProUni ou Fies.
Em relação ao Pronatec, de acordo com o ex-ministro da Educação Aloizio Mercadante, um acordo com o Sistema S e com instituições federais vai permitir a oferta de 2 milhões de vagas. O acordo ainda precisa ser assinado e formalizado juridicamente, tarefa que caberá a Mendonça Filho.
As inscrições para as novas vagas do Pronatec seriam abertas no dia 15 de maio, mas o processo foi interrompido pelo afastamento da presidenta Dilma Rousseff. “Estamos perdendo um tempo precioso”, disse o Mercadante. “Há restrições orçamentárias, mas é possível fazer parceria e, com soluções criativas, avançar na educação".
Fonte-agenciabrasil


segunda-feira, 23 de maio de 2016

MANIFESTANTES FAZEM PROTESTO EM FRENTE À RESIDÊNCIA DO PRESIDENTE INTERINO MICHEL TEMER

A segurança do presidente em exercício, Michel Temer, fechou todas as vias de acesso à rua onde ele mora, no bairro Alto Pinheiros, em São Paulo, neste domingo (22/05). Segundo soldados da PM, o local foi transformado em "área de segurança presidencial".
A Polícia Militar montou barreiras de bloqueio e reforçou o efetivo na altura da Praça Vila Lobos. Os moradores só podem entrar se apresentarem o número do R.G.
Manifestantes contrários ao governo interino estão reunidos no Largo da Batata, zona oeste da capital. O ato conta com integrantes do MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto) e pretende seguir em marcha até a casa de Temer.
"Acho curioso invocarem a segurança nacional para barrar os manifestantes. Fazia tempo que isso não acontecia", disse Guilherme Boulos, líder do MTST e um dos coordenadores da frente Povo Sem Medo.
Segundo o líder, um dos motivos do protesto foi à decisão do governo interino de suspender novas contratações do programa Minha Casa, Minha Vida.
Para evitar qualquer confusão, Michel Temer deixou a casa em São Paulo e voltou para Brasília por volta de 14:00hs deste domingo.
No dia 21 de abril, o presidente em exercício enfrentou uma manifestação em frente a sua residência, quando um grupo de 60 manifestantes pegou a segurança de surpresa.
Na ocasião, poucos agentes estavam no local quando chegou um ônibus com os ativistas, por volta de 7:00hs. Após o evento, Temer voltou para Brasília e houve um reforço da segurança, que colocou barreiras de contenção em frente a casa.
São Paulo tem uma maratona de show da Virada Cultural, e algumas apresentações tiveram manifestações contra o governo de Temer. Público levou faixas e cartazes com os dizeres "Fora Temer".
Protesto também tomou o palco. Na madrugada, integrantes da banda "Bixiga 70" se apresentaram com camisetas com frases contra o presidente interino e exibiram no telão a frase "Vai ter luta".
Fonte-g1


AÇAI DO LUIZ
go! Açaí delivery


 TELEFONE: 9710-1117
                        9700-2942
facebook.com/goacaii
instagram/go_acai

quinta-feira, 19 de maio de 2016

Spaces: nova rede social da Google

Mesmo com o Google+ ainda não decolando como a gigante das buscas esperava, a empresa continua investindo em aplicativos de redes sociais com bastante foco em troca de mensagens e compartilhamento de informações. Dando um novo passo neste caminho, Google acaba de anunciar o serviço Spaces, que parece com as comunidades do Google+, mas focando apenas no compartilhamento de arquivos com serviço de troca de mensagens integrado.
Quando você cria um tópico ou entra em algum já pronto perceberá o quão facilmente é compartilhar artigos, vídeos e imagens com outros usuários que também acompanhem aquele tópico. A novidade tem total integração com o YouTube, pesquisa do Google e Chrome. Todos estes serviços funcionando em paralelo fazem com que você perca menos tempo copiando e colando links de um lado para o outro.
Para navegar no aplicativo Spaces basta apenas tocar no grande botão de enviar para que novos conteúdos sejam adicionados aos seus espaços. O app apresenta um chat na metade inferior da tela, permitindo que você leia uma notícia e acompanhe os comentários de outros usuários ao mesmo tempo. O motor de busca do serviço é altamente apurado, permitindo encontrar links compartilhados anteriormente com extrema facilidade, classificando-os por fotos ou vídeos, por exemplo.
Quando você cria um novo espaço terá a possibilidade de convidar seus amigos através de um link (similar ao link de convite para grupos). A novidade foi revelada hoje no site da Google, onde a mesma será apresentada durante o evento I/O que ocorre esta semana. Spaces chega inicialmente para Android, iOS e Windows desktop ainda hoje, sendo necessário apenas usar sua conta do Gmail para logar no serviço.

