Redes Social



twitterfacebookgoogle pluslinkedinrss feedemailhttps://www.wowapp.com/w/andrecafe/joinhttps://www.instagram.com/andrecafee/

domingo, 31 de julho de 2011

COMPUTAÇÃO EM NUVEM


A computação em nuvem está crescendo em importância de forma sólida. Para Alan Panezic, vice-presidente de software da Research in Motion (RIM), fabricante do BlackBerry, "quando você começa a combinar um tablet ou smartphone com a potência da nuvem, você começa a criar uma experiência única, nova e muito satisfatória para o usuário".
Em entrevista, o executivo disse que a nuvem aponta o futuro: "ao pegar um smartphone ou um tablet carregado com experiências atrativas na nuvem, nós estamos definindo a próxima geração em computação. Não há dúvida alguma disso." Panezic também falou sobre o Brasil, país que "não tem apenas a oportunidade de ser um veloz seguidor de tendências, mas de ser um líder.

sábado, 30 de julho de 2011

'Natal dos tablets' para 2011

A partir de setembro os primeiros tablets fabricados no país devem chegar ao mercado brasileiro e serão mais baratos do que os encontrados à venda atualmente. A previsão é do ministro da Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, o principal responsável pela inclusão da indústria do tablet no Processo Produtivo Básico e na Lei do Bem (Lei nº 11.196), que reduz a zero as alíquotas pagas para o Programa de Integração Social e para a Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (PIS/Cofins).

Mercadante especula que os tablets poderão custar até 40% menos, caso os descontos dados pelo governo federal e por alguns estados para incentivar a produção local cheguem ao consumidor. “No Natal vai ter muito tablet barato e em todas as opções para o consumidor. Acho que nós vamos ter um belo momento na indústria da computação no país”, disse Mercadante.

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Viagem no tempo é impossível, diz físico



O professor de física Du Shengwang, da Universidade de Ciência e Tecnologia de Hong Kong, publicou estudo que rebate a tão sonhada possibilidade da viagem no tempo.
Tal possibilidade surgiu há cerca de dez anos, quando cientistas mostraram a propagação mais rápida que a luz de pulsos óticos em alguns meios específicos. Posteriormente, descobriu-se que o fato era apenas ilusão de ótica.
De acordo com o estudo de Shengwang, "um único fóton também obedece ao limite de velocidade como as ondas eletromagnéticas" e "ao provar que os fótons não podem viajar mais rápido do que a velocidade da luz, nossos resultados encerram o debate sobre a verdadeira velocidade de informação transportada por um único fóton".


sábado, 23 de julho de 2011

VIDA NO PLANETA VERMELHO:SERÁ ?


No fim deste ano, a Nasa vai lançar a sonda Curiosity em direção à cratera Gale, a mais profunda de Marte, para tentar descobrir indícios de vida no Planeta Vermelho. A cratera tem 154 quilômetros de diâmetro e uma montanha mais alta que o Monte Rainer, um dos mais altos dos Estados Unidos, com 4392 metros de altura.
Durante uma primeira missão com duração de um ano marciano - aproximadamente dois anos na Terra - pesquisadores vão usar ferramentas de exploração para estudar se a superfície tinha condições ambientais favoráveis para manter vida microbiana e para preservar indícios de uma suposta vida que já tenha existido.
- A Curiosity não só irá nos proporcionar uma riqueza de dados científicos importantes, como vai servir como uma missão precursora para a exploração da vida no Planeta Vermelho - disse Charles Bolden, administrador da Nasa.
Jim Green, diretor da Divisão de Ciência Planetária da Nasa em Washington, explicou a escolha da cratera:
- Cientistas identificaram a Gale como a primeira escolha geográfica para perseguir os objetivos ambiciosos dessa nova missão. O local oferece uma paisagem visualmente dramática e também um grande potencial para descobertas científicas significativas.

Chip consegue sequenciar genoma mais rápido

Mapear a sequência do genoma de uma está cada vez mais rápido e pode ser feito por aparelhos cada vez menores. A última novidade é um aparelho bem pequeno, que utiliza a tecnologia de semicondutores para desenvolver técnicas mais velozes com custos mais baixos.

Como o aparelho lembra um chip, a desenvolvedora Ion Torrent escolheu um ícone da computação para ser o primeiro a ter o genoma mapeado: Gordon Moore, cofundador da Intel, empresa fabricante de chips de computador.

