Redes Social



twitterfacebookgoogle pluslinkedinrss feedemailhttps://www.wowapp.com/w/andrecafe/joinhttps://www.instagram.com/andrecafee/

quinta-feira, 20 de junho de 2013

À Luta, Recife

Uma multidão de insatisfeitos promete tomar as ruas do Recife nesta quinta-feira. Homens e mulheres que lutam para serem a voz de uma mudança que, segundo eles, de forma patriota, o Brasil precisa. Mais de 100 mil pessoas confirmaram presença no ato através da página de evento “À Luta, Recife”, do Facebook. O manifesto é o assunto do momento, e como não podia ser diferente, gera ansiedade da sociedade e entre as milhares de pessoas que prometem acompanhar o ato. Mas a expectativa também é compartilhada por quem trabalha no Centro do Recife. Nesta quarta-feira, fachadas de alguns estabelecimentos já estavam com tapumes. E alguns jovens andavam com máscaras comumente usadas em manifestos. E a volta para casa deve ficar complicada e muitas empresas poderão fechar as portas, liberando os funcionários um pouco mais cedo.
E apesar da euforia de alguns, outras pessoas ainda estão cautelosas sobre o que pode acontecer. “Primeiro, vou ficar de olho, e vai depender o alvoroço. Se for para ter violência vou embora na hora”, falou, ontem, a tapioqueira Cristiane Patriota, 38 anos, sobre a sua presença na manifestação. Assim como Cristiane, as pessoas que não pretendem levantar a bandeira de luta se mostramapreensivas, à procura de uma rota de fuga para conseguir se locomover ou simplesmente voltar para casa.
A Companhia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU) orienta a população que evite a circulação nas seguintes vias: avenidas Agamenon Magalhães e Conde da Boa Vista, ruas do Hospício, Sete de Setembro, da União e outras daquela área do Centro do Recife. Outro local alertado pelo órgão é a praça do Derby, onde haverá a concentração dos manifestantes a partir das 16h.
A CTTU preparou um esquema especial de monitoramento do trânsito, no entanto, não o divulgou por medida de segurança. Os agentes de trânsito estarão espalhados nos pontos onde devem ocorrer as manifestações e, à medida em que o ato estiver ocorrendo, poderá haver deslocamento do efetivo para os pontos mais críticos. O objetivo é monitorar o tráfego e garantir as condições mínimas de mobilidade.
Grupo preparou faixas e cartazes para manifestação
Um grupo de amigos de Olinda não tem receio de enfrentar possíveis problemas nas ruas e vão aderir ao protesto. Eles já prepararam faixas e cartazes para a manifestação. “Queremos mostrar que também estamos insatisfeitos. Queremos mudar alguma coisa”, disse a estudante Renata Alves, 27, uma das integrantes.
Fonte-folha


Nenhum comentário:

 
BLOG DO ANDRÉ CAFÉ
SÓ JESUS SALVA
//