Redes Social



twitterfacebookgoogle pluslinkedinrss feedemailhttps://www.wowapp.com/w/andrecafe/joinhttps://www.instagram.com/andrecafee/

domingo, 30 de dezembro de 2012

O que é Lúpus?



Lúpus é uma doença autoimune rara, mais frequente nas mulheres do que nos homens, provocada por um desequilíbrio do sistema imunológico, exatamente aquele que deveria defender o organismo das agressões externas causadas por vírus, bactérias ou outros agentes patológicos.
O fato é que, no lúpus, a defesa imunológica se vira contra os tecidos do próprio organismo como pele, articulações, fígado, coração, pulmão, rins e cérebro. Essas múltiplas formas de manifestação clínica, às vezes, podem confundir e retardar o diagnóstico.

Lúpus exige tratamento cuidadoso por médicos especialistas. Pessoas tratadas adequadamente têm condições de levar vida normal. As que não se tratam, acabam tendo complicações sérias, às vezes, incompatíveis com a vida.

FELIZ ANO NOVO



Um antigo místico dizia que, ao iniciar novo ano, devemos iniciar também nova vida, do contrário permanecemos no ano velho. Maria meditava os acontecimentos em seu coração. A exemplo dela devemos meditar sobre o uso que fazemos do tempo, que passa veloz, e sobre como o aproveitamos. Quem não o utiliza bem acaba perdendo parte da própria vida. Se queremos passar nosso tempo felizes, devemos concentrar-nos naquilo que realmente vale. Sempre podemos recomeçar − ano-novo é propício para isso.
Ao iniciar mais um ano civil, é de praxe desejar-nos "feliz ano-novo", augúrio que demonstra a alegria transbordando do nosso íntimo diante da novidade que nos aguarda. Todo início de ano temos a tendência de, a exemplo dos pastores, nos projetarmos para o novo que se anuncia ("todos se admiravam com aquilo que os pastores contavam"). Nem sempre, porém, conseguimos contar muitas maravilhas a respeito de nós mesmos, de nossa comunidade e de nosso país.
Quando damos feliz ano-novo:
−queremos um país que não elimine as crianças e não discrimine nem maltrate negros, índios, pobres e mulheres, superando todo tipo de violência e preconceito;
−desejamos um país que valorize a família e no qual as famílias se pautem pelo amor, diálogo e respeito;
−almejamos um país que cure as feridas dos doentes e não os deixe à margem, morrendo à míngua; com profissionais da saúde que exerçam o sacerdócio da cura e não se voltem apenas para a busca de lucro;
−sonhamos com uma escola que ensine uma educação que prepare para a vida, acessível a todos. Escola que não se limite a transmitir conceitos, mas forme profissionais competentes, cidadãos honestos e de caráter;
−torcemos por um país que ouça o clamor dos esquecidos e dos humildes e deixe de se inclinar diante dos poderosos; que dê atenção aos homens confiáveis e éticos, pois, com frequência, os corruptos ainda têm mais vez e voz do que os honestos.
          Então, sim, poderemos dizer que teremos um ano realmente feliz. Que Maria, mãe de Deus, nos ajude a conquistar, ao longo deste ano, esses valores.

sábado, 29 de dezembro de 2012

Acordo Ortográfico só em 2016



O governo brasileiro resolveu adiar a implementação do acordo ortográfico que estava previsto para entrar em vigor plenamente no próximo dia 1º de janeiro de 2013. A reforma, que altera parte das palavras em português, foi adiada para entrar em vigor somente em 2016.
Segundo alguns especialistas, o adiamento irá proporcionar para que novas mudanças sejam propostas, apesar de os livros didáticos e os documentos oficiais no Brasil já contemplarem a nova ortografia.
A medida irá certamente demandar muita discussão, especialmente nos ambientes acadêmicos em face do uso já exigido da nova ortografia.

