Redes Social



twitterfacebookgoogle pluslinkedinrss feedemailhttps://www.wowapp.com/w/andrecafe/joinhttps://www.instagram.com/andrecafee/

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Concurso Público para provimento de Cargos de Juiz Federal


O Tribunal Regional Federal da 5ª Região, que abrange os estados do Alagoas, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Sergipe, abriu concurso para 85 vagas de juiz federal substituto. O salário é de R$ 23.997,18.
No site do Cespe, é possível ver o edital (acesse o edital).
Os candidatos devem ter nível superior em direito no mínimo há 3 anos e pelo menos 3 anos de atividade jurídica.
A inscrição preliminar deve ser feita pelo site: http://www.cespe.unb.br/concursos/trf5_14_juiz, de 19 de novembro a 18 de dezembro. A taxa é de R$ 239,00.
A seleção terá prova objetiva seletiva, duas provas escritas, sindicância de vida pregressa e investigação social, exame de sanidade física e mental, exame psicotécnico prova oral e avaliação de títulos.

Na beira da praia, tubarões devoram anchovas



Há pouco mais de duas semanas, membros de uma igreja no estado da Carolina do Norte, nos Estados Unidos, presenciaram uma cena surreal. Em uma praia do estado, que fica na costa leste do país, mais de 100 tubarões apareceram na beira da água para se alimentar de um cardume de anchovas que nadava por ali.
De carona com os predadores, vários pássaros apareceram para surrupiar alguns peixes e até pescadores aproveitaram para pegar o jantar sem mesmo usar iscas.
O vídeo foi capturado por Donnie Griggs, um cinegrafista que pratica esportes aquáticos e pesca no mesmo local do banquete dos tubarões.
Vejam o vídeo:

OAB já reprovou 82% dos candidatos em quatro anos



Em quatro anos, OAB já reprovou 82% dos candidatos De acordo com informações divulgadas nesta sexta-feira, cerca de 82,5% das pessoas que fizeram o Exame de Ordem da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) foram reprovadas nos últimos quatro anos.
Feito pela FGV Projetos, que organiza a prova, o estudo faz uma análise do II ao XIII exames, de 2010 a 2014. Neste período, entre 1,3 milhão de inscritos, apenas 234 mil (17,5%) conseguiram a aprovação e receberam a carteira de advogado, que permite ao bacharel em Direito exercer a profissão.
 Desde 2010, a OAB federal organiza provas unificadas, que antes ficavam a cargo de cada seccional da organização. O relatório também ressalta o aumento de cursos de graduação em Direito.
Dados do Censo de Educação Superior mostram que o número de faculdades avançou de 235 para 1.158 entre 1995 e 2012, o equivalente a uma média de 54 novos cursos a cada ano. No entanto, pela primeira vez em mais de uma década, caiu em 3% à quantidade de formandos entre 2012 e o ano passado, de 97,9 mil para 95 mil.
Segundo a pesquisa, o sucesso no exame aumenta conforme se eleva a riqueza familiar do estudante. Ou seja, se aqueles que informaram ter renda familiar média de 30 salários mínimos (R$ 21.720) tiveram taxa de aprovação 24%, para o grupo com renda de até 1,5 salário mínimo (R$ 1.086), apenas 11,3% eram aprovados.
Embora as mulheres sejam a maioria entre os inscritos (53,8%), elas apresentaram um desempenho ligeiramente inferior ao observado entre os candidatos do sexo masculino na taxa de aprovação média (15,9%, contra 16,7%).

As cinco cidades mais ecológicas do mundo



1 – Reykjavik, Islândia

A capital da Islândia é considerada a cidade mais sustentável do mundo. Sua energia é produzida através de hidrelétricas e de usinas geotermais. O sistema de transporte coletivo trabalha com hidrogênio como combustível. O ar de lá é tão puro que alguns turistas visitam a cidade para conhecer apenas o seu sistema de sustentabilidade.


2 – Portland, Estados Unidos

Mesmo com muitas grandes cidades dos Estados Unidos usarem grandes avenidas, carros e táxis, Portland investe em alternativas mais ecológicas, como ciclovias e ferrovias. Ela também se comprometeu a reduzir a emissão de gases nocivos na atmosfera e passou a construir seus edifícios apenas com materiais sustentáveis.


3 -  – Curitiba, Brasil

E eis a nossa representante nacional. Curitiba é a capital do estado do Paraná desde 1854 e foi fundada em 1654, como um campo de mineração. A lenda é que um cacique indígena indicou o lugar para os tropeiros, exploradores da região, dizendo “Curi-Etuba” que, em tupi, significa “muito pinhão” ou “muitos pinheiros”. Atualmente a cidade tem 1,8 milhão de habitantes e possui vários espaços verdes (bosques e parques). É considerada a capital ecológica do Brasil e, por ter um transporte coletivo que também é considerado eficiente, os curitibanos são aconselhados a deixar os carros (e o monóxido de carbono) em casa.


4 – Malmo, na Suécia

Ela tem muito espaço verde, mas não é famosa apenas por seus jardins e parques, mas também pelo desenvolvimento urbano sustentável. É uma das maiores cidades do país e, mesmo assim, não há congestionamentos, já que várias ciclovias cortam todo o território. Além disso, 20% dos habitantes de Malmo são estrangeiros, o que contribuiu para um ambiente muito rico culturalmente.


5 – Vancouver, no Canadá  


A cidade que recentemente foi sede das Olimpíadas de Inverno tem como lema a sustentabilidade – e levou isso a sério até mesmo nos jogos olímpicos. As medalhas que eram entregues aos atletas eram feitas de restos de metal, jogados fora (lixo eletrônico). Mas o conceito de sustentabilidade está presente em Vancouver há muito tempo – 90% de sua energia é produzida através de ondas, vento, painéis solares e hidrelétricas.
 
 
 
 



 
BLOG DO ANDRÉ CAFÉ
SÓ JESUS SALVA
//