O Ion Personal Genome Machine (PGM), como é chamado o aparelho, custa hoje US$ 49,5 mil, e o objetivo final é desenvolver um dispositivo que custe US$ 1 mil. Além de providenciar um rascunho do genoma de Moore, ele é capaz de mapear o genoma de uma bactéria em apenas duas horas – o PGM foi o responsável pelo mapeamento da Escherichia coli no recente surto que atingiu a Alemanha, por exemplo.

“É um salto quântico em termos do tempo que é gasto para se fazer uma experiência”, comentou Stephan Schuster, biólogo molecular da Universidade do Estado da Pensilvânia, nos EUA, e não participou do desenvolvimento do projeto.

Contudo, é necessário que a tecnologia se torne mais precisa, e não apenas barata, para que possa ter aplicação prática, apontou outro especialista independente, Stephen Chanock, do Instituto Nacional do Câncer dos EUA. Nesse sentido, máquinas maiores e mais caras ainda se mostram mais eficientes.

Funcionamento
A diferença do PGM para os aparelhos mais antigos está na tecnologia usa para identificar as bases de nucleotídeos no DNA.

Quando o genoma humano foi mapeado pela primeira vez, o método de sequenciamento era trabalhoso. Envolvia fazer fitas complementares de DNA para copiar a amostra original e, em seguida, organizar os fragmentos por tamanho e determinar a sequência da fita original.

Mais recentemente, foram desenvolvidas novas técnicas, que usam marcadores fluorescentes para identificar os nucleotídeos individualmente, mas esses reagentes são muito caros.

A técnica da Ion Torrent usa nucleotídeos naturais, mais baratos, e consegue perceber os íons de hidrogênio e incorporar os nucleotídeos ao DNA complementar. “Criamos um banco de dados que literalmente vê a química”, afirmou o biólogo molecular Jonathan Rothberg, chefe executivo da empresa.

No sequenciamento do genoma de Moore, foram usados mil chips de íon trabalhando simultaneamente – um total de um bilhão de sensores. A companhia anunciou que já está testando chips com maior capacidade, para reduzir ainda mais os custos.

Software ajuda a identificar diferentes autores da Bíblia

Um novo software desenvolvido por uma equipe israelense permite identificar diferentes estilos linguísticos na Bíblia, em linha com as teorias de pesquisadores que diferenciam múltiplos autores na escritura do sagrado livro.
Durante séculos, os estudiosos da Bíblia buscaram identificar os vários escritores entre os livros do documento, sendo seus métodos geralmente rebatidos pelos teólogos e tachados em muitas ocasiões de subjetivos.
Este novo software foi desenvolvido por uma equipe multidisciplinar israelense que submeteu o texto a uma prova empírica. O programa analisa o estilo e a seleção de palavras para diferenciar partes de um mesmo texto presumivelmente escritas por diferentes autores.

Rússia lançará o maior telescópio que o mundo já viu

Ouviu falar em corrida espacial em pleno 2011? Um novo telescópio espacial russo, que irá trabalhar em conjunto com telescópios de rádio que estão em terra, coroa um esforço que começou durante a Guerra Fria. Será o maior telescópio que o mundo já viu, com uma capacidade de antena extremamente eficaz, que abrange 30 vezes o diâmetro da Terra.
O telescópio, chamado de RadioAstron, tem uma antena de 10 metros, um décimo do tamanho do maior telescópio da Terra. Mas quando combinado com observatórios terrestres, ele será gigante em capacidade – com uma resolução até 10.000 vezes melhor do que o Telescópio Espacial Hubble da NASA.
A interferometria, método de medição baseado na interferência, é amplamente utilizada para criar enormes redes de telescópios na Terra, conectando observatórios individuais em uma rede maior, obtendo uma resolução muito mais efetiva. O RadioAstron não é nem mesmo o primeiro telescópio espacial que utiliza a interferometria – cerca de 15 anos atrás, a agência espacial japonesa lançou o satélite HALCA (Highly Advanced Laboratory for Communications and Astronomy) com a tecnologia. Porém, ele só foi projetado para trabalhar alguns anos e interrompeu seu funcionamento em 2005.
Esse telescópio é projetado para se abrir em órbita, com 27 pétalas de fibra de carbono que se desdobram para formar um prato de 10 metros de largura.
Ele terá uma órbita elíptica, permitindo que a atração gravitacional da lua mude seu caminho. Esta rota orbital variável, em conjunto com os mais poderosos computadores que estarão em terra, permitirá que os cientistas russos produzam imagens de alta resolução de galáxias distantes.
O RadioAstron poderá retratar os objetos celestes separados por um ângulo de 7 microssegundos de arco. Por causa dessa alta resolução, os cientistas acreditam que ele será capaz de espreitar eventos em um buraco negro no centro das galáxias, de estudar ondas de rádio emitidas por nuvens de moléculas de água no espaço, entre outras missões.
A Agência Federal Espacial Russa terá que recolher todos os dados do telescópio. Porém, até agora, apenas uma tecnologia foi construída para receber sinais de satélites, e muitos outras serão necessárias para que os dados do telescópio de 144 megabits por segundo não sejam perdidos