A igreja mais alta do mundo: lições para o presente e o futuro



Embora não seja sede de bispado, ela é chamada de “catedral” pelas suas dimensões: a torre atinge 161,53 m de altura.
Também é chamada de “Ulmer Munster” título que lhe concedia privilegios abaciais. É um exemplo típico da arquitetura eclesiástica gótica.
O nome catedral vem de “cátedra” ou trono do bispo, mas Ulm não tem bispo. A história desta “catedral” foi muito perturbada.
Os cidadãos de Ulm desejavam uma igreja grandiosa, porém mais acessível, no centro da cidade, e encomendaram esta.
Sua pedra fundamental foi depositada no ano de 1377, e as obras partiram em bom ritmo.
Em 1392, Ulrich Ensingen, um dos arquitetos da catedral de Estrasburgo, foi feito chefe da confraria de construtores. A “catedral” foi consagrada em 1405.

Porém, por um senso de alteridade mal entendido, os habitantes de Ulm decidiram não completar a torre, contrariamente ao que faziam as cidades vizinhas que estavam construindo suas catedrais.
Eles desejavam que ninguém fizesse uma igreja mais alta, e então esconderam as dimensões de seu projeto.
Porém, em 1531, tendo aderido ao protestantismo, os cidadãos de Ulm paralisaram as obras.
A Revolução Protestante foi visceralmente inimiga das proezas do espírito medieval.
Ela amava os “chiqueirinhos” onde pregavam Calvino, Lutero e outros heresiarcas: estábulos, garagens transformados em local de pregação, ou até mesmo igrejolas sem estilo e de má qualidade.
Seus adeptos invadiram e confiscaram a “catedral” parcialmente construída e, obviamente, durante séculos nada fizeram para completá-la.
No século XIX, o espúrio império prussiano estimulou a construção de grandes prédios para dar lustro à sua glória por demais nova, a qual, aliás, durou pouco.
Desse impulso beneficiou-se a “catedral” de Ulm. Sua torre foi concluída 513 anos após o início das obras – mais precisamente em 1890 –, transformando-a no prédio mais alto do mundo. Ainda hoje, ela figura entre os 20 edifícios mais altos da Europa.
A igreja possui três naves principais da mesma altura e uma única torre.
A “catedral” de Ulm sobreviveu quase incólume aos bombardeios devastadores da II Guerra Mundial, apesar de 80% do centro histórico da cidade ficarem reduzidos a ruínas pelas bombas.
Aliás, fato semelhante se deu em Colônia: todas as construções de outros séculos foram pulverizadas pelas bombas dos aliados, a ponto de os cordeiros pastarem o capim que crescia entre os escombros da outrora grandiosa cidade.
Também a inconclusa catedral de Colônia, erigida séculos antes, ficou em pé, altaneira, como que protegida pelos anjos.
Foi um sinal assombroso da bênção divina que pousa sobre as grandes realizações da era de Fé e Luz que foi a Idade Média. No século XIX ela acabou sendo completada.
O que dizer da sabedoria medieval capaz de erguer prédios que superam a imensa maioria dos levantados em séculos posteriores e que resistiram aos séculos e aos bombardeiros mais ferozes que a História recorda?
Sem dúvida, a sabedoria que os medievais amavam e fizeram deles, muito contribuiu para tal.
Mas é só isso?
Não há um desígnio de Deus pairando sobre essas maravilhosas construções góticas, protegendo-as das insensatezes dos homens?
E não haverá nelas um ensinamento para o nosso presente arquitetônico, marcado pela instabilidade dos projetos, pelos materiais vulgares e estruturas efêmeras?
Não haverá ali uma indicação para nosso futuro?
Para as catedrais que virão após a Igreja superar a presente crise que parece querer levá-la ao fundo dos infernos?

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Daqui a três anos, é possível que o número de ataques a sistemas móveis já seja igual ao do PC



As pragas virtuais da era do PC ameaçam cada vez mais dispositivos móveis, como smartphones e tablets de usuários desprevenidos.

A consultoria ESET revelou que a detecção de vírus em aparelhos com sistema Android, da Google, aumentou 17 vezes neste ano, e a previsão é de que isso suba ainda mais.
Em entrevista ao jornal O Globo, Mariano Sumrell, da AVG Brasil, que produz software antivírus, prevê que, “daqui a três anos, é possível que o número de ataques a sistemas móveis já seja igual ao do PC. Sua expansão já é muito maior”.
Alertas
A gigante de segurança McAfee diz que atualmente quase todas as ameaças são direcionadas ao sistema Android, que detém quase 75% do mercado.
Especialistas alertam que os usuários precisam ficar atentos aos aplicativos que baixam para seus dispositivos móveis, e recomendam também a instalação de um aplicativo antivírus. Outra dica é não entrar em links, e-mails e SMS recebidos de fontes desconhecidas.

