Redes Social



twitterfacebookgoogle pluslinkedinrss feedemailhttps://www.wowapp.com/w/andrecafe/joinhttps://www.instagram.com/andrecafee/

terça-feira, 27 de março de 2012

Pernambuco e Paquistão trocam experiências e tecnologia


Pernambuco e Paquistão devem firmar parcerias nas áreas de agropecuária e recursos hídricos. Uma comitiva formada por sete pessoas vindas do país asiático está no estado conhecendo experiências em extensão rural, melhoria genética de sementes e gestão de recursos hídricos.

Interessa aos paquistaneses especialmente o cultivo de cana-de-açúcar, do algodão, a criação de caprinos e ovinos e tecnologias para o melhor aproveitamento da água. A parceria começou a ser formada em outubro do ano passado, quando técnicos do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) visitaram o Paquistão, após articulação do Ministério das Relações Exteriores.

A comitiva paquistanesa fica em Pernambuco até a próxima sexta-feira e daí devem surgir acordos bilaterais com troca de tecnologias e experiências. “A agricultura representa 60% do nosso Produto Interno Bruto e é feita em grande parte por agricultores familiares. Estamos bastante interessados na experiência do IPA em transferir tecnologia para esses pequenos agricultores, especialmente em técnicas que aumentem a produtividade, que no nosso país é baixa”, explicou Kamal Majidulla, assistente-especial do Ministério de Recursos Hídricos e Agricultura do Paquistão e porta-voz da comitiva.

Segundo Júlio Zoé, presidente do IPA, as parcerias devem alcançar também as experiências na gestão dos recursos hídricos. Até sexta-feira os paquistaneses devem conhecer usinas de açúcar e produção de etanol e unidades do IPA onde se desenvolvem pesquisas de melhoramento genético de sementes.

Da população de 180 milhões de pessoas do Paquistão, cerca de 60% vivem no meio rural, a maior parte vivendo da agricultura familiar. Majidulla ressaltou também a experiência da gestão hídrica do Brasil, inclusive dos recursos compartilhados entre países – um exemplo de respeito, segundo ele. O porta-voz explicou que como boa parte da água utilizada no país vem do Afeganistão, essa experiência brasileira também é importante para ser compartilhada por eles.
Fonte - DP

Nenhum comentário:

 
BLOG DO ANDRÉ CAFÉ
SÓ JESUS SALVA
//