Israel: Moedas e objetos de 1.600 anos são encontrados em navio naufragado

Arqueólogos mergulhadores encontraram um navio naufragado perto do antigo porto de Cesárea, com milhares de moedas de 1.600 anos atrás, estátuas de bronze e outros objetos enterrados no mar, informou nesta segunda-feira a Autoridade de Antiguidades de Israel.
Trata-se da maior quantidade de objetos descobertos no fundo do mar nas últimas três décadas. As relíquias foram primeiro encontrados por dois mergulhadores amadores no mês passado, indicou um comunicado do órgão israelita.
A descoberta inclui, além disso, âncoras de ferro, restos de ancoras de madeira e objetos que foram empregados na construção e navegação da embarcação que naufragou.
A pesquisa para recuperar os objetos foi realiza nas últimas semanas por mergulhadores especializados e voluntários que usaram equipamentos avançados para desenterrar vários artefatos.
Muitos dos objetos são de bronze e se encontram em extraordinário estado de conservação. Também foram localizados fragmentos de grandes jarras que eram usadas para levar água potável para a tripulação do navio.
Uma das grandes surpresas foi à descoberta de dois sacos lotados de milhares de moedas que pesam 20 quilogramas e estava no interior de uma vasilha na qual eram transportadas. Elas têm a imagem do imperador Constantino, o Grande (274-337), e de seu cunhado Licinio, que governou a parte leste do império entre 308 e 324, quando foi derrotado e condenado à morte pelo primeiro.
De acordo com Jacob Sharvit, diretor da Unidade de Arqueologia Marinha da AII, e Dror Planer, vice-diretor do departamento, a localização e a distribuição dos artefatos no fundo do mar apontam que se trata de um grande navio mercante.
Segundo os especialistas, ele possivelmente foi surpreendido por uma tempestade na entrada do porto, e a embarcação afundou após se chocar contra as pedras.


