Redes Social



twitterfacebookgoogle pluslinkedinrss feedemailhttps://www.wowapp.com/w/andrecafe/joinhttps://www.instagram.com/andrecafee/

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Samarco admite que mais duas barragens podem romper

       Representantes da mineradora Samarco admitiram na última terça-feira, 17, que as barragens de Santarém e Germano correm risco de rompimento, já que ambas operam com um fator de segurança menor do que 1,5 (em uma margem de zero a 2), que é o índice recomendado.
De acordo com a própria Samarco, a barragem de Santarém opera com fator de segurança de 1,37 e a barragem de Germano de 1,22. O índice mede a capacidade de uma barragem resistir à força aplicada pelos rejeitos armazenados. O valor mínimo recomendado de 1,5 indica que uma barragem tem força de resistência 50% maior que a força de ruptura.
Além dos índices abaixo do recomendado, o Corpo de Bombeiros identificou duas irregularidades nas barragens. Uma das paredes de contenção na barragem de Germano apresentou desnível de três metros de comprimento e há uma área no lado direito em Santarém afetada por erosão. “Tem o risco. Estamos fazendo as ações de emergência necessárias”, disse o gerente-geral de projetos estruturantes da Samarco, Germano Lopes.
No entanto, para o engenheiro Hernani Lima, professor da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) e especialista em geotecnia aplicada à mineração, outro rompimento de barragem é improvável, mesmo com o fator de segurança baixo. “Um índice de 1,22 significa que a força de resistência é 22% maior que a força de ruptura. É uma margem de segurança pequena, o ideal seria pelo menos 50%. No entanto, isso não significa que a barragem vai romper, mas que é preciso fazer uma intervenção”, explicou o engenheiro.
Fonte-opiniao


Nenhum comentário:

 
BLOG DO ANDRÉ CAFÉ
SÓ JESUS SALVA
//