Redes Social



twitterfacebookgoogle pluslinkedinrss feedemailhttps://www.wowapp.com/w/andrecafe/joinhttps://www.instagram.com/andrecafee/

terça-feira, 17 de abril de 2012

Feira exibe dispositivos que usam o poder mental


Na Gadget Show Live, a maior feira de eletrônicos de consumo do Reino Unido, que terminou neste domingo, em Birmingham, foi testado algumas tecnologias que devem estar presentes em nossas vidas num futuro não muito distante. São produtos que exploram o uso das ondas cerebrais - mais popularmente, o poder 'da mente' -, inclusive um vestido. Entre os mais interessantes estão os que levam o chip da NeuroSky. E eles funcionam, mesmo sendo um pouco mais difíceis de operar - o que importa mesmo são os impulsos cerebrais, e é aí que pode estar à dificuldade maior.
Não adianta simplesmente "pensar na ação que se quer fazer". É preciso colocar a mente em ação para que ela envie ondas para o aparelho. Para fazer isso, vale qualquer truque: contar apenas números ímpares, contar de trás pra frente, soletrar nomes ou outras atividades parecidas. Como requerem concentração, essas atividades fazem as ondas cerebrais ficarem mais "nítidas" para serem captadas pelo eletrodo que, ligado à testa do usuário, vai lê-las.
O primeiro teste foi no MindFlex, um jogo com obstáculos que devem ser superados por uma bolinha. Completando o sistema, uma faixa vai à cabeça de quem está no comando do brinquedo. Essa faixa tem três eletrodos: um vai diretamente à testa e os outros dois são conectados às orelhas - segundo Jennifer Cooke, uma das porta-vozes da empresa, eles "fecham o circuito elétrico". Não há nenhum desconforto, embora a marca do eletrodo fique na testa por algum tempo depois que se tira a faixa. Mas o pior mesmo é a pressão psicológica para fazer o brinquedo funcionar.

Nenhum comentário:

 
BLOG DO ANDRÉ CAFÉ
SÓ JESUS SALVA
//