Redes Social



twitterfacebookgoogle pluslinkedinrss feedemailhttps://www.wowapp.com/w/andrecafe/joinhttps://www.instagram.com/andrecafee/

segunda-feira, 18 de julho de 2011

TV com acesso à internet

Mesmo com o ganho de qualidade na imagem e um aumento do tamanho, as TVs sempre foram ofuscadas pelas novidades tecnológicas surgidas nos últimos anos, como os tablets e os celulares inteligentes. Neste ano, as empresas recuperam o tempo perdido com inovações não só na forma, mas também no conteúdo. Os televisores agora querem ser um mais do que um suporte e se comportam como centros de entretenimento com a possibilidade de acesso à internet e uso de aplicativos.

A Sony e a Samsung saíram na frente no quesito inovação e entregam as primeiras TVs inteligentes, ou Smart TVs, como estão sendo chamadas pelo mercado. Trata-se de aparelhos que aliam tecnologias recentes, como as telas LED com uma entrada LAN para acesso à internet. Alguns modelos exibem em 3D. Entre os aplicativos que as empresas trazem estão o Skype, Twitter, Facebook, além de um web browser.

O mercado está aquecido para esse tipo de produto. Segundo a Sony, a estimativa de crescimento para modelos LCD e LED em 2011 é de 35%. Já na Samsung, dos 45 novos lançamentos 25 serão inteligentes. E os preços já começam agressivos por causa da grande concorrência. A Sony retoma sua série Bravia agora com acesso à internet e custo por volta de R$ 2.900 na versão de 40 polegadas.

A Samsung mantém o preço a partir de R$ 2.999 em versões de 32 a 64 polegadas. Quem comprou aparelhos no final do ano passado ou nas liquidações de início deste ano pagou mais caro por um aparelho com tecnologia já defasada. Atualmente, TVs sem acesso à rede são encontradas em preços maiores que os novos modelos.

As Tvs inteligentes podem se comunicar com outros aparelhos, como leitores de Blu-Ray e exibir conteúdos armazenados no computador ou no smartphone. "Hoje, além de simplesmente ver as imagens, também é possível interagir por meio da TV digital e vivenciar um mundo de novas possibilidades com a conectividade e o uso da Internet”, afirma Luciano Bottura, gerente de marketing da linha Bravia da Sony Brasil. É possível baixar aplicativos e usar smartphones como controle remoto.

Diversos desenvolvedores já produzem aplicativos para essas TVs, como portais nacionais, mas a tendência é que o número cresça. O acesso às redes sociais aparece como principal diferencial de quem quer uma TV próxima do que nos acostumamos a ver em filmes de ficção-científica. Com auxílio de uma webcam auxiliar é possível fazer uma videochamada usando a telona. Na linha Bravia, da Sony, o espectador ainda conta com sensor de presença e na Samsung, a fabricante lançou o "Smart Hub", um portal que agrega todo o conteúdo multimídia e interativo.

"Estamos transformando a forma de interação dos usuários com os televisores. Esse item volta a ter papel agregador nas residências, tornando-se o centro de conteúdo e interatividade da casa. As mudanças que começaram com as TVs 3D se consolidam com as Samsung Smart TVs como ferramenta de diversão coletiva", disse José Fuentes Molinero Jr., Vice Presidente de Eletrônicos de Consumo da Samsung.

As possibilidades do uso da internet nas TVs já são visto como um novo capítulo da televisão brasileira. Mas, ainda há muito para melhorar e muitas funcionalidades ainda carecem de um melhor uso. O browser, por exemplo, não traz uma experiência muito agradável. Digitar um endereço no controle remoto requer paciência. Outra falha é que muitas TVs não trazem wireless embutido, sendo necessária a compra de um adaptador USB exclusivo para cada empresa, o que pode encarecer o preço final do produto. Acessar a internet pela TV ainda não é tão divertido quanto num iPad ou no laptop.

Já antecipando uma necessidade, as TVs logo deverão vir com HD interno, para download de produtos e novas atualizações. A falta de um sistema comum e a pulverização de sistemas não agrada desenvolvedores, por isso, atualmente apenas grandes grupos têm se arriscado a criar ferramentas para esses aparelhos. Para o usuário final, a melhor maneira de aproveitar essa nova fase é descobrir o que melhor as emissoras podem oferecer e o que isso traz de interação.

São desafios que aparecem nessa nova fase, mas a oferta da tecnologia de ponta a um preço acessível já é motivo de comemoração. Como ainda estamos no início desse novo momento da TV, o futuro da TV do futuro deve trazer boas surpresas.

Nenhum comentário:

 
BLOG DO ANDRÉ CAFÉ
SÓ JESUS SALVA
//