Google+: o Brasil é o 6º país com mais usuários

O Brasil é 6º país com maior número de usuários do Google+, à frente de países como França e Espanha, informou a empresa especializada em estatísticas de tráfego de internet comScore.
A rede social da Google teve 621.688 visitantes únicos brasileiros até o dia 19 de julho, ou 3,1% de um total de 20 milhões. Os Estados Unidos são o país que detém maior fatia, sendo responsável por 26,5% dos acessos. A Índia vem em segundo lugar, com 14,2% dos visitantes. Depois vêm Reino Unido, Canadá (ambos com 4,3%) e Alemanha (3,5%). Logo abaixo do Brasil no top 10 estão Taiwan (2,6%), França (2,5%), Turquia e Espanha (os dois com 1,8%).
Os dados da comScore revelam também que 60% dos usuários estão na faixa etária entre os 18 e 25 anos. Os homens representam fatia de 63%.
Essa é a primeira avaliação oficial de audiência feita por uma companhia independente. O diretor-executivo da Google, Larry Page, informara há uma semana que a rede já possuía 10 milhões de cadastros . Há alguns dias, o pesquisador Paul Allen (não confundir com o co-fundador da Microsoft) criou um programa que estimava em 18 milhões de usuários o público do Google +.


sexta-feira, 22 de julho de 2011

Hackers dizem ter 1 GB de segredos da OTAN


O coletivo de hackers Anonymous anunciou nesta quinta-feira, 21, que tem em seu poder 1 gigabyte (GB) de documentos secretos da Organização do Tratado do Atlântico Norte, a Otan.
O ataque aos sistemas informáticos da Otan se deu na sequência da prisão pelo FBI de 14 membros do Anonymous acusados de participarem dos ataques realizados contra o serviço de pagamentos pela internet PayPal.
Até dez anos de prisão
“Nós estamos trabalhando e o FBI também. Vamos ver quem é mais eficiente”, declarou o Anonymous em sua conta no Twitter.
Caso sejam condenados, os hackers podem ter que cumprir penas de até 10 anos de prisão e podem pagar multas de até US$ 500 mil.

