Redes Social



twitterfacebookgoogle pluslinkedinrss feedemailhttps://www.wowapp.com/w/andrecafe/joinhttps://www.instagram.com/andrecafee/

terça-feira, 6 de maio de 2014

Pesca Maravilhosa

E aconteceu que, apertando-o a multidão, para ouvir a palavra de Deus, estava ele junto ao lago de Genesaré;
E viu estarem dois barcos junto à praia do lago; e os pescadores, havendo descido deles, estavam lavando as redes.
E, entrando num dos barcos, que era o de Simão, pediu-lhe que o afastasse um pouco da terra; e, assentando-se, ensinava do barco a multidão.
E, quando acabou de falar, disse a Simão: Faze-te ao mar alto, e lançai as vossas redes para pescar.
E, respondendo Simão, disse-lhe: Mestre, havendo trabalhado toda a noite, nada apanhamos; mas, sobre a tua palavra, lançarei a rede.
E, fazendo assim, colheram uma grande quantidade de peixes, e rompia-se-lhes a rede.
E fizeram sinal aos companheiros que estavam no outro barco, para que os fossem ajudar. E foram, e encheram ambos os barcos, de maneira tal que quase iam a pique.
E vendo isto Simão Pedro, prostrou-se aos pés de Jesus, dizendo: Senhor ausenta-te de mim, que sou um homem pecador.
Pois que o espanto se apoderara dele, e de todos os que com ele estavam por causa da pesca de peixe que haviam feito.

Tópicos:
1) Locais e elementos que compõe o cenário: margem do lago Genesaré, mar alto, dois barcos(vazios), grande multidão
2) Frustração pelas tentativas de um profissional (líder dos pescadores)
3) Esperança ao ouvir as palavras do Mestre
4) Surpresa divina (pesca maravilhosa)
5) Jesus o vocaciona para uma posição superior

1) Locais e elementos que compõe o cenário: margem do lago Genesaré, mar alto, dois barcos(vazios), grande multidão, observamos no contexto momentos importantes como dois barcos vazios, grande multidão para os observarem. Não é diferente muitas vezes em nossas vidas quando somos rodeados por uma tão grande multidão que nos observam, perguntam, e ai não conseguisse nada?! Quantas vezes somos as vítimas da vez, por retornarmos a determinados espaços e não termos logrado êxito em alguma decisão que tomamos na vida e o cenário se repercutem mais ainda quando neste momento aparecem palavras de todos os lados foi culpa disso ou daquilo, que não conseguiu o que almejava. Não se preocupe continue lendo porquanto a história terá desfecho feliz.

2) Frustração pelas tentativas de um profissional (líder dos pescadores), a quem muito é dado muito é cobrado, não seria diferente com o líder dos pescadores Pedro, a quem pesava tamanha responsabilidade, por ser o cabeça, imagine o que é passar uma noite tentando e nada de peixe, nada de resultado. Muitas vezes é assim na nossa vida seja profissional, espiritual, seja pessoal, entre outros.  Quando às vezes tentamos de várias formas, seja na ala do conhecimento técnico, pela força física, idealizamos várias coisas, por sermos o então profissional, ou o responsável, ou aquele que tem de tomar decisões na vida. E quando nos desdobramos e não vemos nada, e como das outras vezes, mas nós fizemos assim e deu certo e agora não está dando. Então, surge o porquê?  E as interrogações não param de surgir.
Mas, ainda que você se ache que não é capaz ou até mesmo se acha um zero a esquerda em determinadas situações em que sua vida é conduzida, tenha certeza que nestas horas que precisamos de uma ajuda divina em que não é resultado de meros caprichos humanos que irá dar jeito a situação. Tem momentos que não conseguimos e as vezes recebemos ajuda de outros colegas. Mas a situação está formada para que você conheça a graça de Deus que opera em nós tanto o seu querer como efetuar, não tem outro que possa dar a sabedoria e inteligência e que possa em nossas fraquezas renovar a nossa vida e trazer novas esperanças, novas expectativas, entre outros, saiba que você foi formado com malas de propósitos, a qual Pedro havia recebido a de ser pescador. Não é o fato de você ter fracassado em algum ponto que acabou tudo. Você é importante, a tua história tem continuidade.

