Redes Social



twitterfacebookgoogle pluslinkedinrss feedemailhttps://www.wowapp.com/w/andrecafe/joinhttps://www.instagram.com/andrecafee/

sábado, 31 de março de 2012

Código Penal: Brasil terá ‘crime de terrorismo’


O Congresso Nacional prepara para breve a tipificação no país do “crime de terrorismo”, ausente na legislação brasileira. A novidade foi aprovada pela comissão de 16 juristas convocados pelo Senado para preparar mudanças no Código Penal.
O “crime de terrorismo” foi definido pelos juristas que preparam a revisão do Código Penal brasileiro como o “ato de causar terror na população” por meio de sequestro, cárcere privado, uso de explosivos, material tóxico químico ou biológico, depredação, implosão, sabotagem, invasão e saques.
De oito a 15 anos de prisão
Sabotagens de veículos de transporte, aparatos de telecomunicação e instalações públicas de todo o tipo também passam a serem considerados atos terroristas, mas só se esses atos forem praticados para fins específicos, como o financiamento de grupos armados insurgentes. A pena prevista para quem for condenado por “crime de terrorismo” no Brasil será de oito a 15 anos de prisão.
Caso seja aprovada pelo Congresso, a nova tipificação deve implicar na revogação da Lei de Segurança Nacional, considerada obsoleta pelos juristas. O Código Penal brasileiro está perto de completar 72 anos. O trabalho de sua revisão, liderado pelo ministro do Superior Tribunal de Justiça Gilson Dipp, deve terminar em maio.

A Basílica do Sagrado Coração de Jesus


Para quem vai à Paris (França) não pode deixar de subir no Monte Martre, o ponto mais alto da cidade. Belo mirante natural. De fato, lá de cima, a vista da cidade de Paris é maravilhosa. Mas não é esse o motivo principal das pessoas quererem subir no monte, mas sim o fato de que no seu pico se encontra a grandiosa Basílica do Sagrado Coração de Jesus (em francês, Basilique du Sacré-Coeur).
Jamais vi arquitetura semelhante. Magnífica. E bem apropriada, pois é de lá do cume do monte mais alto de Paris que o Sagrado Coração de Jesus olha para toda a França, e por que não dizer olha por todo o mundo? Uma faixa na Basílica informa: “aqui se tem vigília 24 horas por dia, ininterruptamente, diante do Santíssimo Sacramento.”
A basílica do “Sacré-Coeur” foi construída com mármore travertino extraído da região de Seine-et-Marne. Essa pedra constantemente dispersa cálcio, o que garante a cor branca da Basílica mesmo com as chuvas e a poluição.
Um dos lugares sagrados mais visitados da França, a Basílica tem o formato de Cruz Grega adornada por quatro cúpulas, incluindo a cúpula central de oitenta metros de altura. Uma de suas torres serve de campanário a um sino de três metros de diâmetro e de mais de 26 toneladas. É um dos sinos mais pesados do mundo.
A arquitetura da basílica é inspirada na arquitetura romana e bizantina. Há também um belíssimo mosaico chamado Cristo em Majestade; é um dos maiores do mundo. O pórtico, com três arcos, é adornado por duas grandes imagens: Santa Joanna D’Arc e do Rei São Luiz IX.
Sagrado Coração de Jesus abençoe a todos que visitam meu modesto Blog, e que me ajudam a fazer esse apostolado através das histórias. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

sexta-feira, 30 de março de 2012

Campanha de energético (Red Bull) que ofende Nosso Senhor Jesus Cristo é suspensa

O Conar levou o comercial “Nazaré”, da Red Bull, a julgamento que suspendeu a veiculação do filme.
O anúncio mostra Jesus em uma barca, acompanhado de dois de seus discípulos. Após alguns segundos, Jesus diz, entediado, que vai para casa, e segue seu caminho, saindo da barca e caminhando sobre as águas. Um dos discípulos o questiona: “Jesus, por Deus, como você anda sobre as águas?”, ao que o outro discípulo responde: “Calma, Pedro, ele só tomou Red Bull”. Jesus, então, esclarece: “Você só tem que ficar esperto onde tem pedra”. Segundo a assessoria de imprensa do Conar, o órgão decidiu recomendar a suspensão do comercial por entender que a peça “desrespeita um objeto de fé religiosa”.
Louvamos a decisão do Conar de suspender filme tão desrespeitoso, assim a cristianofobia se vê obrigada a recuar, pois maior é o grupo dos que amam e respeitam Nosso Senhor Jesus Cristo.

quinta-feira, 29 de março de 2012

OAB: Lei Seca morreu, diz líder

É como se o presidente da comissão de trânsito da seccional paulista da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Maurício Januzzi, se deparasse com o Supremo Tribunal Federal (STF) se aproximando na contramão. Não em alta velocidade, que a Justiça brasileira não é disso. Mas seguramente no sentido contrário ao de quem defende maior rigor contra o descumprimento das leis de trânsito.

O STF decidiu, nesta quarta-feira (28), que somente teste do bafômetro ou exame de sangue vale como prova de embriaguez de condutor de veículo. Porém, ninguém está obrigado a se submeter a essas comprovações. Januzzi, que já considerava branda a legislação vigente, reprovou com veemência a alteração.

- A minha opinião é que houve um sepultamento da Lei Seca, não existe mais Lei Seca no País. Só será processado quem quiser fazer o exame do bafômetro, quem quiser fazer o exame de sangue. Fora isso, impossível. Ninguém é obrigado a produzir nenhuma dessas provas. Só vai fazer quem tiver desconhecimento – afirmou o representante da OAB-SP.

Na sua avaliação, produz-se agora uma distorção perigosa:
- Na realidade, não é nem uma lei que pega ou não pega. Vou ter uma lei para poucos, para aqueles mais desavisados.

Januzzi acredita que crescerá o número de incidentes graves no trânsito brasileiro.
- Não só vai aumentar como não vai diminuir. Mesmo com a lei, já não diminuía. (A mudança) vai fazer a Justiça e a Polícia ficarem de mãos atadas, sem terem o que fazer.

O posicionamento do seu grupo já estava consolidado, documentado e com sugestões para o aprimoramento das discussões nacionais sobre o assunto.

- Tem que mudar a lei urgentemente, coisa que nós da OAB viemos preoconizando. Já temos até um projeto de lei de iniciativa popular angariando assinaturas. A gente precisa de 1,3 mihão (de adesões) para que a coisa possa mudar no Congresso Nacional. Está no site www.naofoiacidente.org: teria que alterar a redação do artigo 306, tirar os 6 decigramas (de álcool por litro de sangue), tolerância zero, e fazer o exame clínico tenha força de prova. Só vai ter força de prova quando não houver o (índice de) 0,6 no caput do artigo.

Para Januzzi, entretanto, a questão é muito mais ampla, apesar de isso não contradizer a urgência de endurecimento das leis.
- Falta educação de trânsito, não só de embriaguez ao volante, como de qualquer questão relativa ao trânsito. O governo não investe em educação no trânsito, prefere investir pagando internação, prótese, cirurgia, fisioterapia para depois que a coisa acontece. Ele não age preventivamente. Nunca agiu, não vai ser agora.

Google: cego "dirige" novo carro automático

O Google usou um motorista cego para testar o funcionamento do novo carro automático em uma rota de mais de 300 Km. A experiência rendeu um vídeo divulgado no YouTube da viagem completa. O carro, na verdade, "se dirige" sozinho, sem a ajuda do homem.
A gravação, intitulada Self-Driving Car Teste: Steve Mahan, mostra a viagem de Steve Mahan, um homem com incapacidade visual de 95%, em um percurso por sua cidade a bordo de um Toyota Prius equipado com a tecnologia do Google para autocondução.
Para o homem, um carro como este poderia representar uma drástica mudança no cotidiado. "Isto me daria a independência e a flexibilidade para ir a lugares onde tenho que ir e quero ir quando eu necessitar fazer coisas", avaliou Mahan.
A viagem teve duas paradas, "sem mãos, sem pés", comenta o cego com os braços para o alto enquanto o veículo avança. O automóvel é equipado com um sistema de radares e lasers para conhecer sua localização, e durante o teste o copiloto de Mahan usava um computador portátil que estava conectado ao veículo. O vídeo completo pode ser visto pelo atalho http://bit.ly/H1p7tF.
O Google explicou no YouTube que a condução com Steve Mahan foi realizada em "uma rota cuidadosamente programada" e que a experiência foi "um experimento técnico". O projeto foi anunciado em 2010, com o desenvolvimento de um protótipo guiado com o uso de mapas da companhia.

terça-feira, 27 de março de 2012

Pernambuco e Paquistão trocam experiências e tecnologia


Pernambuco e Paquistão devem firmar parcerias nas áreas de agropecuária e recursos hídricos. Uma comitiva formada por sete pessoas vindas do país asiático está no estado conhecendo experiências em extensão rural, melhoria genética de sementes e gestão de recursos hídricos.