quarta-feira, 18 de maio de 2016

Flanelinhas: cartões, que custam R$ 1,00 são vendidos a R$ 2,00

A região central do Recife conta com 2.500 vagas de estacionamento dentro da Zona Azul, sistema de controle de vagas em que o cartão custa R$ 1. Somente no Bairro do Recife, são 736 vagas neste sistema, quase todas controladas por flanelinhas, que cobram o dobro do valor, no mínimo, pelo cartão de estacionamento durante o dia. À noite, o valor cobrado é ainda maior, chegando a R$ 10 em algumas localidades.
No ano passado, a prefeitura cadastrou os flanelinhas, que só podem atuar no Bairro do Recife com um crachá de identificação, cobrado em fiscalizações desde janeiro. A medida visava diminuir as ameaças aos motoristas e cobranças abusivas. Na prática, no entanto, ainda há aqueles que esquecem o crachá e outros que sequer usam o documento.
Nas ruas do bairro o que se ver os flanelinhas trabalhando livremente, sem identificação, na Rua da Moeda, Apolo e Mariz e Barros. A situação encontrada é semelhante à que ocorre na Rua do Bom Jesus, onde alguns até ficam com a chave dos carros e saem para procurar vaga para os donos.
A corretora de seguros Cláudia Santos conta que se sente ameaçada e, por isso, acaba cedendo, pagando sempre aos flanelinhas. “Eles ameaçam, intimidam você. Falam que, se você não der, eles podem arranhar seu carro, você pode não sair do jeito que você chegou... É bem forte, bem doloroso”, relata.
O gerente de expansão Paulo Gomes sempre deixou o carro com os guardadores, muitas vezes sem o freio de mão puxado, para que o flanelinha pudesse ajustar o veículo à vaga. Ele conta que nunca teve problemas, embora não soubesse quem eram aquelas pessoas. “Eles estavam sem crachá, não tinham nada. Mas me davam o cartão da Zona Azul”, diz.
O guardador de carros Roberto José da Silva foi flagrado pela reportagem trabalhando sem o crachá, mas afirmou que tinha esquecido a identificação em casa. “Eu fiz o cadastramento da prefeitura, mas saí de casa atrasado e esqueci”, se desculpa.
Lucas Cavalcanti é administrador de empresas e reclama que o trabalho dos flanelinhas não facilita a procura de vagas. “Deveria ter outra maneira para os motoristas estacionarem. Estou aqui há um tempo e ainda não achei vaga. E, se de dia não tem, de noite é pior ainda”, garante.
Trabalhando há 30 anos no Bairro do Recife, o guardador de carros Luís Carlos da Silva acredita que se é regra, é preciso ser obedecida – por isso, nunca esquece a identificação. “No começo dos crachás, vinha a fiscalização. Mas não está mais vindo”, denuncia.


sábado, 14 de maio de 2016

Qual deveria ser o número de ministros não brancos e de mulheres?

        Fiquei surpreso com os jornais reclamarem que no ministério não tem mulheres e que os ministros são homens brancos. Mas no governo está cheio de mulheres e de homens não brancos, magros, gordos, altos e baixos. Qual deveria ser o número de ministros não brancos e de mulheres? Confesso que não sei e nem pensei nisso como um retrocesso.
Acho que, no momento, mais urgente que uma grande discussão sobre o sexo e a cor dos ministros, é saber se os ministros terão a capacidade de desempenhar com sucesso a tarefa de suas pastas em um governo que não pode perder um minuto, pois se inicia com uma agenda enorme de desafios, um período muito curto e com a tarefa hercúlea de corrigir sete anos de erros sucessivos de politica econômica.
Desejo ao novo governo os meus mais sinceros votos de sucesso nessa tarefa difícil. Vou contribuir com eles de alguma forma no que for possível. Os nomes já confirmados no Ministério da Fazenda são espetaculares. Equipe experiente que sabe o que deve ser feito. Não precisarão de apresentação e não será necessário fazer busca no Google. Além disso, muita gente fora do governo querendo colaborar.
A sociedade sabe que dois anos não serão suficientes para o país aprovar uma ampla agenda de reformas. Mas o desafio é começar o processo de reformas estruturais, a correção do desequilíbrios e, logo, a retomada da confiança dos investidores que levará ao crescimento do investimento e do PIB.
Nada é fácil, mas dá para avançar nessa agenda. Se o novo governo não conseguir consenso para cortes fortes da despesa terá que aumentar carga tributária. Mas o ajuste, como falou o Ministro do Planejamento Romero Jucá, começará pelo cortes de despesas antes que se cogite qualquer aumento de impostos.
Uma coisa é certa neste novo governo. As pessoas de baixa renda notarão que, apesar da mudança de governo, os programas sociais continuarão a existir. Assim, o discurso do fim de alguns programas sociais não poderá ser mais usado no debate eleitoral por alguns grupos políticos. As pessoas saberão que é mentira.
Em resumo, além de o novo governo ter a chance de poder começar o ajuste fiscal e as reformas estruturais que o país precisa, temos a chance também de melhorar o debate eleitoral nas próximas eleições.
         Boa sorte ao novo governo.