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Computadores imitarão os sentidos


A tecnologia do futuro usará ainda mais os sentidos humanos, através do desenvolvimento de funções que imitam a capacidade de ver, cheirar, tocar, saborear e ouvir, aposta a IBM em seu estudo anual, divulgado esta semana.
O sétimo relatório anual IBM cinco em cinco, uma lista de inovações com potencial de ter impacto nos próximos cinco anos, afirma que os computadores e outros dispositivos tecnológicos terão uma capacidade maior de simular os sentidos humanos.
Segundo a IBM, os computadores poderão usar algoritmos para determinar a estrutura química precisa dos alimentos e por que determinadas pessoas preferem determinados sabores.
 “Isso não apenas fará com que os alimentos saudáveis se tornem mais saborosos, mas também nos surpreenderá com uma combinação incomum de alimentos, feita para maximizar a experiência do gosto e sabor", explica a gigante da informática.
"No caso de pessoas que seguem dietas especiais, como os diabéticos, criar-se-iam sabores e receitas para manter o nível de açúcar no sangue regulado e, ao mesmo tempo, atender ao prazer de se comer algo doce", continua a empresa.
A IBM prevê que, nos próximos cinco anos, pequenos sensores ligados a computadores ou telefones celulares detectarão se alguém está para adoecer, mediante a análise dos cheiros, biomarcadores e milhares de moléculas do usuário.
Estas ferramentas também ajudarão os médicos a diagnosticar e acompanhar o surgimento de problemas no fígado e nos rins, bem como asma, diabetes e epilepsia, segundo o relatório.
No que se refere ao tato, a IBM explica que novas tecnologias táteis, de infravermelho e sensíveis à pressão permitirão às pessoas experimentar, pelo toque, diferentes texturas por meio de um telefone celular.
"Usando a capacidade de vibração de um telefone, cada objeto terá uma série única de padrões de vibração, que representa a experiência do toque", assinala o estudo.
Segundo a empresa, os computadores também estão aperfeiçoando sua capacidade de detectar e analisar sons.
"Em cinco anos, um sistema distribuído de sensores inteligentes irá detectar elementos do som, como a pressão, as vibrações e as ondas sonoras de diferentes frequências", explica o texto.
"Ele interpretará estes dados, para prever quando árvores cairão em uma floresta, ou quando um deslizamento de terra é iminente", acrescenta.
Os sons produzidos pelos bebês serão entendidos como uma linguagem, ajudando os pais e médicos a entender o que os pequenos tentam dizer.
O relatório da IBM aponta que outra área-chave para a inovação na computação será a capacidade de analisar dados visuais, ou seja, a capacidade de "ver".
"Os computadores atuais somente entendem as fotos e imagens pela legenda ou título que lhes damos. A maioria das informações - o conteúdo real da imagem - permanece um mistério", assinala a IBM.
Nos próximos cinco anos, os sistemas de computação não apenas serão capazes de ver e reconhecer o conteúdo de imagens e informações visuais, mas também converterão os pixels em significado, começando a dar a eles sentido, de forma semelhante a que o olho humano vê e interpreta uma fotografia.
Estes mecanismos poderão ajudar a analisar imagens de raios X ou scanners corporais, mas também terão impacto em atividades que vão desde as de pequenos comerciantes até a agricultura.
"Cientistas da IBM de todo o mundo colaboram em avanços que ajudarão os computadores a entender o mundo que os cerca", afirma Bernie Meyerson, vice-presidente de Inovação da IBM.
"Da mesma forma como o cérebro humano interage com o mundo usando múltiplos sentidos, através da combinação destas descobertas de forma conjunta, os sistemas cognitivos trarão maior valor e percepção, ajudando-nos a vencer alguns dos desafios mais complexos", conclui o estudo.