Interessa aos paquistaneses especialmente o cultivo de cana-de-açúcar, do algodão, a criação de caprinos e ovinos e tecnologias para o melhor aproveitamento da água. A parceria começou a ser formada em outubro do ano passado, quando técnicos do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) visitaram o Paquistão, após articulação do Ministério das Relações Exteriores.

A comitiva paquistanesa fica em Pernambuco até a próxima sexta-feira e daí devem surgir acordos bilaterais com troca de tecnologias e experiências. “A agricultura representa 60% do nosso Produto Interno Bruto e é feita em grande parte por agricultores familiares. Estamos bastante interessados na experiência do IPA em transferir tecnologia para esses pequenos agricultores, especialmente em técnicas que aumentem a produtividade, que no nosso país é baixa”, explicou Kamal Majidulla, assistente-especial do Ministério de Recursos Hídricos e Agricultura do Paquistão e porta-voz da comitiva.

Segundo Júlio Zoé, presidente do IPA, as parcerias devem alcançar também as experiências na gestão dos recursos hídricos. Até sexta-feira os paquistaneses devem conhecer usinas de açúcar e produção de etanol e unidades do IPA onde se desenvolvem pesquisas de melhoramento genético de sementes.

Da população de 180 milhões de pessoas do Paquistão, cerca de 60% vivem no meio rural, a maior parte vivendo da agricultura familiar. Majidulla ressaltou também a experiência da gestão hídrica do Brasil, inclusive dos recursos compartilhados entre países – um exemplo de respeito, segundo ele. O porta-voz explicou que como boa parte da água utilizada no país vem do Afeganistão, essa experiência brasileira também é importante para ser compartilhada por eles.
Fonte - DP

Fim do controle remoto: televisores operados por voz

A Samsung apresentou no Samsung Latin Forum 2012 em Lima, no Peru, suas novas televisões inteligentes das séries 8000 e 7000. O diferencial dos aparelhos está nas três novas tecnologias smart de interação, conteúdo e evolução. "Começamos a acabar com o controle remoto", resumiu Silvio Stagni, vice-presidente corporativo de Marketing, Vendas e Produtos no Brasil.
A observação é uma referência aos novos sistemas interativos de comando dos televisores, que podem ser operados por voz ou por movimentos. No primeiro caso, há mais de 30 idiomas disponíveis, entre eles o português. A demonstração no fórum, nesta segunda-feira, incluiu os comandos "olá, tevê", para ligar o aparelho e funções como mudar de canal: "um canal a mais", "canal 27". "Diminuir volume" e "aumentar volume" também são atos executados com instruções simples.
O reconhecimento de voz está habilitado também em um controle remoto especial, vendido separamente, que poderia acionar o aparelho mesmo em cômodos diferentes da casa. Os comandos dados diretamente à TV são interpretados graças a dois microfones, localizados na parte superior do aparelho, de cada lado da câmera. Eles e ela também são usados para videochamadas, tanto com Skype quando via Google+ Hangouts, disponíveis com o download dos respectivos aplicativos.
A câmera é responsável por captar os movimentos de controle interpretados pelo televisor. Em uma sala de demonstração, um representante movia a mão espalmada para controlar, na tela, um cursor em formato de flecha - como a que aparece no monitor do computador ao se operar o mouse. Para selecionar a opção no menu, a mão espalmada era fechada. Para voltar ao menu anterior, bastava girá-la, espalmada, no sentido anti-horário. Na parte inferior da tela um rodapé com legendas aparecia quando a TV era comandada por gestos.
O terceiro recurso de interatividade inaugurado no modelo ES8000 de smart TV da Samsung é o reconhecimento facial. Com ele, é possível alterar o usuário do aparelho, o que permite que cada membro da família, por exemplo, tenha o televisor configurado de acordo com as suas necessidades - e os pais podem, igualmente, limitar o acesso dos filhos a determinadas funções.
TVs atualizadas por quatro anos
A funcionalidade Smart Evolution é outro destaque das TVs inteligentes apresentadas em Lima pela Samsung. Os modelos novos vêm, a partir de 2012, com uma entrada na parte traseira para o chamado Kit Evolution. A placa, lançada anualmente a partir de 2013, permitirá aos usuários atualizar o software e o hardware do televisor. Assim, em vez de comprar um novo aparelho, ele terá o seu atualizado com as tecnologias mais recentes.

segunda-feira, 26 de março de 2012

Google quer 'ouvir' conversas telefônicas

Uma nova tecnologia que está sendo desenvolvida pelo Google pode causar questionamentos em relação à privacidade dos usuários. A empresa entrou com um pedido para patentear um sistema que ouve a conversa dos usuários pelo telefone para mostrar anúncios.

A ideia segue a tendência da recente mudança da política de privacidade dos produtos do Google, que deixou claro que a empresa cruza informações de diferentes serviços para personalizar resultados para o usuário. A nova patente incluiria também as ligações feitas com smartphones Android no "pacote".

O registro feito pelo Google não é para colocar empregados ouvindo as conversas feitas no telefone, e sim para detectar informações do ambiente em que o usuário se encontra.

O nome da patente é "Publicidade baseada em condições de ambiente". Segundo o site CNET, a tecnologia deve ser capaz de ouvir o barulho de fundo de uma conversa para mostrar anúncios para o usuário. Assim, se o sistema detectar chuva, pode mostrar lugares próximos que vendem um guarda-chuva, por exemplo.

Além de monitorar ligações telefônicas, o Google também entrou com um pedido para mostrar no computador do usuário anúncios influenciado pelo ambiente em que ele se encontra. Um exemplo é uma propaganda de ar condicionado sendo enviada para usuários de lugares que passam por uma forte onda de calor.

A análise do ambiente também seria válida para imagens. Uma foto tirada em um lugar com neve, por exemplo, mostraria anúncios de venda de blusas de inverno.

O Google afirma que essa é apenas um entre milhares de pedidos de patente feitos nos Estados Unidos, e que não há previsão de quando elas serão aprovadas ou não. Por isso, a empresa não sabe se um dia as ideias serão levadas a algum produto real.

Nanotecnologia: EUA quer instalar nanorobôs em seus soldados

Tratar doenças em soldados, durante guerras, é mais complicado do que cuidar de pacientes civis em uma cidade. Nas cercanias de locais de conflito, os médicos ficariam muito agradecidos se recebessem uma mãozinha da nanotecnologia em seu trabalho.
Pois este momento parece ter chegado: no último dia 15, a Agência de Projetos de Pesquisa de Defesa Avançada (DARPA, na sigla em inglês), do governo dos EUA, anunciou a intenção de instalar mini robôs-médicos no organismo dos militares.
Historicamente, as guerras registram mais mortes por doenças em combate do que propriamente pelas batalhas em si. O objetivo da DARPA é criar um sensor que monitore a saúde dos soldados e dê diagnósticos precisos antes que a má saúde represente uma baixa nas fileiras do exército.
Ainda em 2012, os pesquisadores esperam lançar um protótipo para testes deste dispositivo, que é focado na interação com nanopartículas do corpo. O aparelho será de utilidade para evitar cirurgias, já que alguns locais onde as forças armadas dos EUA têm atuado (como o Iraque, por exemplo) estão a centenas de quilômetros de um centro hospitalar capacitado para procedimentos complicados. Muitos soldados americanos têm voltado para casa por este motivo.
Em uma meta de longo prazo, os cientistas idealizam que este mecanismo sirva não apenas para fazer diagnósticos, mas também para auxiliar nos tratamentos. Para cumprir esta finalidade, já estão em planejamento alguns testes do aparelho em funcionamento no corpo de animais

