Redes Social



twitterfacebookgoogle pluslinkedinrss feedemailhttps://www.wowapp.com/w/andrecafe/joinhttps://www.instagram.com/andrecafee/

domingo, 27 de janeiro de 2013

Nanotecnologia: fim das superbactérias


De acordo com o site VentureBeat, a IBM anunciou o desenvolvimento de um novo nanomedicamento sintético para destruir microrganismos que se tornaram resistentes aos antibióticos e que podem causar infecções graves. Trata-se de um hidrogel antimicrobiano atóxico, biodegradável e biocompatível capaz de matar as superbactérias quase instantaneamente.
Segundo a publicação, os produtos desinfetantes utilizados atualmente — tanto em residências como em hospitais — estão se tornando cada vez menos efetivos, pois os organismos estão ficando cada vez mais resistentes aos ingredientes ativos. O hidrogel desenvolvido pela IBM pode ser aplicado tanto em superfícies contaminadas como em ferimentos, podendo inclusive ser injetado para tratar os mais diversos tipos de infecções.
O hidrogel possui carga positiva e, quando é aplicado sobre superfícies contaminadas ou injetado no organismo, atrai instantaneamente os micróbios e bactérias devido à carga negativa de suas membranas. Depois de atrair os microrganismos, o hidrogel rompe as membranas que os envolvem, aniquilando os agentes patogênicos de forma instantânea e eficiente.
Conforme explicaram os desenvolvedores, o nanomedicamento é capaz de matar 100% das superbactérias, além de reduzir a probabilidade de que elas reapareçam. Além disso, graças à sua composição de mais de 90% de água, o hidrogel pode ser facilmente aplicado sobre equipamentos médicos ou incorporado a cremes e gelatinas injetáveis.



Nenhum comentário:

 
BLOG DO ANDRÉ CAFÉ
SÓ JESUS SALVA
//