Redes Social



twitterfacebookgoogle pluslinkedinrss feedemailhttps://www.wowapp.com/w/andrecafe/joinhttps://www.instagram.com/andrecafee/

terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Ilhas Socotra: não parecem fazer parte da Terra

Localizada no oceano Índico a 250 km da Somália e 340 km do Iêmen, Socotra é um arquipélago formado por quatro pequenas ilhas que foram separadas da África há cerca de 7 milhões de anos.
Assim como Galápagos, as ilhas Socotra contêm 700 espécies extremamente raras na fauna e na flora, muitas das quais não são encontradas em nenhuma outra parte da Terra. O nome Socotra é derivado de um nome sânscrito que significa “Ilha da Felicidade”.
Andar por Socotra é como estar em outro planeta. As ilhas simplesmente varrem qualquer conceito de paisagem normal. Algumas espécies de plantas datam de 20 milhões de anos atrás.
Fonte de resina e pigmentos, a dracena cinnibaris era usada por alquimistas e em rituais de magia da era medieval, pois se acreditava que a árvore era “a fonte para a cura de tudo”. Seu formato lembra um cogumelo gigante




Nas ilhas também é possível encontrar a Desert Rose, cuja forma é similar a um elefante cheio de flores. A espécie Cucumber Tree, parente distante do pepineiro, também é encontrada no arquipélago.

Socotra tem cerca de 40 mil habitantes, mas somente há dois anos o governo do Iêmen começou a construir as primeiras estradas nas ilhas. Isso após intensas negociações entre o governo iemenita e a Unesco, que concordou em declarar as ilhas como Patrimônio Natural da Humanidade.

 É possível perceber a influência da arquitetura iemenita nas construções locais.




Nenhum comentário:

 
BLOG DO ANDRÉ CAFÉ
SÓ JESUS SALVA
//