Facebook: dicas de como proteger a sua conta


 Na maioria das vezes, os acessos ocorrem devido a pequenos descuidos na hora de acessar a rede social, seja por que a senha ficou gravada no navegador, ou por se tratar de uma senha fácil de adivinhar. Embora muitos leitores atribuam a violação de acesso a supostos hackers, na maioria das vezes esse transtorno pode ser evitado seguindo algumas dicas de como explorar as configurações avançadas de segurança.
Protegendo a conta no Facebook
O primeiro passo é evitar uma senha óbvia, como data de aniversário ou o nascimento de alguém próximo. O ideal é combinar letras maiúsculas e minúsculas com números e caracteres alfanuméricos. O mesmo procedimento deve ser adotado para proteger a conta de e-mail vinculada ao perfil e, de preferência, que não seja a mesma senha.

Vale salientar que não basta criar uma senha complexa se ela ficar salva no navegador em um computador que mais pessoas tenham acesso. Por essa razão, é preferível abrir mão do conforto de não precisar digitar a senha toda vez que for entrar no Facebook. Mas, com isso, reduzir a chance de que pessoas não autorizadas tenham acesso ao perfil.
Além de criar uma senha segura e protege-la, o leitor conta com alguns mecanismos muito úteis para aumentar a proteção do perfil. Para acessar as configurações de segurança, basta estar conectado no Facebook e então clicar neste link.
Será exibida a página de configuração de segurança e listados os seguintes itens:
– Navegação segura: habilitando essa opção, o acesso à página será feito sempre que for possível usando um protocolo seguro (https). Por meio dele, os dados são criptografados. Para habilitá-lo, basta clicar em Editar, marcar a opção Quando possível navegue no Facebook usando uma conexão segura, e no botão Salvar alterações.
– Notificações de login: por meio desse serviço, sempre que a conta for acessada em um computador desconhecido ou um dispositivo móvel, é enviada uma mensagem ao dono do perfil. O mecanismo conta com a possibilidade de notificação por meio do envio de e-mail ou de mensagem de texto. Para habilitar as notificações, é preciso clicar em Editar, marcar os métodos de notificações conforme a preferencia e em Salvar alterações.
– Aprovações de login: por meio desse recurso, quando habilitado, é preciso informar um código de segurança que será enviado por SMS para o número de celular cadastrado no perfil quando a conta estiver sendo acessada por um navegador desconhecido.
– Senhas de aplicativos: é possível gerar senhas para aplicativos que têm o acesso permitido ao perfil. Porém, aprovações de login não irão funcionar para o Xbox, Spotify e Skype. Para o restante de aplicativos, basta clicar em Editar> Gerar senhas de aplicativos, informar o nome do aplicativo e clicar em Gerar senha. Após alguns instantes será exibida a nova senha destinada ao aplicativo informado.
– Sessões ativas: esse item exibe a localização, data, hora e os dados do navegador que acessou ou que permanece conectado no Facebook. É uma opção muito útil para verificar o histórico de navegação. Para encerrar a sessão, basta clicar em Encerrar atividade.

Nanotecnologia aumenta a eficácia nos tratamentos quimioterápicos


Pesquisadores portugueses desenvolveram uma nanotecnologia que aumenta a eficácia terapêutica da quimioterapia para pacientes com câncer de mama, além de evitar alguns efeitos colaterais provocados pelo tratamento.
A nanopartícula usada para levar o medicamento às células cancerígenas foi desenvolvida no Centro de Neurociências e Biologia Celular (CNC) e da Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra. Na semana passada, a Universidade de Coimbra conseguiu reconhecer nos Estados Unidos a patente da nanopartícula registrada com o nome de Pegasemp.
Segundo a universidade, a tecnologia transporta o medicamento que mata as células cancerígenas e destrói os vasos sanguíneos que alimentam o tumor – o que impede o câncer de se alastrar no organismo e diminui riscos de reincidência. Por causa de sua composição, a nanopartícula consegue chegar com mais facilidade às células doentes e, ao encontrá-las, libera o medicamento de tratamento.

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

¿EUA modernizam armamento nuclear para tornar o mundo 'mais seguro', será?