Decreto: o Marco Civil da Internet

          No último dia de mandato antes da suspensão gerada pela admissibilidade do Impeachment pelo Senado, a presidenta Dilma Rousseff publicou o decreto 8.711 que regulamenta aspectos do Marco Civil da Internet (Lei 12.965). Conhecida como a "Constituição da Internet", a lei foi sancionada em 2014 para instituir diretrizes gerais sobre o uso da internet no Brasil, e aguardava regulamentação de pontos como a neutralidade da rede e a proteção de registros de acesso e dados pessoais.  Dois pontos estavam pendentes e foram regulamentados.
     Apesar do ato ocorrer no apagar das luzes, a regulamentação já foi alvo de consulta pública na plataforma online participacao.mj.gov.br, na qual cidadãos poderiam sugerir ideias ao texto.
       O decreto publicado aponta que os provedores de acesso e aplicação não podem discriminar o tráfego do pacote de dados por arranjos comerciais. Nesse caso, uma empresa que oferece banda larga móvel e permite acesso gratuito a um aplicativo de redes sociais como o Twitter não poderá privilegiar o tráfego desses dados. A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) recebeu a missão de fiscalizar e apurar possíveis infrações como essa.
   Outro ponto importante é sobre a necessidade de regulamentar os mecanismos de proteção dos dados que provedores de aplicação e conexão devem armazenar legalmente. Como dado pessoal, o decreto explica tratar-se de “dado relacionado à pessoa natural identificada ou identificável, inclusive números identificativos, dados locacionais ou identificadores eletrônicos, quando estes estiverem relacionados a uma pessoa”.
  O decreto garante que a administração pública mediante determinação judicial tenha acesso a registros de acesso e dados cadastrais de pessoas ou grupos específicos, que podem ser usados, por exemplo, para saber se um suspeito acessou tal site em determinado dia. Mas os órgãos competentes não poderão solicitar dados coletivos e genéricos. Da mesma forma, quando solicitarem, devem garantir mecanismos para que esses dados não sejam violados ou expostos.
    O Comitê Gestor da Internet já possui papel central em estabelecer recomendações e padrões de uso da Internet no país. O decreto reforça esse papel e estabelece que todas entidades e empresas devem tomar como base as diretrizes estabelecidas pelo CGI. O Comitê deverá atuar colaborativamente com outros órgâos públicos para “zelar o cumprimento da legislação brasileira e aplicação de sanções cabiveis, mesmo que as atividades sejam realizadas por pessoa jurídica sediada no exterior”.

sexta-feira, 13 de maio de 2016

11:00hs: jogadores pedem mais respeito aos times nordestinos da Série A

O Santa Cruz já sabe há semanas que jogará às 11:00hs contra o Vitória na abertura da Série A. Um horário que ano passado foi bastante comentado por vários fatores. Primeiro, por ser novidade. Segundo, pelos bons públicos que atraiu. Mas ao mesmo tempo, não foi aplicado no Nordeste. O Sport, único clube da região na temporada 2015 na Série A, não teve o privilégio de receber uma partida neste horário. Em 2016, a CBF mudou de opinião e colocou logo na primeira rodada o duelo regional entre Santa Cruz e Vitória às 11:00hs. Algo que não agradou muito o volante Uillian Correia.
“Já joguei nesse horário. Acho uma falta de respeito muito grande. Porque não colocou contra o Flamengo, São Paulo ou Santos? Colocou logo dois times nordestinos. Essa tabela nunca vai favorecer os times nordestinos. Agora não adianta colocar obstáculos. A tabela está pronta. O Vitória tem um time muito bom e qualificado”, reclamou.
Uillian, que jogou a Série A de 2015 pelo Cruzeiro, confirmou que existe uma diferença de tratamento entre as equipes do Nordeste e do resto do país. Contudo, deixou claro que isto não será justificativa para falta de aplicação ou desconcentração da equipe. “A diferença (de tratamento) é muito grande. O Nordeste tem que ser respeitado. Esses clubes quando vem para o Nordeste sabem do calor e da pressão da torcida que sofrem aqui. Mas nós jogadores não podem entrar nesse debate. Temos que entrar com a cabeça tranquila e encarar o campeonato. Nosso pensamento tem que ser jogar futebol. Fora das quatro linhas temos que deixar para os profissionais do clube”, comentou.