sábado, 24 de março de 2012

O Steve Jobs subaquático

James Cameron tem abalado  – literalmente e figurativamente – o mundo dos submarinistas. Um homem conhecido por filmes imaginativos como Titanic e Avatar, ele reinventou a maneira que as pessoas exploram o fundo do oceano, e este mês, revelou seu submersível e anunciou planos para navegá-lo sozinho até o recesso mais profundo do planeta, a Depressão Challenger, no Pacífico Ocidental, de quase sete quilômetros de profundidade.
Cameron chama seu submersível de torpedo vertical. O eixo de seu submarino de 24 metros de comprimento está na posição vertical, em vez de horizontal, acelerando o mergulho. Seu objetivo é cair e levantar o mais rápido possível para que ele possa maximizar o seu tempo investigando a escuridão do fundo do mar. Ele pretende espreitar o fundo do mar durante seis horas.
“É muito inteligente”, diz Alfred S. McLaren, um submarinista aposentado da Marinha que ajuda a administrar uma empresa que faz submersíveis.”Ninguém fez esse tipo de coisa antes. É uma ótima ideia, uma tremenda ideia”. Ele comparou Cameron a “um Steve Jobs subaquático – Difícil de conviver, mas muito criativo”. “Ele é impulsionado”, McLaren continuou. “Ele montou uma tremenda equipe técnica”. Em um mergulho de teste, Cameron já quebrou o recorde de profundidade moderno para veículos pilotados, descendo mais de cinco quilômetros.
“Ele fez algo radical”, disse Peter Girguis, um oceanógrafo de Harvard e chefe de um painel que supervisiona a frota de veículos de pesquisa no fundo do mar do país. “Ele deixou de lado a sabedoria convencional”.
Cameron vê sua criação – construída em segredo na Austrália por mais de oito anos  – como uma enorme expansão do poder dos cientistas para explorar o abismo. Na expedição da Depressão Challenger, ele está trabalhando com a National Geographic Society, a Instituição Scripps de Oceanografia, a Universidade do Havaí e outros grupos científicos. “É muito divertido”, disse ele em uma entrevista durante testes no mar da Papua Nova Guiné. “Não há aventura maior no meu mundo”, afirmou o cineasta, que aguarda que os mares se aclamem para aquilo que especialistas chamam de uma tentativa audaciosa de lançar luz sobre um mundo oculto de formas de vida estranhas.
O mar profundo é muito mais difícil de explorar do que o espaço sideral. Longe de raios solares de aquecimento, a escuridão das profundezas se encontra em temperaturas próximas de zero. A água do mar também é corrosiva, muitas vezes cheia de detritos e em grande parte opaca à luz e ondas de rádio. Mais assustador ainda, é extremamente pesada. Na Depressão Challenger, as águas acima exercem uma pressão descendente de mais de oito toneladas por polegada quadrada.
A Challenger foi explorada apenas uma vez antes, em 1960, quando a Marinha dos Estados Unidos enviou dois homens, que ficaram submersos por 20 minutos. Embora a característica mais marcante do veículo de Cameron seja o seu eixo vertical, ele inova em outros aspectos, de acordo com especialistas da National Geographic, um dos patrocinadores da expedição. Seu site, detalha os avanços.
“Da perspectiva de um construtor de submarinos, isso é um avanço enorme”, disse Phil Nuytten, presidente da Nuytco Research, líder na fabricação de robôs submarinos e submersíveis. Enquanto Cameron pode ser mais conhecido por seus filmes do que por seus mergulhos submarinos, ele é tudo menos um diletante. “Muito poucas pessoas percebem que ele é um técnico muito bom. Este é o projeto de Jim. É seu bebê do início ao fim”, disse Nuytten, que trabalhou com Cameron em filmes como O Segredo do Abismo, de 1989.
Girguis, o oceanógrafo de Harvard, diz que a estreia do novo submersível sugere que a exploração profunda está entrando em uma nova fase de ambição.
“Oitenta por cento de nossa biosfera é o oceano profundo”, disse ele em entrevista. “É o momento certo para buscar novos limites. Não só no que diz respeito à tecnologia, mas também na nossa compreensão”.

Tecnologia: ‘Seu filho ainda não chegou’

A Prefeitura de Vitória da Conquista, na Bahia, lançou um “uniforme inteligente” que informa aos pais sobre a frequência dos estudantes nas escolas.

O novo uniforme, que traz um minichip instalado no brasão da escola ou na manga, começou a ser distribuído na última segunda-feira, 19, e deve atender inicialmente 20 mil estudantes da rede municipal de ensino. O projeto já vem sendo testado desde o ano passado.

Baseado em rádio-frequência, o sistema avisa aos pais se os alunos chegaram ou não à escola. Um sensor instalado na entrada da instituição detecta a entrada e a saída dos estudantes e envia uma mensagem de texto (SMS) para os pais.
‘Seu filho ainda não chegou’

Caso o aluno não tenha passado pelo sensor 20 minutos após o início da aula, seus pais recebem a seguinte mensagem: “Seu filho ainda não chegou na escola”.

A partir de agora, os pais serão chamados à escola de seus filhos a cada três faltas para apresentar uma justificativa. A escola está autorizada a informar o Conselho Tutelar e o Ministério Público caso os responsáveis não compareçam.

O novo uniforme, que vai atender em até 15 dias 20 mil alunos, custou ao todo R$ 1,2 milhão. Outros 20 mil alunos devem recebê-lo até 2013.

Como as conexões do Facebook refletem os impérios antigos

Há oito anos o Facebook se lançava como uma rede social online conectando uma pequena comunidade acadêmica a partir de um dormitório da Universidade de Harvard. Hoje a empresa tem 845 milhões de usuários ativos por todo o mundo e uma fortuna em dados. Um aspecto desses dados, os quais o Facebook compartilhou com The Economist, revela alguma correlação entre as atuais amizades do Facebook e as antigas fronteiras de impérios outrora grandiosos.

O mapa abaixo lista 214 países de acordo com a força de seus laços com a Inglaterra, França, Espanha e Portugal, respectivamente. Quanto mais escuro o azul, maior a parcela de conexões estrangeiras com o poder imperial em questão. (O Facebook não divulgou os percentuais, apenas o ranking). Estes têm um alto grau de correspondência com países e territórios que estiveram, parcialmente ou em sua totalidade, em algum momento sob o domínio inglês, francês, espanhol ou português, como pode ser visto no conjunto de mapas inferiores.

A Austrália, a Nova Zelândia e faixas da África Oriental têm os laços mais fortes com a Inglaterra. Usuários da África Oriental têm o maior número de conexões com a França. A América Latina de língua espanhola é mais fortemente ligada à Espanha. Os brasileiros continuam fortemente ligados a Portugal, assim como pessoas de Guiné-Bissau, Moçambique e Angola.








Lei: Forças Armadas querem proibir tatuagens

A Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional aprovou na quarta-feira dois projetos de lei que estabelecem requisitos para o ingresso em cursos de formação do Exército e da Marinha do Brasil. Os projetos ainda precisam ser analisados pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.
De acordo com o que foi aprovado na primeira comissão, fica proibido o uso de tatuagens cujas dimensões ou natureza prejudiquem a camuflagem e comprometam as operações militares. O candidato também não pode possuir tatuagem que faça alusão à ideologia terrorista ou extremista, violência, criminalidade, ideia ou ato libidinoso, discriminação ou preconceito de raça, credo, sexo ou origem ou ainda ideia ofensiva às Forças Armadas.

Os projetos abordam outros pontos como idoneidade moral, bons antecedentes, cumprimento das obrigações eleitorais e do serviço militar e condições psicofísicas. Foram definidos limites de idade, limites máximo e mínimo de altura.

Exército

Pelo projeto, fica proibido o casamento para ingresso em alguns cursos, como o preparatório de cadetes. Além disso, são determinadas alturas mínimas: 1,60 metro para homens e 1,55 m para mulheres. Os limites de idade variam de 16 a 36 anos, de acordo com a carreira pretendida. Para cursar o preparatório de cadetes, a idade exigida é entre 16 e 21 anos.
Marinha

A altura mínima exigida para candidatos de cursos da Marinha é de 1,54 metro e a máxima, 2 metros – exceto para candidatos ao Colégio Naval, cuja a máxima é de 1,95 m. Os limites de idade variam de 15 a 35 anos, também de acordo com a carreira pretendida. Para admissão no Colégio Naval, por exemplo, a idade exigida varia de 15 a 18 anos.

Tatuagens

As exigências para se prestar concursos para as polícias militares dos Estados também têm capítulos que abordam as tatuagens. No Rio de Janeiro e São Paulo, tatuagens são permitidas desde que estejam de acordo com algumas regras determinadas pelas corporações.

Em São Paulo o edital do concurso informa que a "tatuagem não poderá atentar contra a moral e os bons costumes; deverá ser de pequenas dimensões, sendo vedado cobrir regiões ou membros do corpo em sua totalidade, e, em particular, região cervical, face, antebraços, mãos e pernas; não poderá estar em regiões visíveis quando da utilização de uniforme de treinamento físico, composto por uma camiseta branca meia manga, calção azul-royal, meias brancas, calçado esportivo preto, conforme previsão do Regulamento de Uniformes da Polícia Militar do Estado de São Paulo".

Já em Estados como o Rio Grande do Sul e Minas Gerais, candidatos entraram na Justiça após serem barrados nos concursos, mesmo após serem aprovados em outras fases, por possuírem tatuagens em alguma parte do corpo.

Tecnologia digital e as TVs públicas

A transição do sistema analógico para o digital poderá fortalecer as televisões públicas. Essa é a opinião do secretário de Telecomunicações do Ministério das Comunicações, Maximiliano Salvadori, que participou nesta quinta-feira (22), na Câmara, do seminário Regulação da Comunicação Pública. “Agora estão todos no mesmo patamar, é o momento das TVs públicas se fortalecerem com melhor qualidade e massificação da transmissão.”
Para Salvadori, a TV pública pode ser “a ponta de lança de um projeto estruturante” para a TV digital no Brasil. Para isso, ele considera que a prioridade é a criação da infraestrutura de transmissão.
Segundo o secretário, uma possibilidade é aproveitar o modelo de transmissão vigente, em que o sinal é distribuído nacionalmente por satélite e difundido localmente por retransmissoras. “É uma alternativa. Com o grande mérito de permitir massificar rapidamente a cobertura pela TV digital.”