Estariam os Estados Unidos prontos para uma nova guerra fria? Críticos acreditam que este é o real objetivo por trás da modernização da bomba nuclear B61, a principal do arsenal nuclear do Pentágono. O projeto levará três anos e está orçado em U$ 10 milhões.
Os EUA afirmam que existem outras razões para a modernização, como aumentar o poder de dissuasão dos EUA e tornar o país mais forte e seguro. Tais objetivos justificariam o alto valor do projeto.
Muito longe da utopia
Um mundo livre de armas nucleares é uma ideia tão maravilhosa quanto distante da realidade. Por enquanto, a meta dos EUA e da Rússia é manter o menor arsenal nuclear possível, mas com armas eficientes capazes de deter pequenos países como Irã e Coreia do Norte.
A tecnologia utilizada para construir a B61 permitiu expandir seu poder de explosão para centenas de quilotons. Nunca nenhum armamento nuclear teve semelhante poder de alcance, precisão e potência. Para se ter uma ideia, a bomba que dizimou Hiroshima em 1945 tinha poder de explosão de 15 quilotons.
De acordo com críticos, o projeto de modernização do arsenal nuclear norte-americano é uma manobra desonesta que esconde a criação de uma nova arma nuclear, o que vai contra a política dos EUA de não aumentar seu arsenal militar. Já os entusiastas do projeto afirmam que construir uma arma menor, mais segura e eficiente, que tem como objetivo impedir a proliferação de armas atômicas em países tiranos é a melhor forma de conter a expansão do arsenal nuclear mundial.

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

FELIZ NATAL



            O amor de Deus é o dom mais maravilhoso que Ele nos deu, temos o privilégio de compartilhar esse amor, por conseguinte o Natal é uma data de estarmos com as pessoas que gostamos e tempo de partilhar coisas boas... Por isso vimos deixar nossas felicitações aos amigos leitores e leitoras.
Que as bênçãos do aniversariante, Nosso Senhor Jesus Cristo, incidam sobre todos e vossas famílias. Que neste Natal haja muita saúde, paz, harmonia e que o Ano Novo seja repleto de prosperidades e vitórias, que o Menino Jesus nos projeta hoje e sempre.
Feliz Natal.






sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Google+ é rede social que cresce mais rápido


A pouca popularidade do Google + é inversamente proporcional a sua capacidade de acumular novos usuários. Pelo menos, é isso que mostram os dados que apontam a rede social como a que cresce mais rápido na história, com 500 milhões de contas. Desse total, 235 milhões podem ser consideradas ativas na rede social. Esse fato foi muito comemorado pelos executivos do Google.
“Acreditamos que esse entusiasmo provém do fato de que as ferramentas que desenvolvemos constroem relacionamentos reais, seja em um hangout ao vivo, em torno de uma foto de tirar o fôlego ou dentro de um círculo particular de amigos” declarou a vice-presidente sênior do Google, Vic Gundotra. Junto com os dados de crescimento da rede foram apresentadas duas melhorias para os usuários.
Os donos de perfis do Google + contam, agora, com comunidades, além do Snapseed. Essas duas novidades, segundo Vic Gundotra, vão ajudar a garantir uma interação mais real no meio virtual. “Muitas vezes, nossas ferramentas on-line não captam a sutileza e a essência das interações reais, e o Google+ deseja mudar isso. Felizmente, contamos com uma animada comunidade para nos orientar”, afirmou.