Fonte-dp

segunda-feira, 9 de maio de 2016

Astrônomos identificam três planetas ‘potencialmente habitáveis’

      Astrônomos do Observatório Europeu do Sul (ESO, na sigla em inglês) identificaram três planetas potencialmente habitáveis a 40 anos-luz da Terra. Os planetas têm tamanho e temperatura similares aos de Vênus e da Terra e orbitam uma estrela pequena, de brilho muito fraco. Até o momento, os planetas são a melhor aposta na busca por vida fora da Terra. A descoberta foi publicada na revista científica Nature.
A estrela anã foi batizada de Trappist-1. Ela é muito mais gelada e vermelha que o Sol e é um pouco maior do que Júpiter. Ela fica na constelação de Aquário, mas não pode ser vista a olho nu ou com telescópio normal por ser muito pequena.
Dois dos planetas descobertos têm órbitas de 1,5 dia e 2,4 dias, respectivamente. O terceiro tem uma órbita que varia de 4,5 a 7,3 dias. “Com tempos de órbitas tão curtos, eles estão entre 20 e 100 vezes mais perto da estrela do que a Terra do Sol. A estrutura deste sistema planetário está muito mais próxima em escala do sistema das luas de Júpiter do que do Sistema Solar”, disse o líder da pesquisa Michaël Gillon, do Instituto de Astrofísica e Geofísica da Universidade de Liège, na Bélgica.
Segundo Gillon a descoberta vai permitir avançar na busca por vida fora da Terra. “Por que estamos tentando detectar planetas como a Terra ao redor das menores e mais geladas estrelas nas vizinhanças do Sistema Solar? O motivo é simples: sistemas em torno destas pequenas estrela são os únicos locais onde podemos detectar vida em um exoplaneta do tamanho da Terra com a tecnologia disponível atualmente. Se quisermos encontrar vida em outro lugar no Universo, é aí que podemos começar a procurar”.

Presidente interino da Câmara anula sessão do impeachment

O presidente interino da Câmara, o deputado Waldir Maranhão (PP), anulou nesta segunda-feira, 9, a  sessão de votação de impeachment da presidente Dilma Rousseff feita no dia 17 de abril. Maranhão está substituindo Eduardo Cunha (PMDB), que foi afastado do posto pelo Supremo Tribunal Federal (STF).
A medida foi tomada em resposta a um pedido feito pela Advocacia-Geral da União. Maranhão divulgou uma nota à imprensa afirmando que decidiu acatar o pedido porque “ocorreram vícios que tornaram nula de pleno direito a sessão em questão”.
Segundo Maranhão, os partidos não deveriam ter fechado a questão em torno de votar a favor ou contra o impeachment. Ele explicou que quando há fechamento de questão em torno de um assunto, o deputado que não seguir a orientação do partido sofre punições que incluem a expulsão da legenda.
“Não poderiam os partidos políticos terem fechado questão ou firmado orientação para que os parlamentares votassem de um modo ou de outro, uma vez que, no caso, deveriam votar de acordo com as suas convicções pessoais e livremente”, argumentou Maranhão.
O presidente em exercício da Câmara marcou uma nova votação do pedido de impeachment para daqui a cinco sessões, contadas a partir do momento em que o Senado devolver o processo à Câmara.
Na nota, Maranhão afirma ainda que os deputados não poderiam ter anunciado seus votos antes da sessão da Câmara e que a defesa de Dilma deveria ter tido o direito de falar durante a sessão.
“Por essas razões anulei a sessão realizada nos dias 15, 16 e 17 e determinei que uma nova sessão seja realizada para deliberar sobre a matéria no prazo de cinco sessões contados da data em que o processo for devolvido pelo Senado à Câmara dos Deputados […] Para cumprimento da minha decisão, encaminhei ofício ao presidente do Senado, para que os autos do processo de impeachment sejam devolvidos à Câmara dos Deputados”, disse Maranhão.



