Redes Social



twitterfacebookgoogle pluslinkedinrss feedemailhttps://www.wowapp.com/w/andrecafe/joinhttps://www.instagram.com/andrecafee/

sexta-feira, 22 de maio de 2015

Câmera do seu celular poderá se “entender” com a tela do seu computador

Brevemente a câmera do seu celular poderá se entender com a tela do seu computador, e trocar informações com ela, sem você precisar se preocupar com isso.
Na verdade, qualquer câmera poderá se entender com qualquer tela ou monitor, independentemente do equipamento ao qual estejam associados, desde que ambas estejam rodando o software adequado.
Uma equipe da Universidade Darmouth, nos Estados Unidos, criou um protocolo de reconhecimento e comunicação que permite que telas e câmeras conversem umas com as outras diretamente por luz visível.
O sistema, batizado de HiLight, foi projetado pensando em óculos e outros dispositivos de realidade aumentada, ou para capturar informações personalizadas sem afetar o conteúdo que o usuário está vendo.
"Nosso trabalho oferece mais uma forma para os aparelhos se comunicarem uns com os outros sem sacrificar sua funcionalidade original," descreveu a professora Xia Zhou, coordenadora do projeto.
A pesquisadora destaca que toda a tecnologia foi desenvolvida usando equipamentos disponíveis comercialmente.
A equipe queria desenvolver uma técnica que permitisse que monitores e câmeras se comunicassem sem a necessidade de mostrar imagens codificadas - como os códigos QR, ou códigos de barras bidimensionais.
No sistema HiLight, a tela apresenta seu conteúdo normalmente, permitindo que a informação compartilhada mude conforme o usuário interage com seu sistema.
A vantagem é que uma tela pode transmitir dados dinâmicos instantaneamente para todos os dispositivos equipados com câmeras que estiverem no seu campo visual, de forma discreta e em tempo real. E o uso do espectro visível evita interferências eletromagnéticas.
As informações - a equipe avaliou a transferência de imagens, filmes e até jogos - são codificadas no canal alfa, uma ferramenta bem conhecida em computação gráfica e que define o nível de transparência de uma imagem. Assim, o dado a ser compartilhado pode ser mostrado sem alterar as imagens originais.
Mas todas essas possibilidades dependerão de aplicativos que possam explorá-las, o que, de certa forma, funciona como uma camada de segurança contra olhares bisbilhoteiros.
Por exemplo, não será possível que uma aplicação qualquer comece a ler sua tela sem que você esteja rodando um aplicativo capaz de efetuar as codificações necessárias.
Fonte-it


Nenhum comentário:

 
BLOG DO ANDRÉ CAFÉ
SÓ JESUS SALVA
//