Redes Social



twitterfacebookgoogle pluslinkedinrss feedemailhttps://www.wowapp.com/w/andrecafe/joinhttps://www.instagram.com/andrecafee/

domingo, 11 de agosto de 2013

Aviões-robô: o ‘entregador’ do futuro

O uso dos aviões-robô para fins não militares está mais próximo do que se imagina. Pequenas versões desses aviões controlados à distância podem revolucionar a forma como pedimos uma pizza, um remédio na farmácia ou enviamos uma correspondência.
No ano passado, uma startup chamada Tacocopter ficou famosa ao propor o uso de aviões-robô para entregar tacos através da coordenada do GPS do cliente. A princípio, a ideia foi alvo de piada pelos especialistas em tecnologia, mas logo começou a despertar o interesse de diversas empresas. A rede de pizzarias Domino’s, por exemplo, já adquiriu parte das ações. A empresa planeja criar o “Domicóptero”, um pequeno avião-robô capaz de entregar pizzas.
Na Grã-Bretanha, a rede de restaurantes Yo Sushi  usa uma “garçonete-robô”, chamada iTray, para servir seus clientes. No OppiKoppi Music Festival, que acontece nos dias oito e dez de agosto deste ano, na África do Sul, aviões-robô lançarão latas de cerveja de paraquedas para o público.
Apesar disso, as chances do uso de aviões-robô para tarefas triviais, como entregar pizza, são remotas devido ao alto custo. De acordo com uma análise da revista Economist, o custo para criar uma rede de entrega, com 150 aviões-robô seria de US$ 900 mil, comparado a US$ 1 milhão para fazer 2 km de rodovia.


Nenhum comentário:

 
BLOG DO ANDRÉ CAFÉ
SÓ JESUS SALVA
//