Participação

Para o professor Luiz Fernando Gomes Soares, da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), a comunicação pública depende de participação social. Ele afirmou que, para efetivar essa participação, é preciso dar direito ao acesso à informação e também ao conhecimento sobe como gerar e distribuir conteúdo.
Para dar a dimensão do desafio, o professor ressaltou que apenas 27% da população brasileira têm acesso a computador com internet. Nas classes D e E, esse índice não passa de 3%. Nesse extrato, segundo ele, 81% das pessoas nunca usaram a internet. Em compensação, mesmo nos setores mais pobres, a televisão está em 95% dos domicílios. O índice brasileiro, se consideradas todas as classes sociais, é de 98%.

Fernando Soares disse que o sucesso da TV pública depende também da produção de conteúdos adequados à tecnologia digital, com instrumentos reais de interatividade. “Hoje ocorre apenas a replicação da web na TV. Isso é muito ruim, precisamos de aplicações muito mais criativas”, afirmou.

Interatividade

O chefe do Laboratório de TV Digital da Universidade Presbiteriana Mackenzie, Gunnar Bedicks, lembrou que o espaço hoje ocupado por um canal analógico, de 6 mega-hertz, poderá ser utilizado para transmitir até 11 emissoras no sistema digital, dependendo da tecnologia utilizada. Segundo o especialista, isso já ocorre em países como a Suécia e os Estados Unidos.
Nesse novo sistema, as emissoras terão a possibilidade de adotar o chamado canal de retorno, em que o telespectador poderá interagir com o canal. A TV Câmara, por exemplo, desenvolve um aplicativo, em parceria com a PUC/RJ, para permitir a interação com o público. A diretora da Secretaria de Comunicação da Câmara, Sueli Navarro, afirmou que uma das possibilidades será clicar sobre o deputado durante as transmissões do Plenário para saber informações sobre ele.

Democratização

Sueli Navarro disse que o único caminho para a democratização da comunicação passa pelo fortalecimento da televisão pública. “A televisão atinge 98% da população, é um instrumento fundamental para levar informação.”
Como exemplo de medidas para ampliar o acesso às TVs públicas, Navarro citou a formação da Rede Legislativa, integrada pelas TVs Câmara e Senado e pelas emissoras das assembleias estaduais e das câmaras de vereadores. O sistema já opera em São Paulo e, em breve, chegará a outras capitais e ao interior do País. Por meio da rede, as televisões legislativas serão exibidas em sinal digital aberto e gratuito.

Tecnologia: pixeon lança nova versão de PACS

A catarinense Pixeon lançou nesta quinta-feira (22) a terceira versão do software PACS, batizado de Aurora 3.0. De acordo com o CEO da empresa, Fernando Peixoto, este é o único PACS do mercado que não precisa fazer transferência de imagens multi-slices para o servidor e depois para as estações diagnósticas. Segundo o executivo, o processamento das imagens já é realizado diretamente no servidor, o que elimina tempo e custo.
“Hoje a reconstrução da imagem dos concorrentes normalmente está na estação diagnóstica. O custo do hardware na ponta é muito maior. Essa tecnologia não tem mais o segundo passo. Esse tempo de processamento que oscilava entre 30 segundos a um minuto e meio, agora, se transforma 5 segundos por exame”, enfatiza Peixoto.
Atualmente, entre dois a três dias úteis de um radiologista por mês é gasto com a espera da chegada de tomografias multi-slices, levando em conta que cada equipamento faz, em média, 60 exames por dia e o profissional espera cerca de um minuto para o processamento.
“O impacto financeiro disso é grande. Essa diminuição de tempo é inédita no mercado em termos de PACS”, diz Peixoto.
A versão 3.0 traz como principais destaques, os módulos Arya, que consiste em uma ferramenta de interpretação mais performática que a anterior; Fluens, que reconstrói imagens em tempo real, permitindo centralizar e melhorar o gerenciamento e a administração de dados; e Lumine, onde o diagnóstico assistido por computador – CAD Pulmonar, no caso da Piexeon -, oferece uma segunda opinião digital ao radiologista.
Os clientes que já são da Pixeon e possuem tais soluções têm direito à atualização dos softwares de forma gratuita.

Tecnologias que economizam energia e dinheiro

Os fabricantes de eletrodomésticos estão se esforçando para que os consumidores ecologicamente corretos possam viver de forma verde. De acordo com o site Mashable Tech, as empresas não apenas conseguiram criar tecnologias verdes como também fizeram delas artigos de luxo e conforto.
Esse tipo de produto vem atender uma crescente demanda de mercado, com consumidores que desejam não apenas preservar o ambiente como também economizar. De acordo com uma pesquisa realizada em 2011 pela Consumer Eletronics Association (CEA), nos Estados Unidos, 60% das pessoas entrevistadas disseram estar preocupadas com sua conta de luz, mas apenas 36% haviam pensado em alguma solução.
Pensando nisso, o site reuniu cinco lançamentos, com tecnologias de ponta, que prometem funcionamento verde e ainda economia financeira. Embora todas elas estejam ainda distantes da realidade brasileira, vale a pena conferir e saber o que o futuro nos reserva:

Termostato inteligente


Muito usado em países onde o aquecedor é uma necessidade durante os meses de inverno, o termostato é também uma das chaves para se economizar energia nas casas. Este modelo, fabricado pela Nest Labs, consegue ajustar a temperatura da casa baseado nos horários e no estilo de vida dos moradores. Feito em aço inoxidável e com o visual feito pelos criadores do design do iPod, ele acaba se tornando uma peça de decoração.
Eletrodomésticos amigos da natureza
A LG pretende lançar ainda este ano, na América do Norte, a Lavadora Smart. Com tecnologia Wi-Fi e capaz de realizar diagnósticos de problemas, ela promete reconhecer os horários fora de pico e usar a energia para seus ciclos mais demorados apenas nesse período. Além disso, como é Wi-Fi, pode ter manutenção feita pela rede de forma mais prática e rápida.

Adaptadores espertos


Empresas com a Green Plug, nos Estados Unidos, oferecem soluções para que os aparelhos sejam recarregados em casa com a quantia exata de energia - estima-se que isso seja uma das fontes de desperdício de energia. O adaptador faz com que, uma vez recarregado, o aparelho pare de "sugar" a energia da tomada.

Luzes automáticas


A automação também chegou às luzes da casa. Além da utilização das lâmpadas com LED, que consomem menos energia, agora é comum usar programas que acendem e apagam as lâmpadas dos cômodos da casa. A tecnologia é muito usada principalmente para quem está de férias e quer dar a ideia de que existe alguém na residência.

Uma cidade ecológica


A Panasonic planeja construir uma cidade ecológica no Japão em 2014. O projeto terá mais de mil casas com painéis de captação solar e até uma bateria de lítio interna, capaz de armazenar energia para sustentar a residência por até uma semana.

quarta-feira, 21 de março de 2012

Relógio atômico o mais preciso


A precisão extrema deste relógio, 100 vezes superior à dos atuais relógios atômicos, provém do núcleo de um só íon de tório, acrescenta um artigo da revista "Physical Review Letters".
Além dos cientistas da Geórgia, no Alabama, participam do projeto físicos da Universidade de Nova Gales (Austrália) e do Departamento de Física da Universidade de Nevada (EUA), em um trabalho parcialmente financiado pelo Escritório Naval de Pesquisas e pela Fundação Nacional de Ciências dos EUA.
O relógio atômico poderia ser útil para algumas comunicações confidenciais e para o estudo de teorias fundamentais da física. Além disso, poderia aumentar a precisão do sistema GPS.
Os relógios mecânicos usam um pêndulo, cujas oscilações medem o tempo. Já nos relógios modernos, são cristais de quartzo que fornecem as oscilações de alta frequência.
A precisão dos relógios atômicos provém das oscilações dos elétrons nos átomos induzidas por raio laser. Entretanto, estes elétrons podem afetar os campos magnéticos e elétricos e, por isso, estes relógios às vezes sofrem um desvio de aproximadamente quatro segundos ao longo da existência do universo.
Os nêutrons são muito mais pesados que os elétrons e estão agrupados com mais densidade no núcleo atômico, de modo que são menos suscetíveis a tais transtornos.
Segundo o artigo do Instituto Tecnológico da Geórgia, para criar as oscilações, os pesquisadores planejam o uso de um laser que opera em uma frequência de 1 quatrilhão de oscilações por segundo para fazer com que o núcleo de um íon de tório passe a um estado de energia mais elevado.
A "sintonização" de um laser que crie esses estados de energia mais altos permitiria que os cientistas fixassem sua frequência com muita precisão, e essa frequência seria usada para marcar o tempo, ao invés do tique-taque de um relógio ou do balanço de um pêndulo.
Os projetistas encaram outro problema: para que o relógio atômico seja estável, é preciso mantê-lo a temperaturas muito baixas, próximas ao zero absoluto (-273°C).
Para produzir e manter tais temperaturas, habitualmente os físicos usam um arrefecimento a laser. Contudo, neste sistema, isso é um problema, porque a luz do laser também é usada para criar as oscilações que marcam a passagem do tempo.
Segundo o artigo, os pesquisadores incluem um único íon de tório 232 com o íon de tório 229, que serão usados na marcação do tempo. Cada um destes íons recebe uma frequência de onda diferente.
Os cientistas esfriaram o íon mais pesado, e isso reduziu a temperatura do "íon relógio" sem afetar suas oscilações.