Santa Cruz é bicampeão Pernambucano


       Um filme que tem se repetido com frequência na atual década. Mais uma vez, o Santa Cruz levantou o troféu de Campeonato Pernambucano. E novamente contra o Sport, em plena Ilha do Retiro. Neste domingo, na 24ª final com um Clássico das Multidões, os tricolores empataram em 0 a 0 e chegaram ao seu 29º título estadual. Agora são doze finais para cada lado, mas nas últimas quatro deu a equipe coral. O time do técnico Milton Mendes havia vencido o primeiro jogo no Arruda e soube administrar bem a vantagem na volta.
Santa Cruz e Sport agora começam a pensar exclusivamente na Série A do Campeonato Brasileiro. O Leão joga contra o Flamengo, no próximo sábado, no Rio de Janeiro e o Tricolor recebe o Vitória, no domingo, no Arruda. No entanto, antes disso, o Tricolor ainda joga contra o Vitória da Conquista, pela Copa do Brasil. A partida acontece nesta quarta-feira e existe a chance de apenas os jogadores reservas serem escalados.
O jogo foi pegado. Assim como na primeira partida, os atletas do Sport não se fizeram de rogados e exageraram nas entradas duras. Os tricolores também contribuíram para a irritação rival, com a catimba natural naqueles que têm o resultado a seu favor. A força colocada na marcação também foi exibida pelos rubro-negros na criação de suas jogadas ofensivas. A equipe ainda tem um grave problema na transição para o ataque. As chances criadas não renderam a nenhuma grande defesa do goleiro Tiago Cardoso, por exemplo.
Pelo outro lado, Danilo Fernandes até chegou a ter de trabalhar mais decisivamente. No começo do primeiro tempo, uma cobrança de falta de Lelê fez o arqueiro leonino ter de ir até o ângulo pegar a bola. Na volta para o segundo tempo, também no início, os tricolores chegaram com Arthur. Mas dessa vez, o camisa 12, usou os olhos para afastar o perigo. A necessidade do gol fez o técnico Oswaldo de Oliveira mandar para campo o atacante Túlio de Melo. Das arquibancadas, o torcedor respondeu de forma positiva. Até que a primeira grande chance do jogo foi criada. Após jogada bem trabalhada, Everton Felipe saiu na cara de Tiago Cardoso e obrigou o goleiro a fazer a primeira boa defesa no jogo.
Com a relógio como adversário, o técnico Oswaldo de Oliveira resolveu ousar na busca pelo gol. O treinador mandou a campo Reinaldo Lenis na vaga do volante Luiz Antônio. O Sport passou a atacar com cinco atletas, e contou apenas com Rithely na proteção da zaga. A maior presença ofensiva ainda foi capaz de fazer Tiago Cardoso operar um de seus milagres, após cabeceio de Henriquez. O placar seguiu inalterado, e o Santa Cruz acabou campeão Pernambucano.

domingo, 8 de maio de 2016

FELIZ DIA DAS MÃES

Mãe. Que na presença constante me ensinou na pureza do seu coração seguir os teus caminhos, dos primeiros passos, das primeiras palavras, do amor sem dimensão, de cada momento, dos atos de cada capítulo de minha vida não ensaiados, mas vividos em cada emoção.
Mãe. Da conversa no quintal, do acalanto do meu sono aquecido de amor, aninhada em seu coração, do abraço, do beijo que levo na lembrança.
Mãe. É você que me inspira a caminhar, a presença de cada passo que o tempo não apaga: por mais longo e escuro que seja o caminho, haverá sempre um horizonte.
Mãe. Mulher a quem devemos a vida, que merece o nosso respeito, nossa gratidão e nosso afeto.
Que Nosso Senhor Jesus Cristo abençoe todas as mães.
FELIZ DIA DAS MÃES!!

