Redes Social



twitterfacebookgoogle pluslinkedinrss feedemailhttps://www.wowapp.com/w/andrecafe/joinhttps://www.instagram.com/andrecafee/

quinta-feira, 19 de junho de 2014

O SANTÍSSIMO SACRAMENTO DA EUCARISTIA E A SOLENIDADE DE CORPUS CHRISTI

• A instituição da Eucaristia na Santa Ceia: o sacramento por excelência, o maior milagre de Jesus Cristo, o maior tesouro que Ele nos deixou, que é sua presença contínua nesta Terra.

• Corpus Christi, a festa para honrar e adorar o Santíssimo Corpo e Sangue de Jesus Cristo na Eucaristia.

Em seu glorioso Pontificado, o Papa São Pio X (1903 a 1914) impulsionou extraordinariamente a piedade eucarística. Ele recomendou a comunhão frequente quando declarou que:
“todos os fieis têm liberdade de receber a sagrada comunhão com frequência e até diariamente, como é desejo de Jesus Cristo e de Sua Igreja; e que, portanto, não se deve negá-la a ninguém, que se aproxime da Sagrada Mesa em estado de graça e com reta e devota intenção”.
O Sumo Pontífice também incentivou a primeira comunhão concedida às crianças, para isso bastando que elas “soubessem distinguir entre o ‘Pão Eucarístico’ e o ‘pão material ordinário’”.
E que, quanto à doutrina, exigir-se-ia apenas que elas tivessem “certo conhecimento dos rudimentos da fé”. Incentivando a comunhão frequente e a aproximação das crianças à mesa da comunhão, São Pio X concorreu eficazmente para que as ideias modernistas e jansenistas não se expandissem nos ambientes católicos de então.
Com efeito, a heresia jansenista — alegando um falso respeito e negando a misericórdia infinita de Deus — enfraquecia a devoção ao Santíssimo Sacramento.
Esse Santo Papa, que passou para a História como o “Pontífice da Eucaristia”, sintetiza o mais excelso de todos os sacramentos — que, como sabemos, são sete:.
1) Batismo – 2) Confirmação – 3) Eucaristia – 4) Penitência – 5) Extrema-Unção – 6) Ordem 7) Matrimônio. 
Com essas eloquentes palavras: “A devoção à Eucaristia é a mais nobre de todas as devoções, porque tem o próprio Deus por objeto; é a mais salutar porque nos dá o próprio autor da graça; é a mais suave, pois suave é o Senhor. Se os anjos pudessem sentir inveja, nos invejariam porque podemos comungar”.

EUCARISTIA: A MAIOR MANIFESTAÇÃO DO AMOR DIVINO
.
Conforme Santo Tomás de Aquino, “todos os sacramentos estão ordenados para a Eucaristia como para o seu fim”.
O Doutor Angélico ainda afirmou que a dádiva do Divino Sacramento é “uma graça de heroísmo na luta, e que seu efeito próprio é não só o de amortecer em nós o fogo das paixões, como o de tornar-nos invencíveis contra todas as potências infernais”.
Ele defendeu a tese de ser o Santíssimo Sacramento o maior dos milagres operados por Nosso Senhor Jesus Cristo, o sacramento por excelência, a maravilha das maravilhas, o “Maximum miraculum Christi”.
Nesse mesmo sentido, Santo Agostinho, de modo muito inspirado, assim se manifestou sobre esse milagre divino: “Que Deus, como ser infinitamente sábio e infinitamente poderoso, não poderia e nem saberia dar-nos mais precioso mimo do que o da Eucaristia; visto que, neste dom, se nos dava a Si mesmo”.
Impossível maior manifestação de amor de Deus pelos homens, segundo o Apóstolo São João. “Tendo Jesus amado aos seus, que estavam no mundo, amou-os até ao extremo” (Jo 13,1).

Nenhum comentário:

 
BLOG DO ANDRÉ CAFÉ
SÓ JESUS SALVA
//