Neurociências: militares cautelosos


"Temos em mãos uma história futurista que ocorre no presente, diz Jonathan D. Moreno, do Centro de Biotética, do departamento de História, Sociologia da Ciência da Universidade da Pensilvania, coautor do artigo com Michael Tennison, da Universidade Wake Forest, na Carolina do Norte.
"Tudo o que aprendemos na última década e continuamos aprendendo a um ritmo acelerado sobre o cérebro é de interesse para quem planeja guerras", acrescentou Moreno. "As agências de inteligência e de defesa financiam e apoiam muitos dos estudos nessa área".
Segundo o artigo, tanto os relatórios do Conselho Nacional de Investigação como a destinação de fundos do Pentágono "revelam o interesse da segurança nacional na neurociência e indicam que os militares estão ansiosos para ver o que podem aproveitar dessa ciência emergente".
Na área da investigação da neurociência cognitiva, a Agência de Projetos de Investigação Avançada do Pentágono (DARPA, na sigla em inglês) recebeu cerca de 240 milhões de dólares no período fiscal 2011, o Exército recebeu 55 milhões, a Marinha 34 milhões e a Força Aérea, 24 milhões.
"O interesse das Forças Armadas no conhecimento, desenvolvimento e aproveitamento da neurociência gera uma tensão na sua relação com a ciência", acrescenta o artigo. "Pode haver um conflito entre as metas de segurança nacional e as metas da ciência", dizem.
Uma das áreas de pesquisa que interessam aos militares, segundo Moreno, é o estímulo das funções cerebrais, tanto para a aprendizagem acelerada dos sistemas e equipamentos, como para a resistência a operações prolongadas sem repouso.
Moreno, autor do livro "Mind Works" (A mente trabalha, em tradução livre) colocou como exemplo "as experiências sobre a interface entre cérebro e máquinas.
"Do ponto de vista da ciência, a investigação e as experiências nos dizem muito sobre o cérebro, mas não têm mostrado muito sobre a comunicação eficaz com os aparelhos", acrescenta.
"A verdade é que dedos, mãos e voz continuam sendo mais eficazes para nos comunicar com os aparelhos dos que o cérebro", diz Moreno. Os operadores dos aviões não tripulados ou robóticos ('drones', em inglês) "continuam usando dedos, mãos, manivelas e botões de controles remotos", disse.
"Talvez algum dia seja possível controlar aparelhos com o pensamento. Mas quando isso for possível, muda a natureza do combate.
Moreno assinalou que tanto "aqueles que trabalham em neurociência como militares são agora mais conscientes do que há cinco anos sobre o rápido avanço da área".
"Para os cientistas esse é um debate ético que remonta ao desenvolvimento de armas nucleares", disse. "é o debate sobre a responsabilidade dos cientistas, mas eles nem sempre podem antecipar qual será o uso da ciência",
"Entre os militares há um debate similar. Alguns consideram uma desonra uso dos 'drones'", conclui.


terça-feira, 20 de março de 2012

Recife: transporte público da RMR terá monitoramento via GPS


O transporte público da Região Metropolitana do Recife será profissionalizado. O primeiro passo foi a criação do Sistema Inteligente de Monitoramento da Operação (Simop), que a partir de hoje poderá acompanhar em tempo real o andamento das 385 linhas que circulam nas 14 cidades da RMR. Além do sistema, será votado em abril pelo Conselho Superior de Transporte Metropolitano (CSTM) um regulamento que prevê punição a empresas que tiverem linhas em atraso.
O sistema de monitoramento receberá dados dos GPSs que estão implantados nos cerca de 3 mil ônibus e poderá mensurar em quanto tempo cada veículo irá concluir a viagem no tempo correto e quanto tempo falta para o ônibus passar em cada parada. A partir da demanda gerada pelo GPS, os 50 fiscais contratados vão atuar no local orientando os motoristas sobre congestionamentos e possíveis desvios de rota.
Esse monitoramento também poderá ser feito pelo usuário dos ônibus, que através de SMS receberão no telefone celular informações sobre o tempo que falta para o veículo chegar a determinado ponto. Para isso, será necessário enviar mensagem para o número 49214 com o código PREV mais o número da parada (que deve ser em 6 dígitos) e o número da linha (3 dígitos). O custo é de R$ 0,31, além de impostos. Também estarão disponíveis telas de LCD nos terminais integrados.
De acordo com o Grande Recife Consórcio de Transporte, será utilizado um sistema de cobrança e fiscalização, para que as empresas se esforcem para cumprir os horários, podendo ser multadas de até R$ 1.182,50 ou perder o direito de concessão de determinada linha. Para isso, será feita uma licitação no início de maio, para formalizar contrato com as empresas. Sendo assim, o sistema de transporte público deixa de ser de permissão e passa a ser regido por contratos de concessão, podendo o Grande Recife cobrar mais eficiência e dando mais segurança para as empresas investirem em estrutura.

Nanotecnologia reduzindo custos na descoberta de medicamentos

Cientistas da Universidade Estadual da Florida, nos EUA, desenvolveram uma nova tecnologia capaz de reduzir o custo da descoberta de novos medicamentos. A abordagem tem potencial para melhorar o acesso a cuidados de saúde melhores e tornar possível o desenvolvimento de quimioterapia personalizada.

A pesquisa consiste na miniaturização da primeira fase de um processo utilizado pelas companhias farmacêuticas para descobrir novos remédios.

Atualmente as empresas usam grandes laboratórios especializados para testar centenas de compostos em culturas de células diferentes num processo conhecido como triagem de alto rendimento. O custo do equipamento e da mão-de-obra é elevado, mesmo que apenas uma pequena fração dos compostos testados vá passar para a próxima fase de testes.

A tecnologia, desenvolvida pelo pesquisador Steven Lenhert, miniaturiza esse processo estampando todos os compostos sobre uma superfície de vidro única e testando-os em células utilizando uma técnica inovadora envolvendo micromatrizes de lipossomas.

Se for totalmente empregada na indústria farmacêutica, esta tecnologia tornaria o custo deste processo mil vezes mais barato, criando o potencial para tratamentos de cancro personalizados, reduzindo o custo de medicina e tornando cuidados de saúde de melhor qualidade mais acessíveis.

O grupo de pesquisa está planejando testes em medicamentos necessários para atingir benefícios relevantes. Para aplicações na medicina personalizada, a técnica pode ser testada em células obtidas de pacientes por meio de biopsias para que os médicos possam determinar quais drogas vão funcionar em um indivíduo em particular.

Lenhert espera que a tecnologia possa ser disponibilizada comercialmente em alguns anos.

Empreiteiras do aborto instrumentalizam senadoras

No Dia Internacional da Mulher, senadoras financiadas por empreiteiras do aborto como a Fundação Ford, Rockefeller e McArthur foram surpreendidas por uma mulher comum que denunciou: o movimento feminista é, sim, instrumentalizado para agir contra a mulher.

Veja o vídeo:


domingo, 18 de março de 2012

Pastores da Igreja Mundial são presos por Tráfico de Armas



A apreensão de sete fuzis foi na BR-262, que liga Corumbá a Campo Grande. As armas iriam para o Rio de Janeiro.
Em Mato Grosso do Sul, a Polícia Rodoviária Federal apreendeu fuzis que iriam abastecer traficantes da Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Três pessoas foram presas.
Os policiais faziam uma operação de rotina para revistar carros, mas ao vasculhar atrás de forros e embaixo dos bancos, a surpresa: sete fuzis desmontados.
A apreensão foi na BR-262, que liga Corumbá a Campo Grande, em Mato Grosso do Sul. Segundo a polícia, os dois ocupantes do veículo, Sebastião Braz Neto, de 42 anos, e Felipe Jorge Freitas, de 33, são pastores evangélicos.
De acordo com os investigadores, os dois pastores disseram que mais uma pessoa estava envolvida no esquema de tráfico internacional de armas. Os policiais seguiram as indicações dos bandidos e prenderam o suspeito em Campo Grande. Ele também é pastor.
Francisco de Moura, de 31 anos, foi preso em casa. Os três religiosos são da Igreja Mundial do Poder de Deus.
Segundo a polícia, o grupo contou que as armas vieram da Bolívia e seriam entregues a traficantes do Morro do Martins, em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Os fuzis são do modelo M15, fabricados nos Estados Unidos.
“É um armamento usado em guerra, muito potente, muito moderno. É uma arma extremamente perigosa”, disse Valter Favaro, da Polícia Rodoviária Federal (MS).
Ninguém da Igreja Mundial do Poder de Deus, em Campo Grande, se manifestou sobre a prisão dos pastores.