quinta-feira, 5 de maio de 2016

É hora de proibir o foie gras em Recife


   A cidade de Recife tem uma oportunidade única para combater a crueldade animal. Circula na Câmara dos Vereadores o Projeto de Lei 159/2015 (PL 159/2015). Se aprovado, esse PL vai proibir a produção e o comércio de uma das iguarias mais cruéis da atualidade: o foie gras, ou patê de fígado gordo. Assine e faça parte desta campanha para que isso aconteça!
A produção do foie gras é tão cruel que já foi proibida em mais de 15 países e em cinco cidades brasileiras. Nela, patos e gansos têm canos enfiados em suas gargantas para receber uma alimentação forçada em quantidades exageradas. Após o fígado expandir até 12 vezes mais do que o tamanho normal e atingir 60% de gordura, os animais, que sofrem bastante durante todo o processo, são mortos.  Assim, seus fígados gordos e doentes são vendidos para os poucos que estão dispostos a pagar muito por essa tremenda crueldade.
Nossa Constituição Federal é clara: práticas que submetem os animais à crueldade devem ser proibidas. Mas como ela é bastante genérica, é totalmente constitucional e aceitável que os municípios criem suas próprias leis, que sejam mais específicas e efetivas no que se refere a assuntos de interesse local.
Juntos podemos mandar esse pedido de solidariedade para os Vereadores e o Prefeito de Recife: que eles ajam com compaixão e ética e aprovem o PL 159/2015! Os animais agradecem, e nosso caminho rumo à uma sociedade mais ética também!

quarta-feira, 4 de maio de 2016

Ratos de laboratório podem distorcer os resultados das pesquisas

     Os ratos têm sido fundamentais como material de pesquisa em laboratórios. Em 1940, Ernst Chain e Howard Florey começaram a trabalhar em um projeto para descobrir substâncias com propriedades antibacterianas. Após infectar oito ratos com uma suspensão letal de bactérias do gênero Streptococcus, eles injetaram penicilina em quatro dessas cobaias. Só esses quatro ratos sobreviveram. “Foi um milagre”, disse Florey. Florey e Chain isolaram, concentraram e purificaram em laboratório essa substância descoberta pelo médico e bacteriologista escocês Alexander Fleming em 1928. E na época da Segunda Guerra Mundial a penicilina foi fabricada em larga escala e salvou milhares de vidas.
Os ratos têm sido uma das bases da pesquisa médica desde o século XVI, porque são baratos para abrigar e alimentar, reproduzem-se com rapidez e são dóceis. Além disso, têm uma grande semelhança genética com os seres humanos; quase todos os genes que codificam as proteínas do corpo humano têm um correspondente nos ratos.
Mas nos últimos 10 anos diversos estudos mostraram que os ratos não reagem do mesmo modo que os seres humanos a doenças como diabetes, acidente vascular cerebral e câncer. A reação deles a queimaduras, lesões e infecções também é bem diferente. E outros fatores estão distorcendo os resultados de alguns estudos de formas imprevisíveis. Um dos casos de pesquisas com ratos relatado por Elizabeth Repasky do Roswell Park Cancer Institute em Buffalo em 2013, mostrou que os tumores cancerígenos aumentavam mais rápido em ratos que viviam em uma temperatura ambiente de 22°C, em vez de ambientes em que se sentiam melhor com a temperatura de 30°C. Outro estudo revelou que quase todos os camundongos e ratos criados em laboratórios eram sedentários e obesos e, em geral, tinham uma reação diferente dos roedores saudáveis diante de mudanças de medicamentos ou alimentares.
Agora, David Masopust da Universidade de Minnesota descreveu outro problema em um artigo publicado na revista Nature: os ratos usados em experiências de laboratório são criados em condições artificiais de limpeza. Masopust não sugere que os pesquisadores deveriam usar ratos criados em ambientes com poucos recursos de higiene em todos os seus estudos, porque seria difícil comparar experimentos de laboratórios diferentes. No entanto, em sua opinião os ratos que vivem em condições mais precárias de limpeza devem ser usados em testes de tratamentos para seres humanos, sobretudo em vacinas e em imunoterapia para o tratamento de câncer, que estimula o sistema imunológico do corpo para combater a doença.

