Redes Social



twitterfacebookgoogle pluslinkedinrss feedemailhttps://www.wowapp.com/w/andrecafe/joinhttps://www.instagram.com/andrecafee/

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Penitenciária Professor Barreto Campelo: Tiroteio e fuga em massa


       Um atentado contra a Penitenciária Barreto Campelo, em Itamaracá, na Região Metropolitana do Recife, terminou com a fuga de cerca de 20 detentos, na noite desta quarta-feira. O secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico, esteve na unidade prisional e adiantou que nesta quinta-feira fará uma solicitação de dispensa de licitação para a realização de obras emergenciais na penitenciária. O tiroteio e fuga em massa aconteceram por volta das 21:00hs. Até as 23h45, quatro detentos já tinham sido recapturados.
De acordo com a polícia, suspeitos ainda não identificados atiraram contra a guarita seis da unidade enquanto outros comparsas faziam um buraco com marretas no muro da guarita cinco,que de acordo os Agentes Penitenciários, está desativada.
"Nós sabemos que o presídio é antigo e desestruturado. Tentei fazer uma licitação para obras e não consegui. Nesta quinta, vou ao Ministério Público pedir a dispensa da licitação para que sejam feitas obras de imediato na Barreto Campelo", adiantou o secretário Pedro Eurico.
A Polícia Militar fechou o acesso à ilha e está revistando todos os veículos, incluindo ônibus. Em uma dessas blitz, foram encontrados quatro suspeitos com munições calibre 44, toucas ninjas e uma granada. Todos foram detidos, mas ainda não se sabe se eles eram detentos em fuga ou se faziam parte do grupo que atirou contra a unidade. O 17º Batalhão da Polícia Militar e a Companhia Independente de Operações Especiais foram acionados para o apoio na área externa da Barreto Campelo.
 Secretaria de Ressocialização de Pernambuco adiantou que a direção está na unidade prisional, mas não confirmou tiroteio ou fuga. A contagem oficial dos presos só será feita nesta quinta-feira. Somente depois do procedimento, o órgão vai se pronunciar a respeito das fugas.

MÉDICO

Na manhã desta quarta-feira, uma perseguição policial entre as cidades de Paulista e Abreu e Lima terminou na prisão de um médico que trabalha na Penitenciária Barreto Campelo. No veículo de Carlos José Vasconcelos Vitoriano de Mendonça, um Santa Fé, a polícia encontrou um facão, uma faca de caça, um canivete, duas toucas ninjas, um revólver, três munições (sendo uma deflagrada) e dois bonés de uma segurança patrimonial, além de uma quantidade de dinheiro ainda não contabilizada. Ainda não se sabe se o médico estaria envolvido na fuga em massa desta noite.

Fonte-dp

Nenhum comentário:

 
BLOG DO ANDRÉ CAFÉ
SÓ JESUS SALVA
//