Valdemiro Santiago é uma fraude


Ainda vão acreditar nisso?

Parem de dar dízimos, ofertas e ir nesta igreja falsa. Este homem está mentindo, as curas são todas curas psicológicas, dores de cabeça, dor de garganta, dor de perna, e todas as doenças ditas terminais, cegueiras e doenças graves são tudo curadas pela medicina e lá são feito os testemunhos pois as pessoas pensam que foi por causa daquela igreja que foram curadas.
FALSO PROFETA VALDOMIRO SANTIAGO, SÓ PEDE DINHEIRO E NÃO FAZ NADA DE BOM!!


As pessoas que se acham curadas eu digo com certeza: Voces não estão sendo curados, é um efeito placebo, pois muitas das doenças são psicossomáticas e outras aliviam as dores na hora da emoção. Nos cultos há cânticos e orações e isso funciona como uma válvula de escape.

Quem gosta de música, ir dançar ou qualquer coisa que mexa com a emoção pode tirar qualquer dor.
Parem de sustentar o Falso profeta!

Assistamos a tv record de hoje 18/03/2012

sábado, 17 de março de 2012

Floating Touch, ou "Toque Flutuante"

Nesta semana a Sony apresentou um aparelho que será lançado com uma tecnologia bastante curiosa, que permite a tela de toque funcionar sem o toque físico, o Xperia Sola. Chamada de Floating Touch, ou "Toque Flutuante" a novidade deixou muita gente - como nós - com a pulga atrás da orelha, mas nós descobrimos como ela funciona sem sequer ver a impressão digital do usuário.
A tecnologia utilizada pela Sony no Xperia Sola faz com que sua tela seja capaz de detectar os dedos com no máximo 20 mm de distância, o que permite o controle do aparelho sem tocar o vidro. Esta mágica foi explicada por Erik Hellman, engenheiro e pesquisador para a Sony Mobile e um dos inventores da novidade.
Para entender o funcionamento do Floating Touch, precisamos lembrar que há dois tipos de telas de toque capacitivo, que utiliza a diferença na condutividade de energia para determinar a posição dos dedos. A primeira se chama "Self Capacitive" e consegue detectar o dedo já nos 20 mm de distância, mas não consegue notar se há mais de um no mesmo display. A segunda é a capacitiva comum dos smartphones, que detecta mais de um dedo, mas a força do sinal é baixa demais para notar algo distante do vidro.
A Sony modificou algo dentro das duas tecnologias e misturou ambas. Desta forma, você tem tanto uma tela self capacitive quanto uma capacitiva convencional em um só local. Isso ocorreu coma elevação do sensor de toque para mais próximo do vidro e o outro sensor foi para baixo. Isto permitiu que o Xperia Sola possa entender tanto um dedo longe, quando vários perto.



O problema é que, para funcionar corretamente, os apps precisam receber instruções para esta nova tela. Até então, apenas o navegador do smartphone e seus live wallpapers foram criados desta forma. A Sony promete que vai liberar a API para que os desenvolvedores criem seus aplicativos com esta funcionalidade, junto do Android Ice Cream Sandwich, o que nos faz perguntar: "Qual o motivo da Sony não ter entregado este API antes, para oferecer uma gama de apps já prontos?"

Nanocola


Os avanços da nanotecnologia chegaram às colas e adesivos. Engenheiros da Universidade da Califórnia, em Davis, nos Estados Unidos, criaram uma nanocola.
Ela é nano porque, em vez de uma película relativamente grossa, a nanocola forma um filme com a espessura de algumas poucas moléculas.
Colagem de processadores
Segundo Yuzhe Ding e seus colegas, ela é ideal para uso na microeletrônica, onde os processadores 3D exigem técnicas inovadoras para a colagem das diversas pastilhas de silício, umas em cima das outras.
Em Setembro do ano passado, a IBM anunciou que estava pronta para colar até 100 núcleos em um processador 3D, mas que, para isso, faltava inventar uma cola adequada. Parece que a encomenda acaba de ser atendida.
"O próprio material, ou seja, as pastilhas de silício, vão se quebrar antes que a cola se solte," garante o professor Tingrui Pan.
E há outras vantagens: a nanocola pode ser aplicada por impressão e é boa condutora de calor, o que significa que os núcleos empilhados do processador 3-D não ficarão termicamente isolados.
Problema que vira oportunidade
A nanocola é feita com base em um material bem conhecido, o PDMS (polidimetilsiloxano), que geralmente deixa um resíduo ultrafino quando é colocado sobre uma superfície lisa.
Esse resíduo é geralmente um incômodo quando se trabalha com o polímero, mas os pesquisadores imaginaram que essa aderência poderia ser explorada como cola.
Eles então otimizaram as propriedades adesivas do PDMS tratando o resíduo superficial com oxigênio.
Além dos chips, os pesquisadores afirmam que a nanocola também poderá ter aplicações domésticas, principalmente para colar objetos em superfícies lisas, como azulejos.

Nanotecnologia: a criação do homem

O físico norte-americano Richard Feynman (1918-1988) apresentou um estudo em dezembro de 1959 a respeito do poder de manipulação de átomos e moléculas, gerando componentes tão pequenos que se tornavam invisíveis a olho nu. Mas essa ideia era muito avançada para a época. Após 30 anos, a ideia de Feynman tomou forma na ciência do “muito pequeno”, a nanotecnologia, chamada assim por causa dos objetos de estudo que são medidos em nanômetros. Um nanômetro (nm) equivale a um bilionésimo de metro.

Por meio de uma provável manipulação da movimentação do átomo seria possível construir supercomputadores que caberiam no bolso, microssondas para testes sanguíneos dentro do corpo humano, etc. Tudo isso gira em torno de previsões e estudos que perduraram durante décadas.
A nanotecnologia é aplicada em mais de 800 produtos atualmente. Os processadores de computador são, provavelmente, os componentes eletrônicos que mais utilizam a nanotecnologia. No mercado encontram-se processadores de 45 nm, os quais possuem tecnologia suficientemente avançada para trabalhar em alta velocidade. Evidentemente, o processador não tem dimensões em nanômetros, mas as peças dentro dele são desta escala.

Produtos
Além dos processadores, as placas de vídeo têm vários componentes nanoscópicos. Tanto a NVIDIA como a ATI possuem processadores gráficos (os famosos GPUs) elaborados com tecnologia nano. Cada novo modelo que sai, os GPUs ficam mais poderosos e, ao mesmo tempo, utilizam uma tecnologia nano em menor escala. Algumas placas concentram nanotecnologia de 90 nm. Já as mais modernas usam 55 nm ou até menos.

Os videogames possuem muitos componentes internos e tudo cabe em um espaço tão pequeno que, graças à nanotecnologia utilizada em vários desses componentes, os aparelhos deixaram de ser caixas enormes e pesadas. Os video- games tornaram-se verdadeiras plataformas de entretenimento. Porém, essa tecnologia não foi criada apenas para ajudar na informática, mas para revolucionar em qualquer área onde fosse necessária. Atualmente, pode-se relatar a aplicação da nanotecnologia na medicina, na química, na física quântica, nas indústrias que criam protótipos aeroespaciais, refinarias e em muitas outras áreas.
O desenvolvimento da nanotecnologia é importante para Brasil e Portugal, pois as indústrias brasileiras e portuguesas terão de competir internacionalmente com novos produtos para recuperar e retomar o crescimento econômico dos dois países. Essa competição se tornará bem-sucedida a partir do surgimento de produtos e processos inovadores que se comparem ou superem os melhores produtos oferecidos pela indústria mundial.


Uma das consequências da utilização da nanotecnologia é a nanopoluição, gerada por nanomateriais ou durante a confecção desses. Esse tipo de poluição é formada por nanopartículas e pode ser mais perigosa que a poluição existente no planeta, pois pode flutuar facilmente pelo ar por grandes distâncias. As células não têm as armas necessárias para lidar com os nanopoluentes, o que provocaria danos ainda não conhecidos, principalmente pelo fato de não existirem na natureza.