Até os insensatos, quando se calam,passam por sábios


Os sábios sempre ensinaram que só devemos falar alguma coisa “quando nossas palavras forem mais valiosas que nosso silêncio”.
A razão desse ensinamento é simples: nossas palavras têm poder para construir ou para destruir.
Nossas palavras podem gerar concórdia, conforto, consolo, paz de alma, mas podem também gerar ódio, ressentimento, angústia, tristeza e muito mais. “Até o insensato passará por sábio se estiver calado, e por inteligente se conservar os seus lábios fechados” (Pr 17,28).
O silêncio é valioso, sobretudo quando estamos em uma situação difícil, quando é preciso mais ouvir do que falar, mais pensar do que agir, mais meditar do que correr.
Tanto a palavra quanto o silêncio revelam o nosso ser, a nossa alma, aquilo que vai dentro de nós.
Nosso Senhor disse que “a boca fala da abundância do coração” (cf. Lc 6,45). Basta conversar por alguns minutos com uma pessoa podermos conhecer o seu interior revelado em suas palavras; daí a importância de saber ouvir o outro com paciência para poder conhecer de verdade a sua alma. Sem isso, corremos o risco de rotular rapidamente a pessoa de maneira irreal.
As palavras são mais poderosas que os canhões; elas provocam revoluções, conversões e muitas outras mudanças.
A Sagrada Escritura, muitas vezes, chama a nossa atenção para a força das nossas palavras.
“O que é sábio de coração, será chamado prudente; e o que é doce no falar receberá coisas maiores” (Eclo 16,20). “O coração do sábio instruirá a sua boca, e acrescentará graça aos seus lábios” (Eclo 16, 23). “O homem perverso suscita pleitos, e o verboso semeia discórdia entre os príncipes” (Eclo 16,28). “Cada um compraz-se na opinião que emite; mas a palavra oportuna é a melhor” (Pr 15,23).
Quanta discórdia existe nas famílias e nas comunidades por causa da fofoca, das calúnias, injúrias, maledicências! É preciso aprender que quando errarmos por nossas palavras, quando elas ferirem injustamente o próximo, teremos de ter a coragem de ir até ele pedir perdão.
Nosso Senhor Jesus Cristo ensina que seremos julgados por nossas palavras:
“Ora, eu digo-vos que, de qualquer palavra ociosa que disserem os homens, darão conta dela no dia do juízo. Porque pelas tuas palavras será justificado, e pelas tuas palavras serás condenado.” (Mt 12, 36-37).
Nossas palavras devem ser oportunas e verazes, isto é, sempre gerar a edificação dos outros, o bem-estar, o consolo do coração; a correção necessária, com caridade. Se não for assim, é melhor se calar.
São Paulo tem um ensinamento preciso sobre quando e como usar esse dom que Deus nos deu, que é a palavra: “Nenhuma palavra má saia da vossa boca, mas só a que seja boa para a edificação da fé, de maneira que faça bem aos que ouvem” (Ef 4, 29).
Erramos muito com nossas palavras, em primeiro lugar quando agimos impulsionados pelo orgulho. Outras vezes porque emitimos opiniões sobre assuntos de que não entendemos ou estamos mal informados.
Frequentemente é por efeito de agitação de alma, comumente decorrente de algo apego ou fobia de algo. Nestas horas, a grandeza de alma está em se calar, em conter a fúria, em dominar o egoísmo ferido e buscar a fortaleza na oração (jaculatória) e no silêncio.
Deus nos fala no silêncio, quando a agitação da alma cessou; quando a brisa suave substitui a tempestade; quando a Sua palavra cala fundo na nossa alma; porque ela “discerne os pensamentos e intenções do coração” (cf Hb 4,12).
O silêncio torna a alma apta a ver o maravilhoso e prepara a alma para a Sabedoria.
        Fonte - aascj

Energia: sem desconto na conta de luz e haja apagão


O diretor-geral do ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico), Hermes Chipp, admitiu nesta terça-feira (18), que em algumas situações, o sistema elétrico precisa correr riscos de falhas para que haja equilíbrio entre a segurança e os custos.

Em algumas localidades pode-se correr o risco de apagão. O especialista explica que a má administração das obras pode comprometer o corte nos preços do serviço, como divulgou o governo.

— Tem que haver o equilíbrio entre segurança e custos. As obras não podem ser feitas ao mesmo tempo, senão a tarifa vai lá para cima. Por isso temos que correr o risco em alguns lugares. As declarações foram feitas alguns dias depois de um blecaute ocasionado por problema na hidrelétrica Itumbiara, de Furnas, levando ao desligamento de mais de 8 mil MW de cargas em 12 Estados.

 As obras mais importantes, segundo ele, são as que estão indicadas no relatório da Copa do Mundo de 2014, mas não apenas por causa do evento esportivo.

— Algumas obras precisam ser feitas, independentemente da Copa, para prover as cidades-sede de uma segurança adicional.

