Redes Social



twitterfacebookgoogle pluslinkedinrss feedemailhttps://www.wowapp.com/w/andrecafe/joinhttps://www.instagram.com/andrecafee/

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Empresas desenvolvem carro elétrico compacto

Diferente de suas equivalentes norte-americanas, as fabricantes de carros europeias há muito têm sido associadas com pequenos e compactos carros de passeio, como o Fiat 500, o Citroen 2CV, o Mini Cooper, e mais recentemente o carro Smart. Isso sempre teve um motivo. Muitas ruas são mais estreitas, e as vagas mais complicadas do que do outro lado do Atlântico. E a maioria das pessoas raramente dirigem as grandes distâncias que justificariam pagar por um carro maior e mais confortável. Agora, um consórcio de sete empresas do País Basco da Espanha e o laboratório de mídia do Massachusetts Institute of Technology (MIT) resolveram levar isso às últimas consequências.
O protótipo de um minúsculo veículo elétrico foi apresentado em 24 de janeiro por José Manuel Barroso, o presidente da Comissão Europeia, que subiu no carro, fez um sinal de positivo e o chamou de “uma solução sistemática para grandes desafios da sociedade”. O Hiriko, de duas portas, cujo nome vem da palavra basca para “cidade” ou “urbano”, foi projetado por engenheiros do MIT, mas construído pelos bascos. Programado para entrar no mercado no ano que vem, uma operação teste de produção deve começar muito em breve em Vitoria Gasteiz, nos arredores de Bilbao.
O Hiriko transborda com pequenos e sedutores artifícios. Ele dobra para cima quando estacionado, ocupando apenas um terço do tamanho de uma vaga padrão na Europa. Como alguns modelos compactos antigos, tanto o passageiro quanto o motorista entram abrindo o pára-brisa. Suas rodas giram até 90 graus, tornando os pesadelos com baliza coisa do passado.
O grupo de investimento basco apoiando o empreendimento, Denokinn, quer cobrar 12.500 euros pelo Hiriki (16.400 dólares). A companhia planeja mandar os carros para cidades na Europa que estão tentando ampliar seus projetos de partilha de carros: até agora Berlim, Barcelona e Malmö já mostraram interesse. Mas a limitação do carro de 120km por carga de bateria pode desanimar compradores individuais.

Nenhum comentário:

 
BLOG DO ANDRÉ CAFÉ
SÓ JESUS SALVA
//