Fifa vai testar nove sistemas tecnológicos na linha do gol

A FIFA ANUNCIOU NESTA QUINTA-FEIRA QUE VAI EXAMINAR AS TECNOLOGIAS APRESENTADAS POR NOVE EMPRESAS ESCOLHIDAS PARA AUXILIAR A ENTIDADE E A INTERNATIONAL BOARD NA DETECÇÃO DE GOLS. O INTUITO É EVITAR AS TRADICIONAIS POLÊMICAS SOBRE SE A BOLA ENTROU OU NÃO EM DETERMINADOS LANCES.
COMO DEFINIDO NO INÍCIO DO ANO, AS EMPRESAS SERÃO TESTADAS ENTRE SETEMBRO E DEZEMBRO, E AS MELHORES SERÃO CONVIDADAS PARA UMA NOVA RODADA DE TESTES EM MARÇO DO ANO QUE VEM.
"CADA TECNOLOGIA DA RESPECTIVA EMPRESA SERÁ ANALISADA ATRAVÉS DE UMA AMPLA SÉRIE DE CRITÉRIOS, TANTO EM CONDIÇÕES DE LUZ DO DIA COMO COM ILUMINAÇÃO ARTIFICIAL", AVISOU A FIFA POR INTERMÉDIO DE COMUNICADO OFICIAL PUBLICADO EM SEU SITE.
AVESSA AO USO DE TECNOLOGIA NO FUTEBOL, A FIFA TEM REVISTO OS CONCEITOS NOS ÚLTIMOS ANOS POR CONTA DE POLÊMICAS DA ARBITRAGEM, A MAIS RECENTE DELAS NAS OITAVAS DE FINAL DA COPA DO MUNDO DE 2010, ENTRE ALEMANHA E INGLATERRA.
O MEIO-CAMPISTA INGLÊS FRANK LAMPARD FEZ GOL LEGÍTIMO AO ACERTAR CHUTE DA INTERMEDIÁRIA. A BOLA ACERTOU NO TRAVESSÃO, PINGOU DENTRO DO GOL E SAIU. O ÁRBITRO NÃO VALIDOU O TENTO.
O LANCE LEMBROU MUITO JOGADA QUE DETERMINOU A CONQUISTA DO TÍTULO DO MUNDIAL DE 1966 PELA INGLATERRA. NA DECISÃO CONTRA A ALEMANHA, HURST MARCOU GOL POLÊMICO, JÁ QUE HÁ DÚVIDA SE A BOLA ENTROU COMPLETAMENTE OU APENAS PINGOU SOBRE A LINHA DA META.
LUÍS FABIANO, AGORA ATACANTE DO SÃO PAULO, TAMBÉM VIVEU SITUAÇÃO SEMELHANTE NO INÍCIO DO ANO, AO QUASE MARCAR GOL PELO SEVILLA CONTRA O REAL. ALBIO SALVOU EM CIMA DA LINHA, E A QUESTÃO CRIOU GRANDE DISCUSSÃO NA ESPANHA.
Fonte - terra

Como morreram os apóstolos de Jesus


"Então, disse Jesus a seus discípulos: Se alguém quer vir após mim, a si mesmo se negue, tome a sua cruz e siga-me."(Mateus 16:24) "Então, sereis atribulados, e vos matarão. Sereis odiados de todas as nações, por causa do meu nome."(Mateus 24:9)

Veja neste post, como foi a morte de cada discípulo que serviu a Jesus Cristo



ANDRÉ
Foi discípulo de João Batista, de quem ouviu a seguinte afirmação sobre Jesus:“Eis aqui o Cordeiro de Deus”. André comunicou as boas notícias ao seu irmão Simão Pedro: “Achamos o Messias” (João 1.35-42; Mateus 10.2). O lugar do seu martírio foi em Acaia (província romana que, com a Macedônia, formava a Grécia). Diz a tradição que ele foi amarrado a uma cruz em forma de xis (não foi pregado) para que seu sofrimento se prolongasse.

BARTOLOMEU
Tem sido identificado com Natanael. Natural de Caná de Galiléia. Recebeu de Jesus uma palavra edificante: “Eis aqui um verdadeiro israelita, em quem não há dolo” (Mateus 10.3; João 1.45-47) Exerceu seu ministério na Anatólia, Etiópia, Armênia, Índia e Mesopotâmia, pregando e ensinando. Foi esfolado vivo e crucificado de cabeça para baixo. Outros dizem que teria sido golpeado até a morte.

FILIPE
Natural de Betsaida, cidade de André e Pedro. Um dos primeiros a ser chamado por Jesus, a quem trouxe seu amigo Natanael (João 1.43-46). Diz-se que pregou na Frigia e morreu como mártir em Hierápolis.

JOÃO
O apóstolo que recebeu de Jesus a missão de cuidar de Maria. “O discípulo que Jesus amava” (João 13.23). Pescador, filho de Zebedeu (Mateus 4.21) o único que permaneceu perto da cruz (João 19.26-27). O primeiro a crer na ressurreição de Cristo (João 20.1-10). A tradição relata que João residiu na região de Éfeso, onde fundou várias igrejas. Na ilha de Patmos, no mar Egeu, para onde foi desterrado, teve as visões referidas no Apocalipse (Apocalipse 1.9). Após sua libertação teria retornado a Éfeso. Teve morte natural com idade de 100 anos.