A PAZ que você procura pode estar mais perto do que você imagina

Aquele homem era proprietário de uma rede internacional de hotéis. Vivia cercado de secretárias e telefones.
Era depositário de somas fabulosas em muitos bancos e membro de numerosos grupos econômicos.
Tinha muito dinheiro, mas não tinha paz. Sentia-se exausto, estressado, emaranhado em mil preocupações. Precisava viajar para se distrair.
Entregou os numerosos encargos a um sócio de confiança e saiu pelo mundo à procura da paz.
Empreendeu numerosas viagens pelos cinco continentes, visitou os maiores centros turísticos, mas continuava insatisfeito e frustrado.
Uma noite, ouvindo o badalar dos sinos de uma igreja, resolveu ir para lá, mais movido pela curiosidade do que pela fé. Entrou devagar, como que apalpando o ambiente.
Um silêncio religioso pairava no recinto. A igreja estava repleta de fiéis que pareciam aguardar o início de alguma cerimônia.
Sentiu-se atraído por um grupo de pessoas ajoelhadas diante de um presépio.
Pastores contemplavam o Menino Jesus reclinado na manjedoura. Junto dele, José e Maria em atitude de profunda oração.
Quanta paz se desprendia daquele cenário. Tanta paz, que invadiu o coração do homem.
Foi ali, aos pés de uma humilde e pobre manjedoura, que ele encontrou o que não havia conseguido em sua louca procura no meio das vaidades e distrações mundanas.

Cientistas descobrem misteriosa água-viva


           
           Pesquisadores a bordo do navio Okeanos Explorer, da Administração Oceânica e Atmosférica Nacional (NOAA, na sigla em inglês), tiveram uma grata surpresa logo no início da missão deste ano de exploração da Fossa das Marianas, região mais profunda dos oceanos. Uma misteriosa e brilhante água-viva, até então desconhecida pela ciência, foi descoberta a cerca de 3,7 mil metros de profundidade.
Os cientistas identificaram o animal como uma medusa do gênero Crossota, com dois tipos distintos de tentáculos. Em vídeo, a NOAA apresenta ao mundo a descoberta. A água-viva possui estruturas coloridas na parte principal de seu corpo. Os pesquisadores acreditam que o canais radiais vermelhos fazem  parte do sistema digestivo e os círculos amarelos, gônadas, para a reprodução.
No início do vídeo, a água-viva está com o sino imóvel e os tentáculos esticados, sugerindo que o animal estava aguardando por alguma presa.
A missão atual do Okeanos Explorer começou no último dia 20 e está prevista para terminar no dia 10 de julho. O objetivo principal da expedição é coletar informações de águas profundas para apoiar estudos científicos e projetos de manejo, além de compreender a diversidade e distribuição dos habitats na região.
A Fossa das Marianas está localizada no Oceano Pacífico, ao Sul do Japão, e marca a fronteira entre duas placas tectônicas. A fratura tem cerca de 2,5 mil quilômetros de extensão, apenas 69 quilômetros de largura, mas profundidade de incríveis 10,9 mil metros.




O amor de Deus e Sua vontade devem pautar nossa conduta!

Um verdadeiro cristão, mas, sobretudo um cristão associado à devoção ao Sagrado Coração de Jesus.
Deve ter por princípio e por fundamento de sua conduta e de todas suas ações, o amor de Deus, e por regra a vontade de Deus.
É assim que venceu Jesus Cristo Nosso Senhor, e depois Dele todos os santos e todos os eleitos, e é assim que nos asseguraremos como eles nossa salvação e nossa predestinação.
Cada dia que um cristão passa sobre a terra é um resumo de sua vida.
E é conforme ele tenha empregado bem ou mal as pequenas porções do tempo que Deus lhe dá, que seu julgamento será feliz ou funesto.
E como, na qualidade de filho de Deus e membro de Jesus Cristo, ele deve honrar, glorificar e servir a Deus, ele está obrigado a esforçar-se de fazê-lo de maneira digna de Deus.
 
BLOG DO ANDRÉ CAFÉ
SÓ JESUS SALVA
//