Redes Social



twitterfacebookgoogle pluslinkedinrss feedemailhttps://www.wowapp.com/w/andrecafe/joinhttps://www.instagram.com/andrecafee/

terça-feira, 18 de outubro de 2011

A semana de ciência e tecnologia

Essa semana vai ser bem movimentada para os estudantes da área de computação. Desde a última segunda-feira (17.10), teve início a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, que vai terminar nesta sexta-feira (21.10). Os dias estão sendo marcados por palestras, discussões, entre outras atividades que fazem parte do evento. Vários pontos do Recife vão abrir as portas para assuntos inovadores. A Poli/UPE, por exemplo, vai lançar um programa de incentivo a inovação, o Polinovação.
O programa vai ser lançado durante a semana, no qual vai apresentar uma feira de 20 inovações previamente selecionadas por alunos e professores. O Polinovação faz parte de um programa maior de empreendorismo jovem em Pernambuco, denominado Células Empreendedoras (www.celulasempreendedoras.com.br). Ele já conta com seis instituições em todo estado incluindo cidades como Recife, Garanhuns, Jaboatão e Escada. “A principal mudança é ese modelo profissional. O aluno tem uma participação mais ativa”, comenta o professor da Poli/UPE, Genésio Gomes. Segundo Gomes, é necessário juntar pólos diferentes para fazer uma inovação completa. “Música, artes, tudo isso faz parte. No final da semana de tecnologia vamos ter a apresentação de oito bandas de alunos da Poli”, reforça.
Além disso, durante a semana universitária a Poli promove o X Seminário de Engenharia da Computação (sec.ecomp.poli.br), um evento sobre “Educação e Inovação na Era das Mídias Digitais”. As palestras vão acontecer na Poli que fica próximo ao clube Internacional.
Já no Instituto Federal de Pernambuco (IFPE) os alunos, orientados por professores se dedicam ao lado mais científico. São estudantes de diferentes cursos que sob a supervisão dos docentes do campus, decidiram adorar como diversão e compromisso o desenvolvimento de tecnologia. Entre os grupos dedicados a essa iniciativa, destaca-se o professor do curso de sistema da informação, Anderson Moreira. Ele está a frente de um grupo com projetos voltados para a robótica, desenvolvendo a computação aplicada como apoio a deficientes físicos.
Já o professor Rômulo César de Araújo, também parte da coordenação de Eletrônica e Telecomunicações e a estudante Fernanda dos Santos, 18, estão investindo em um projeto de telemetria dos metrôs do Recife. O docente esxplica que a partir de sensores eletrônicos no meio de transporte, são captadas e enviadas para um centro de controle via rede sem fio. Os dados relativos ao peso, possibilitam o levantamento de uma estimativa do número de passageiros. Informações referentes à velocidade favorecem uma maior precisão da localização do metrô, bem como o tempo de parada numa plataforma ou em virtude de alguma ocorrência.

Nenhum comentário:

 
BLOG DO ANDRÉ CAFÉ
SÓ JESUS SALVA
//