JUDAS TADEU
Foi quem, na última ceia, perguntou a Jesus: "Senhor, por que te manifestarás a nós e não ao mundo?" (João 14:22-23). Nada se sabe da vida de Judas Tadeu depois da ascensão de Jesus. Diz a tradição que pregou o Evangelho na Mesopotâmia, Edessa, Arábia, Síria e também na Pérsia, onde foi martirizado juntamente com Simão, o Zelote.

JUDAS ISCARIOTES
Filho de Simão, traiu a Jesus por trinta peças de prata, enforcando-se em seguida.(Mateus 26:14-16; 27:3-5).

MATEUS
Filho de Alfeu, e também chamado de Levi. Cobrador de impostos nos domínios de Herodes Antipas, em Cafarnaum (Marcos 2.14; Mateus 9.9-13; 10.3; Atos 1.13). Percorreu a Judéia, Etiópia e Pérsia, pregando e ensinando. Há várias versões sobre a sua morte. Teria morrido como mártir na Etiópia.

MATIAS
Escolhido para substituir Judas Iscariotes (Atos 1.15-26). Diz-se que exerceu seu ministério na Judéia e Macedônia. Teria sido martirizado na Etiópia.

PAULO
Israelita da tribo de Benjamim (Filipenses 3.5). Natural de Tarso, na Cilícia (hoje Turquia). Nome romano de Saulo, o Apóstolo dos Gentios. De perseguidor de cristãos, passou a pregador do evangelho e perseguido. Realizou três grandes viagens missionárias e fundou várias igrejas. Segundo a tradição, decapitado em Roma, nos tempos de Nero, no ano 67 ou 70 (Atos 8.3; 13.9; 23.6; 13-20).

PEDRO
Pescador, natural de Betsaida. Confessou que Jesus era “o Cristo, o Filho do Deus vivo”(Mateus 16.16). Foi testemunha da Transfiguração (Mateus 17.1-4).
Seu primeiro sermão foi no dia de Pentecostes. Segunda a tradição, sua crucifixão verificou-se entre os anos 64 e 67, em Roma, por ordem de Nero.
Pediu para ser crucificado de cabeça para baixo, por achar-se indigno de morrer na mesma posição de Cristo.

SIMÃO, o Zelote
Dos seus atos como apóstolo nada se sabe. Está incluído na lista dos doze, em Mateus 10.4, Marcos 3.18, Lucas 6.15 e Atos 1.13. Julga-se que morreu crucificado.

TIAGO, O MAIOR
Filho de Zebedeu, irmão do também apóstolo João. Natural de Betsaida da Galiléia, o pescador (Mateus 4.21; 10.2). Por ordem de Herodes Agripa, foi preso e decapitado em Jerusalém, entre os anos 42 e 44.

TIAGO, O MENOR
Filho de Alfeu (Mateus 10.3). Missionário na Palestina e no Egito. Segundo a tradição, martirizado provavelmente no ano 62.

TOMÉ
Só acreditou na ressurreição de Jesus depois que viu as marcas da crucificaçã o (João 20.25). Segundo a tradição, sua obra de evangelização se estendeu à Pérsia (Pártia) e Índia. Consta que seu martírio se deu por ordem do rei de Milapura, na cidade indiana de Madras, no ano 53 da era cristã.


Read more: http://rochaferida.blogspot.com/2011/07/como-morreram-os-apostolos-de-jesus.html#ixzz1Spf23Jga

quinta-feira, 21 de julho de 2011

Empregador não poderá xeretar email do trabalhador

A Câmara analisa o Projeto de Lei 1429/11, do deputado Antônio Roberto (PV-MG), que proíbe o monitoramento de correspondência eletrônica (e-mail) dos empregados, por parte do empregador, seja do setor público ou da iniciativa privada.

A exceção prevista na proposta é o endereço eletrônico corporativo mantido pelo empregador. Nesse caso, deverá haver aviso prévio e expresso do empregador quanto à possibilidade de monitoramento.

De acordo com o texto, a infração à regra implicará dano moral por parte do empregador, sem prejuízo de eventuais danos materiais decorrentes da ação de monitoramento.

O autor explica que o projeto visa preservar a garantia constitucional da inviolabilidade da correspondência. “Temos presenciado uma verdadeira agressão à individualidade da correspondência eletrônica dos trabalhadores, por parte das empresas e também do serviço público, que invadem indiscriminadamente os e-mails dos empregados.”