3) Esperança ao ouvir as palavras do Mestre, em meio as frustrações da vida, Pedro escuta o ensinamento do mestre, que depois de ter usado seu barco dirige as seguintes palavras: Faze-te ao mar alto, e lançai as vossas redes para pescar. Pedro o responde Mestre, havendo trabalhado toda a noite, nada apanhamos; mas, sobre a tua palavra, lançarei a rede. Ora quantos de nós em momentos de crise estamos querendo abandonar o barco e lavar as redes (sinal que acabou a pescaria) e as vezes o que está do nosso lado diz é assim mesmo se conforme com isso, a vida cheia de altos e baixos. Mas as palavras de Jesus produzem vida e esperança, e quando o ouvimos vivemos sobre nova dimensão, enfoque, novas fontes de onde podemos extrair resultados positivos, que pode agregar vasto campo de atuação e medidas que poderão mostrar novos horizontes.

4) Surpresa divina (pesca maravilhosa), e quando damos créditos as palavras do Mestre, vejamos o que acontece lá vai o Pedro, com seus colegas no mesmo barco, em direção ao mar alto sabendo que viera de lá, mas ao ouvir as palavras produziu fé e então atrelada a atitude, possa ser que no caminho alguns disseram assim mas agente já tentou dessa forma e não deu certo, mas quando Ele fala se responsabiliza. Posso imaginar o cenário, quando Jesus diz aquelas palavras, o cardume já estava o esperando e na respectiva rede que outrora voltara apenas com algas marinhas, e quando lançam a rede surge então a pesca maravilhosa que as redes se rompiam e tiveram que chamar outros colegas para os ajudarem pois iam a pique. Não será diferente na sua vida se assim você crer, em meio a crise seja ela qual for, Ele tem reservado para você dentro deste mar da vida uma surpresa, em meio ao mar que as redes só pegam algas você poderá ter grandes peixes, que em sinal de providência poderá agregar muito mais do que as pessoas esperavam, a tal ponto de se surpreenderem ao seu respeito. Porquanto Jesus quando entra em nosso barco, o lugar que pisamos é abençoado, por onde passamos é abençoado também, e onde quer que chegamos temos um sinal de Deus e da sua providência sobre tudo que temos e que somos.

5) Jesus o vocaciona para uma posição superior, é bom ressaltar que antes deste ponto, Pedro pede ao mestre que se afaste dele por ser um homem pecador, e ai uma observação, quando nós reconhecemos a nossa natureza falha pecadora, Jesus perdoa-nos proporcionando uma nova chance, e com este reconhecimento abandonamos a prática e buscamos reconciliarmos com Ele, desfrutamos da sua graça salvadora. Depois de todo o cenário, ainda é pouco aos olhos do Mestre, e então Pedro é vocacionado por Deus para ser Apóstolo, a quem delegaria tamanha responsabilidade para ser um referencial a ser seguido pelos demais seguidores. Não pense que é o fim de tudo e que você não tem mais jeito, quando as coisas não estiverem se convergindo como você esperava, não confie nas suas meras forças, mas acredite em quem pode resolver, agir por você, levantar você, e o conduzir a patamares maiores e esta pessoa é JESUS.        
N'Ele você pode confiar, porquanto é nos momentos mais difíceis da vida que Ele quer revelar a você o seu poder sobre a natureza, sobre as pessoas, sobre tudo e todos, não somos máquinas, mas sim pessoas dotadas de livre arbítrio, porquanto você escolhe, faça a escolha certa para sua vida. Pedro deixou tudo e seguiu sua nova vocação.
Você pode ir mais além, do que as circunstâncias o dizem ao seu respeito.

Nenhum comentário:

 
BLOG DO ANDRÉ CAFÉ
SÓ JESUS SALVA
//