A revolução da ciência
Zulmira Lacava, coordenadora do Centro de Nanotecnologia e Nanobiotecnologia (Cenano) da Universidade de Brasília (UnB), diz que a nova tendência revolucionou vários setores, como o meio ambiente, a saúde, a construção civil, as máquinas e os robôs. “A memória dos computadores será baseada em nanomotores. O espaço será maior e o funcionamento, mais rápido”, explica Lacava. Na medicina, há aparelhos para diagnosticar determinadas doenças, as quais não podem ser detectadas apenas embasadas em sintomas e exames comuns. Além disso, a nanotecnologia é muito utilizada para criar remédios. O Cenano tem vários laboratórios com muitas linhas de atuação, dentre eles um apenas para câncer de pele.

quinta-feira, 15 de março de 2012

Como fazer Jejum e abstinência

O jejum consiste em fazer uma só refeição forte ao dia. A abstinência consiste em não comer carne. A Quarta-feira de Cinzas e a Sexta-feira Santa são dias de abstinência e jejum. A abstinência é obrigatória a partir dos quatorze anos e o jejum dos dezoito aos cinqüenta e nove anos de idade.
Com estes sacrifícios, trata-se de que todo nosso ser (alma e corpo) participe em um ato pelo qual se reconheça a necessidade de fazer obras com as quais reparemos o dano causado com nossos pecados e para o bem da Igreja.
O jejum e a abstinência podem ser trocados por outro sacrifício, dependendo do que ditem as Conferências Episcopais de cada país, pois elas têm autoridade para determinar as diversas formas de penitência cristã.
Por que o Jejum?
É necessário dar uma profunda resposta a esta pergunta, para que fique clara a relação entre o jejum e a perfeição espiritual que aproxima o homem a Deus.
O abster-se de comida e bebida tem como fim introduzir na existência do homem não somente o equilíbrio necessário, mas também o desprendimento do que se poderia definir como “atitude consumística”.
Tal atitude veio a ser em nosso tempo uma das características da civilização ocidental. O homem, orientado aos bens materiais, muito freqüentemente abusa deles. A civilização se mede então segundo quantidade e a qualidade das coisas que estão em condições de prover ao homem apenas quanto às necessidades terrenas.
Esta civilização de consumo fornece os bens materiais não somente para que sirvam ao homem em ordem a desenvolver as atividades criativas e úteis, mas cada vez mais para satisfazer os sentidos, a excitação que deriva deles, o prazer, uma multiplicação de sensações cada vez maior. O homem de hoje deve abster-se de muitos meios de consumo, de estímulos, de satisfação dos sentidos.
Jejuar significa abster-se de algo. Não é uma renúncia pela renúncia. É para melhor e mais equilibradamente o homem realizar seu fim terreno: conhecer, amar e servir a Deus e, dessa forma, salvar a própria alma.

Polícia Federal divulga edital com 600 vagas para papiloscopista e agente

A Polícia Federal publicou no Diário Oficial da União desta quinta-feira (15) dois editais de concurso público para o provimento de 100 vagas no cargo de papiloscopista e 500 oportunidades para agente de Polícia Federal. A remuneração é de R$ 7.514,33 para ambos os cargos.
Para concorrer, os candidatos devem ter diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior em nível de graduação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação.
Os interessados devem realizar a inscrição entre 16 de março e 3 de abril no site do Cespe/UnB, organizador do concurso. A taxa é de R$ 125.

Para os que não dispuserem de acesso à Internet, o Cespe/UnB disponibilizará locais com acesso, nos endereços listados no item 4.3 dos editais.

Processo seletivo

A seleção será composta por prova objetiva, prova discursiva, exame de aptidão física, exame médico, avaliação psicológica e investigação social.

A aplicação da prova objetiva está prevista para 6 de maio, no turno da tarde. Os locais e os horários dos exames objetivo e discursivo serão publicados, em edital, no Diário Oficial da União e divulgados na Internet, nowww.cespe.unb.br/concursos, na data provável de 30 de abril de 2012.

As informações foram fornecidas pelo Cespe/UnB. É recomendável confirmar datas e horários para se prevenir de alterações posteriores à publicação deste texto.

terça-feira, 13 de março de 2012

Yahoo processa Facebook

O Yahoo iniciou nessa segunda-feira uma ação judicial contra o Facebook por violação de dez de suas patentes, em particular sobre publicidade e defesa da privacidade.

A ação foi apresentada na corte federal de San José, Califórnia, segundo cópia do documento publicada no site All Things Digital.

"Para grande parte da tecnologia na qual o Facebook se baseia, Yahoo chegou primeiro e tem registros no Gabinete de Patentes dos Estados Unidos para proteger estas inovações", destaca a ação.

"As patentes do Yahoo estão relacionadas com inovações de vanguarda em produtos digitais, incluindo mensagens, geração de notícias RSS, comentários sociais, publicidade, prevenção de fraude e controle de privacidade".

"Todo o modelo da rede social Facebook, que permite aos usuários criar perfis e se conectar com outras pessoas e empresas é baseado na tecnologia de redes sociais patenteada pelo Yahoo".

Facebook, fundado em 2004, uma década após o Yahoo, se disse "decepcionado" com o site, com o qual tem uma relação de longo tempo e já fez bons negócios.

"Mais uma vez, tivemos conhecimento da decisão do Yahoo ao mesmo tempo que a imprensa. Vamos nos defender vigorosamente contra esta iniciativa surpreendente".

Arqueia: é o ser vivo mais rápido do mundo


Cientistas da Universidade de Regensburg descobriram que o ser vivo proporcionalmente mais rápido do mundo é a arqueia, um tipo de microrganismo unicelular capaz de percorrer em um segundo uma distância 500 vezes superior ao seu tamanho, anunciou nesta segunda-feira, 12, a instituição alemã.
O guepardo, capaz de alcançar a velocidade de até 110 km/h, é considerado o animal mais rápido do planeta, mas em relação com seu tamanho, o ser vivo mais veloz é, com uma medida de apenas 0,0001 milímetro, este grupo de arqueobactérias, afirmaram os biólogos.
Assim, as arqueias mais rápidas são capazes de percorrer uma distância de até 500 bps (bodies per second ou corpos por segundo).
Segundo estes cálculos, para superar estes microrganismos unicelulares, o guepardo teria que alcançar uma velocidade de mais de 3 mil km/h, já que seus 110 km/h correspondem somente a cerca de 15 bps.
A exorbitante velocidade não é o único fato excepcional sobre as arqueias, mas também seu exótico habitat, afirmam os cientistas. Estes microrganismos se encontram principalmente próximos de emissões vulcânicas, ou seja, fontes de até 400 graus celsius no leito oceânico.
As arqueias dependem precisamente de sua velocidade para poder se manter de forma permanente nas águas a uma temperatura de cerca de cem graus, já que se fossem mais lentas, poderiam ser arremessadas pelo jato de água das emissões até a superfície do oceano, com temperaturas mortais de apenas 2 graus.
Os cientistas fizeram outro surpreendente descobrimento: as arqueias não se caracterizam apenas por sua inigualável velocidade, mas também por variar seu movimento, já que são capazes de se movimentar tanto em linha reta como em ziguezague.
Para o professor Reinhard Wirth, do Centro para o estudo das arqueias da Universidade de Regensburg, esta capacidade de variar a forma de deslocamento permite a estes velozes microrganismos detectar as condições de água ideais.

domingo, 11 de março de 2012

Sobre a televisão

A situação é extremamente preocupante: no Brasil, há uma televisão de altíssimo nível técnico e baixíssimo nível de programação. Sem nenhum controle ético por parte da sociedade, os chamados canais abertos (aqueles que se podem assistir gratuitamente) fazem a cabeça dos brasileiros e, com precisão satânica, vão destruindo tudo que encontram pela frente: a sacralidade da família, a fidelidade conjugal, o respeito e veneração dos filhos para com os pais, o sentido de tradição (isto é, saber valorizar e acolher os valores e as experiências das gerações passadas), as virtudes, a castidade, a indissolubilidade do matrimônio, o respeito pela religião, o temor amoroso para com Deus.

Na telinha, tudo é permitido, tudo é bonitinho, tudo é novidade, tudo é relativo! Na telinha, a vida é pra gente bonita, sarada, corpo legal… A vida é sucesso, é romance com final feliz, é amor livre, aberto desimpedido, é vida que cada um faz e constrói como bem quer e entende! Na telinha tem a Xuxa, a Xuxinha, inocente, com rostinho de anjo, que ensina às jovens o amor liberado e o sexo sem amor, somente pra fabricar um filho… Na telinha tem o Gugu, que aprendeu com a Xuxa e também fabricou um bebê… Na telinha tem os debates frívolos do Fantástico, show da vida ilusória… Na telinha tem ainda as novelas que ensinam a trair, a mentir, a explorar e a desvalorizar a família… Na telinha tem o show de baixaria do Ratinho e do programa vespertino da Bandeirantes, o cinismo cafona da Hebe, a ilusão da Fama… Enquanto na realidade que ela, a satânica telinha ajuda a criar, temos adolescentes grávidas deixando os pais loucos e a o futuro comprometido, jovens com uma visão fútil e superficial da vida, a violência urbana, em grande parte fruto da demolição das famílias e da ausência de Deus na vida das pessoas, os entorpecentes, um culto ridículo do corpo, a pobreza e a injustiça social… E a telinha destruindo valores e criando ilusão…

E quando se questiona a qualidade da programação e se pede alguma forma de controle sobre os meios de comunicação, as respostas são prontinhas: (1) assiste quem quer e quem gosta, (2) a programação é espelho da vida real, (3) controlar e informação é antidemocrático e ditatorial… Assim, com tais desculpas esfarrapadas, a bênção covarde e omissa de nossos dirigentes dos três poderes e a omissão medrosa das várias organizações da sociedade civil – incluindo a Igreja, infelizmente – vai a televisão envenenando, destruindo, invertendo valores, fazendo da futilidade e do paganismo a marca registrada da comunicação brasileira…

Um triste e último exemplo de tudo isso é o atual programa da Globo, o Big Brother (e também aquela outra porcaria, do SBT, chamada Casa dos Artistas…). Observe-se como o Pedro Bial, apresentador global, chama os personagens do programa: “Meus heróis! Meus guerreiros!” – Pobre Brasil! Que tipo de heróis, que guerreiros! E, no entanto, são essas pessoas absolutamente medíocres e vulgares que são indicadas como modelos para os nossos jovens!