Tramitação

A proposta terá análise conclusiva das comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

USP cria robô para reabilitação de fratura no antebraço

Pesquisadores da USP (Universidade de São Paulo) criaram um sistema robótico móvel, integrado a um videogame, para ajudar na reabilitação de pessoas que tiveram fratura no rádio distal (osso do antebraço, que vai do cotovelo ao punho).
Lesões nessa região são comumente encontradas por ortopedistas em prontos-socorros, associadas a quedas sobre a mão, na tentativa de diminuir o impacto.
Enquanto o paciente joga videogame com um joystick (e, assim, faz exercícios de forma lúdica), sensores do dispositivo monitoram a execução dos movimentos.
Dados sobre os exercícios são então enviados para um computador, para que o fisioterapeuta avalie a amplitude do movimento, a velocidade e a aceleração. Esses dados mostram ao profissional a evolução do tratamento.
"O robô pode comprovar os ganhos da fisioterapia e se houve melhora ao longo do tempo. A avaliação qualitativa é substituída por dados, não fica no achismo", diz Glauco Caurin, coordenador da pesquisa e professor da Escola de Engenharia da USP de São Carlos, onde foi criado o dispositivo.
Fonte - folha

terça-feira, 19 de julho de 2011

O QUE É Grileiro ?

O termo provém da técnica usada para o efeito, que consiste em colocar escrituras falsas dentro de uma caixa com grilos, de modo a deixar os documentos amarelados (devido os excrementos) e roídos, dando-lhes uma aparência antiga e, por consequência, mais verossímil.

Cometa se aproxima da Terra e poderá ser visto na próxima segunda


O Lulin, um cometa esverdeado descoberto há dois anos, terá sua aproximação máxima da Terra na madrugada de segunda-feira para terça-feira (23 e 24) e poderá ser visto com ajuda de binóculos. Ele estará a cerca de 60 milhões de quilômetros, menos da metade da distância entre Terra e o Sol.
O cometa é verde por causa da estrutura de seus compostos de carbono e porque têm cianogênio, um gás tóxico. Sua órbita, ao contrário do que ocorre na maioria dos cometas, é no sentido horário.
Esta é a primeira passagem de Lulin perto do Sol, dizem astrônomos, porque ele ainda preserva a maior parte dos seus gases. Quando ele se aproximar da estrela, o chamado "vento solar" deve varrer esses gases, formando a cauda do cometa.


Maleta eletrônica é nova arma da polícia contra crimes na internet


Um equipamento inspirado nos filmes de espionagem é a mais nova arma da polícia para combater os crimes cibernéticos no brasil. A engenhoca eletrônica permite rastrear pedófilos e fraudadores que usam a internet para chegar às vítimas. Os golpes aplicados pela rede de computadores são os que mais crescem no mundo e exigem da polícia cada vez mais investimentos em tecnologia para localizar os criminosos.
Em Minas Gerais, a polícia procura por um homem suspeito de simular um acidente de carro, nos Estados Unidos, para extorquir a namorada no Brasil. O relacionamento foi só virtual, mesmo assim a mulher depositou R$ 2.400 na conta dele. E foi ameaçada quando pediu o dinheiro de volta. Segundo o delegado de crimes cibernéticos, Pedro Paulo Marques, o suspeito disse que caso a namorada insistisse na cobrança do dinheiro, ele utilizaria seus dados para falsificar documentos dentre outros crimes.
Muitas vezes, o número de vítimas é bem maior. Uma quadrilha de Minas Gerais usava a internet para vender produtos que não eram entregues, um outro tipo de golpe comum na rede de computadores. Os criminosos foram presos, mas nem sempre isso acontece. Em sete anos, somente 1.100 pessoas foram presas no Brasil por crimes cibernéticos.
A internet pode ser comparada a uma cidade, cheia de ruas, onde os computadores seriam as casas. Na rede, cada endereço tem um número - chamado de IP, que identifica o computador mas não o usuário. Somente os provedores que dão acesso à internet sabem onde ficam esses endereços.
São eles que criam um IP para cada máquina. Sem essa informação não é possível saber o nome nem onde mora o internauta. Mesmo com esses dados, ainda falta descobrir se a pessoa cadastrada estava no computador quando o crime foi cometido.
Segundo a polícia, o IP é fundamental para seguir, por exemplo, o rastro de pedófilos. Mas quando se trata de fraude bancária, fica mais fácil chegar ao criminoso mesmo sem o IP porque na maioria dos casos existe uma conta na qual o dinheiro desviado é depositado.
Esta maleta é a mais nova arma da polícia federal para localizar os criminosos cibernéticos. Parecida com os modelos usados por agentes secretos dos filmes de espionagem, a maleta descobre tudo que foi feito no computador. “O pen drive relê, recupera e classifica tudo o que a pessoa clicou e mesmo o conteúdo dos sites acessados. Isso automatiza tudo e diminui muitas horas de trabalho da perícia”, afirma José Milagre, coordenador da Comissão de Crimes na Internet na Oab de Bauru, interior de São Paulo.
Em Brasília, o congresso discute uma lei para definir o que é um crime cibernético. A coordenadora da primeira promotoria do Brasil para combater esses crimes diz que a lei daria mais agilidade. “A internet é muito séria e muito rápida, então nós precisamos localizar rapidamente esse criminoso para fazer sua prisão”, diz a promotora Vanessa fusco.
O projeto prevê que os provedores guardem por três anos os dados de cada navegação. A medida é polêmica. “Isso é uma violação de direitos fundamentais, especificamente a privacidade e a garantia de que ninguém será considerado suspeito”, diz o advogado Renato Rená. Os consultores dizem que, para navegar com segurança na internet, é preciso que o internauta mude as configurações que o computador traz de fábrica, atualize sempre os programas anti vírus e evite usar redes sem fio em locais públicos.

