Redes Social



twitterfacebookgoogle pluslinkedinrss feedemailhttps://www.wowapp.com/w/andrecafe/joinhttps://www.instagram.com/andrecafee/

quarta-feira, 15 de abril de 2015

II Semana Nacional do Júri

Para a mobilização, a unidade judiciária que mais agendou júris foi a 2ª Vara do Tribunal do Júri de Jaboatão dos Guararapes, com dez sessões marcadas. Os primeiros réus que serão julgados na Vara são Rubens Veríssimo da Silva e Liney Marilyn Lopes Ribeiro Horts pelo homicídio duplamente qualificado (por motivo fútil e à traição, emboscada ou outro recurso que dificulte ou torne impossível a defesa da vítima) de Alzenir da Silva Aureliano. O júri acontece a partir das 9h. O evento termina na próxima sexta-feira.
Segundo a denúncia do Ministério Público de Pernambuco, no dia 14 de novembro de 2004, por volta das 21h, na localidade denominada Estrada das Marinas, próximo a Marina Pôr do Sol, no bairro de Barra de Jangada, Rubens Veríssimo da Silva a mando de Liney Marilyn Lopes Ribeiro Horts, efetuou disparos de arma de fogo contra Alzenir da Silva Aureliano, causando a sua morte. Ainda de acordo com os autos, o delito teria ocorrido após uma discussão entre a vítima e Liney Lopes, em decorrência de ciúmes, havendo notícia da existência de um turbulento relacionamento amoroso entre as duas.
Mobilização – O Judiciário pernambucano foi o que mais agendou júris no país para a iniciativa. No total, estão programados 481 julgamentos no Estado. Instituída pelo CNJ e pela Estratégia Nacional de Justiça e Segurança Pública (Enasp), a Semana tem como proposta reforçar o combate ao crime em todo o país, julgando o maior número possível de homicídios dolosos. O objetivo é realizar ao menos uma sessão de Júri em cada dia da semana, levando em conta o acervo de cada unidade judiciária.
Para a realização da iniciativa, o TJPE firmou parcerias com o Ministério Público de Pernambuco e a Defensoria Pública do Estado. Atuarão no evento juízes de 1ª, 2ª e 3ª entrâncias, independente da área de atuação.
A expectativa do TJPE é repetir o sucesso alcançado pelo evento no ano passado. Em 2014, o Tribunal se destacou como a Corte que mais realizou julgamentos em todo o país ao promover 352 sessões de júri. Foram premiadas com o Selo Bronze pelo CNJ 50 varas, que realizaram juntas 237 sessões do Tribunal do Júri.
Fonte-dp

Nenhum comentário:

 
BLOG DO ANDRÉ CAFÉ
SÓ JESUS SALVA
//