Como o programa é feito por pessoas reais, como são na vida, é ainda mais triste e preocupante, porque se pode ver o nível humano tão baixo a que chegamos! Uma semana de convivência e a orgia corria solta… Os palavrões são abundantes, o prato nosso de cada dia… A grande preocupação de todos – assunto de debates, colóquios e até crises – é a forma física e, pra completar a chanchada, esse pessoal, tranqüilamente dá-se as mãos para invocar Jesus… Um jesusinho bem tolinho, invertebrado e inofensivo, que não exige nada, não tem nenhuma influência no comportamento público e privado das pessoas… Um jesusinho de encomenda, a gosto do freguês… que não tem nada a ver com o Jesus vivo e verdadeiro do Evangelho, que é todo carinho, misericórdia e compaixão, mas odeia o fingimento, a hipocrisia, a vulgaridade e a falta de compromisso com ele na vida e exige de nós conversão contínua! Um jesusinho tão bonzinho quanto falsificado… Quanta gente deve ter ficado emocionada com os “heróis” do Pedro Bial cantando “Jesus Cristo, eu estou aqui!”

Até quando a televisão vai assim? Até quando os brasileiros ficarão calados? Pior ainda: até quando os pais deixarão correr solta a programação televisiva em suas casas sem conversarem sobre o problema com seus filhos e sem exercerem uma sábia e equilibrada censura? Isso mesmo: censura! Os pais devem ter a responsabilidade de saber a que programas de TV seus filhos assistem, que sites da internet seus filhos visitam e, assim, orientar, conversar, analisar com eles o conteúdo de toda essa parafernália de comunicação e, se preciso, censurar este ou aquele programa. Censura com amor, censura com explicação dos motivos, não é mal; é bem! Ninguém é feliz na vida fazendo tudo que quer, ninguém amadurece se não conhece limites; ninguém é verdadeiramente humano se não edifica a vida sobre valores sólidos… E ninguém terá valores sólidos se não aprende desde cedo a escolher, selecionar, buscar o que é belo e bom, evitando o que polui o coração, mancha a consciência e deturpa a razão!

Aqui não se trata de ser moralista, mas de chamar atenção para uma realidade muito grave que tem provocado danos seríssimos na sociedade. Quem dera que de um modo ou de outro, estas linha de editorial servissem para fazer pensar e discutir e modificar o comportamento e as atitudes de algumas pessoas diante dos meios de comunicação…

E se alguém não gostou do que leu paciência!

Por Dom Henrique Soares

Robô-cirurgião de código aberto

A cirurgia assistida por robôs, hoje em dia, é dominada pelo Da Vinci Surgical System, um dispositivo que miniaturiza os movimentos das mãos de um cirurgião de modo a permitir que ele faça incisões minúsculas. Isso leva a menos danos a tecidos, logo a uma recuperação mais rápida do paciente. Quase 2 mil Da Vincis já foram feitos e são usados por todo o mundo em cerca de 200 mil operações ao ano, com mais frequência em histerectomias e remoções de próstata.
O Da Vinci, contudo, não é perfeito. Ele é imóvel e pesa mais de meia tonelada, tornando-o uma carga de difícil entrega, além de custar US$ 1,8 milhão, o que o torna acessível apenas às instituições mais ricas. Além disso, o seu software não é aberto. Ainda que pesquisadores dispostos a experimentar com novas tecnologias robóticas e tratamentos pudessem bancar o custo de uma dessas máquinas, eles não poderiam manipular seu sistema operacional.
Nada disso se aplica ao Raven (O Corvo, em tradução literal), um novo tipo de robô médico com braços parecidos com asas, originalmente desenvolvido para o Exército norte-americano pelos Drs. Blake Hannaford e Jacob Rosen da Universidade da Califórnia, Santa Cruz, como um protótipo para a prática de cirurgias robóticas no campo de batalha. Ao custo unitário de US$ 250 mil, eles são compactos, leves e relativamente baratos. Mais importante ainda para acadêmicos, o Raven é o primeiro robô cirurgião a usar um software de código aberto. Seu sistema operacional baseado em Linuxpermite a qualquer um modificar e aprimorar o código original, criando uma nova maneira para pesquisadores colaborarem e experimentarem.
Universidades pelos Estados Unidos receberam a primeira leva de Ravens em fevereiro. Em Harvard, Rob Howe e sua equipe esperam utilizar um Raven na operação de um coração pulsante, equilibrando automaticamente a sua pulsação. Hoje em dia, cirurgias cardíacas requerem que a pulsação seja interrompida.Enquanto isso, na Universidade da Califórnia, Los Angeles, Warren Grundfest trabalha em modos de dar ao robô uma sensação de toque que por sua vez seria comunicada ao cirurgião. Pieter Abbeel e Ken Goldberg da Universidade da Califórnia, Berkeley, tentarão fazer com que os robôs operem com autonomia ao imitar os gestos de cirurgiões. E o Dr. Rosen trabalhará em pesquisas para permitir que cirurgiões humanos e robóticos trabalhem em conjunto.
Ainda que laboratórios individuais retenham os direitos para suas inovações particulares, o resultado desses estudos e as melhorias sugeridas por eles serão armazenados num repositório online disponível a todos. Hannaford espera que pesquisadores de robótica e amadores irão então cooperar na procura e conserto de problemas na programação do sistema de código aberto.

sábado, 10 de março de 2012

As mais belas Igrejas Católicas e suas histórias


As igrejas existem há muito séculos. Desde o ano 67, sob as ordens do Imperador Romano Claudio Nero, as igrejas têm sofrido toda a espécie de persequições, apesar disso,  têm conseguido  sobreviver.
                                                                 SanPetersburgo

Igreja do Salvador sobre o Sangue Derramado.
O nome oficial é: Igreja da Ressurreição de Cristo.
Foi construída sobre o lugar onde em 13 de Março de 1881, foi   assassinado o Czar Alexandre II.
Deste acontecimento provém o nome de “Sangue Derramado”.

É uma maravilha por dentro e por fora.  O interior está completamente forrado  de mosaicos  com  motivos religiosos.

Na época da União Soviética sofreu grandes estragos.  Depois da Revolução Russa, foi utilizada como armazém.
Foram precisos 30 anos para restaurá-la.
                                                                     Jerusalém

Igreja do Santo Sepulcro, a mais venerada do Cristianismo.
                                                          Capela de Santa Helena
Em 18 de outubro de 1009, o Califa Al Hakin, ordenou a destruição da Igreja  e só no ano 1027 o filho de Al Hakin, deu autorização para a sua reconstrução.
                                                Catedral de São Basílio – Moscovo
Construída em 1555 a pedido do Czar Ivan, O Terrivel, é uma jóia da arquitetura mundial.  Segundo a lenda, Ivan mandou tirar os olhos ao arquiteto que a construiu, para que não pudesse fazer outra igual ou melhor.
Popularmente conhecida como Catedral de São Basílio, o seu nome é Catedral  da  Intercessão da Mãe de Deus.
                                                          Catedral de Cristo o Salvador
Em 1812, quando as tropas Francesas foram expulsas da Rússia, o Czar Alexandre I  ordenou a construção de uma igreja  com o nome de “Cristo o Salvador “, para expresar  à Divina  Providência, a gratidão dos russos, por tê-los salvo do desastre que teria sido se Napoleão  se tivesse apoderado da Rússia.
A construção demorou 44 anos. Foi aberta ao culto em 20 de Maio de 1883, día da coroação de Alexandre III.
Em 5 de Dezembro de 1931, por ordem de Estaline, a igreja foi dinamitada.  No lugar onde esteve a igreja, Estaline ordenou a construção do “Palácio dos Sovietes”, o qual  devia ter uma estátua de Lenine com 100 metros de altura.  O projecto nunca se materializou.
A reconstrução começou em 1994. A nova igreja é exatamente igual à que Estaline mandou destruir.
                                             SMOLENSK, RÚSSIA -  Igreja da Natividade
Quando Napoleão invadiu a Rússia, proclamou em frente deste altar, que se algum dos  seus soldados se atrevesse a roubar algo dali, ele, o mataria.







 
BLOG DO ANDRÉ CAFÉ
SÓ JESUS SALVA
//