Chipp comparou a execução de obras de segurança à contratação de seguro para automóvel.

— Tem gente que faz um seguro total ou parcial, e a franquia varia. Quanto mais caro você paga, mais seguro você tem. É esse equilíbrio que a agência reguladora e o poder concedente avaliam.

O diretor também defende o aumento do número de termelétricas no País, especialmente as regionais, para evitar as quedas no fornecimento de energia.

— Não significa que eu vou gastar a termelétrica todo o tempo. Tem que ter o pulmão para não faltar [energia]. Se forem nos centros de carga [locais de maior consumo], melhor, porque não depende tanto de linhas de transmissão.

Segundo ele, a operação no Brasil tem maior risco, porque a geração de energia está geralmente longe dos centros de carga, o que exige um grande número de linhas de transmissão.

Depois da interrupção no fornecimento de energia que deixou cerca de 2 milhões de consumidores sem luz na noite de sábado (15), Chipp disse que o governo vai determinar uma varredura nas subestações de energia mais antigas e que estão em situação mais crítica.

 

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Fifa: Brasil é a 18º no ranking


A Fifa anunciou, na manhã desta quarta-feira, a lista do mês de dezembro do ranking de seleções, a última do ano. A Espanha fecha 2012 na liderança, sendo eleita a seleção do ano, seguida de Alemanha, Argentina e Itália, que ultrapassou Portugal. Já o Brasil fecha a temporada caindo cinco posições em relação a novembro, “ostentando” sua pior colocação na história desde que a eleição começou a ser feita, em 1993: a 18ª (leva-se em consideração o fato de a Seleção não estar disputando as Eliminatórias).
A sensação do ranking é a Colômbia, que foi quem mais progrediu nos últimos 12 meses. Os colombianos terminaram 2011 na 36ª colocação, e terminaram 2012 na quinta posição, saltando do oitavo lugar de novembro, deixando os portugueses para trás.
A primeira atualização do ranking em 2013 acontecerá no dia 17 de janeiro. A seleção brasileira terá na Copa das Confederações a grande chance de voltar a figurar entre as melhores equipes. A competição, que vai ser disputada aqui no Brasil, acontecerá entre os dias 15 e 30 de junho.

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Arena Pernambuco:
fachada diferente



  
A Arena Pernambuco quer fazer bonito dentro e fora de campo. O moderno estádio, construído na cidade de São Lourenço da Mata, a 19 km do Recife, terá uma fachada diferente dos outros estádios que abrigarão a Copa das Confederações em 2013 e a Copa do Mundo em 2014 no Brasil. A arena será a única no Brasil a usar um revestimento de ETFE (Etileno Tetrafluoretileno) combinado com LED, que permitirá a mudança de cor de acordo com a operação.
Com o revestimento personalizado, a Arena Pernambuco poderá mudar a cor da fachada de acordo com os clubes mandantes dos jogos ou com temas de outros eventos já que o estádio é multiuso e também irá abrigar shows musicais no futuro. A instalação dos materiais da fachada terá início no próximo ano.
O material do revestimento foi alterado para atender ao plano de antecipação da obra para a Copa das Confederações. A mudança traz uma leve adaptação na perspectiva original da arena, que teria um fechamento de vidro. Pelo novo projeto, a volumetria passa a ser mais arredondada, semelhante a uma almofada, e adota um contorno ainda mais arrojado.
O estádio fechou novembro com 77% da edificação pronta, num avanço forçado pelo Plano de Antecipação. De acordo com o consórcio que realiza a obra, a ação foi resultado da necessidade exercida pelo Comitê Organizador para sediar a evento teste da Copa do Mundo de 2014. A expectativa é que as obras alcancem 85% de conclusão até o final deste ano.
A Arena Pernambuco sediará três jogos da Copa das Confederações, que será realizada em junho de 2013: Espanha e Uruguai, Japão e Itália, além de Uruguai e Taiti. Já para a Copa do Mundo, cinco partidas estão agendadas, sendo quatro da primeira fase e uma das oitavas de finais. Depois do Mundial, o Náutico passa a mandar seus jogos na Arena Pernambuco.

 
BLOG DO ANDRÉ CAFÉ
SÓ JESUS SALVA
//