segunda-feira, 18 de julho de 2011

TV com acesso à internet

Mesmo com o ganho de qualidade na imagem e um aumento do tamanho, as TVs sempre foram ofuscadas pelas novidades tecnológicas surgidas nos últimos anos, como os tablets e os celulares inteligentes. Neste ano, as empresas recuperam o tempo perdido com inovações não só na forma, mas também no conteúdo. Os televisores agora querem ser um mais do que um suporte e se comportam como centros de entretenimento com a possibilidade de acesso à internet e uso de aplicativos.

A Sony e a Samsung saíram na frente no quesito inovação e entregam as primeiras TVs inteligentes, ou Smart TVs, como estão sendo chamadas pelo mercado. Trata-se de aparelhos que aliam tecnologias recentes, como as telas LED com uma entrada LAN para acesso à internet. Alguns modelos exibem em 3D. Entre os aplicativos que as empresas trazem estão o Skype, Twitter, Facebook, além de um web browser.

O mercado está aquecido para esse tipo de produto. Segundo a Sony, a estimativa de crescimento para modelos LCD e LED em 2011 é de 35%. Já na Samsung, dos 45 novos lançamentos 25 serão inteligentes. E os preços já começam agressivos por causa da grande concorrência. A Sony retoma sua série Bravia agora com acesso à internet e custo por volta de R$ 2.900 na versão de 40 polegadas.

A Samsung mantém o preço a partir de R$ 2.999 em versões de 32 a 64 polegadas. Quem comprou aparelhos no final do ano passado ou nas liquidações de início deste ano pagou mais caro por um aparelho com tecnologia já defasada. Atualmente, TVs sem acesso à rede são encontradas em preços maiores que os novos modelos.

As Tvs inteligentes podem se comunicar com outros aparelhos, como leitores de Blu-Ray e exibir conteúdos armazenados no computador ou no smartphone. "Hoje, além de simplesmente ver as imagens, também é possível interagir por meio da TV digital e vivenciar um mundo de novas possibilidades com a conectividade e o uso da Internet”, afirma Luciano Bottura, gerente de marketing da linha Bravia da Sony Brasil. É possível baixar aplicativos e usar smartphones como controle remoto.

Diversos desenvolvedores já produzem aplicativos para essas TVs, como portais nacionais, mas a tendência é que o número cresça. O acesso às redes sociais aparece como principal diferencial de quem quer uma TV próxima do que nos acostumamos a ver em filmes de ficção-científica. Com auxílio de uma webcam auxiliar é possível fazer uma videochamada usando a telona. Na linha Bravia, da Sony, o espectador ainda conta com sensor de presença e na Samsung, a fabricante lançou o "Smart Hub", um portal que agrega todo o conteúdo multimídia e interativo.

"Estamos transformando a forma de interação dos usuários com os televisores. Esse item volta a ter papel agregador nas residências, tornando-se o centro de conteúdo e interatividade da casa. As mudanças que começaram com as TVs 3D se consolidam com as Samsung Smart TVs como ferramenta de diversão coletiva", disse José Fuentes Molinero Jr., Vice Presidente de Eletrônicos de Consumo da Samsung.

As possibilidades do uso da internet nas TVs já são visto como um novo capítulo da televisão brasileira. Mas, ainda há muito para melhorar e muitas funcionalidades ainda carecem de um melhor uso. O browser, por exemplo, não traz uma experiência muito agradável. Digitar um endereço no controle remoto requer paciência. Outra falha é que muitas TVs não trazem wireless embutido, sendo necessária a compra de um adaptador USB exclusivo para cada empresa, o que pode encarecer o preço final do produto. Acessar a internet pela TV ainda não é tão divertido quanto num iPad ou no laptop.

Já antecipando uma necessidade, as TVs logo deverão vir com HD interno, para download de produtos e novas atualizações. A falta de um sistema comum e a pulverização de sistemas não agrada desenvolvedores, por isso, atualmente apenas grandes grupos têm se arriscado a criar ferramentas para esses aparelhos. Para o usuário final, a melhor maneira de aproveitar essa nova fase é descobrir o que melhor as emissoras podem oferecer e o que isso traz de interação.

São desafios que aparecem nessa nova fase, mas a oferta da tecnologia de ponta a um preço acessível já é motivo de comemoração. Como ainda estamos no início desse novo momento da TV, o futuro da TV do futuro deve trazer boas surpresas.

Submarino nuclear Brasileiro começa a ser construído

A presidente Dilma Rousseff (PT) deu início à construção de submarinos no Brasil na tarde do último sábado. Acompanhada pelo governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB), e por seis ministros, ela acionou a máquina que corta placas de aço na Nuclebras Equipamentos Pesados (Nuclep), estatal que vai produzir chapas cilíndricas usadas na estrutura dos submarinos.

Ao mencionar o interesse do governo brasileiro pelo domínio da tecnologia nuclear, que será usada na propulsão de um dos submarinos, ela destacou a intenção pacífica. "Nosso interesse é de garantir a segurança de nossas riquezas, de defesa nacional, jamais de ataque", afirmou Dilma.

Em seu discurso, o ministro da Defesa, Nelson Jobim, disse que, entre outras utilidades, os submarinos servirão para proteger as jazidas de petróleo encontradas no pré-sal. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que em 2008 firmou o acordo com a França responsável pelo projeto e pela construção dos submarinos, foi lembrado por Dilma e por Cabral.

O primeiro aparelho convencional, da classe Scorpène e identificado pela sigla S-BR, deve ficar pronto em 2016. A cada ano e meio seguinte será entregue um dos outros três submarinos convencionais, segundo o planejamento.

Investimento

6,7 bilhões de reais é o valor do acordo estratégico firmado entre Brasil e França em 2008, que prevê transferência de tecnologia francesa para o Brasil construir os submarinos

domingo, 17 de julho de 2011

Carne líquida ?

Uma empresa americana fez um lançamento muito bizarro ao apresentar a Meat water, que se trata nada mais, nada menos de uma refeição líquida engarrafada com diversos sabores de carnes.

O produto foi lançado para agradar do paladar carnívoro mais simples até o mais requintado, já que se encontra disponível nos sabores de Salmão, bife thai, cheesburguer, carne de pato e outros.
Não existem dúvidas de que a bebida é rica em proteínas, resta saber se o gosto é agradável e principalmente se será bem recebida pelo público.
Acredito que por ser uma proposta nova e diferente terá um número considerável de adeptos, entretanto muitos optarão pelo bom prato tradicional de carne, algo que se possa comer e desprezar os canudinhos.
Resta saber se essa moda faria sucesso aqui no Brasil. Sinceramente espero que não, pois jamais trocaria um belo prato de arroz com feijão por um líquido com os respectivos sabores.

Criança precisa ir a China para realizar tratamento com células tronco

Um bebê Rubro-negro está precisando de ajuda, trata-se de Mateus , que tem um ano e cinco meses e sofre de paralisia cerebral do tipo tetraplegia espástica, que compromete a sua parte motora (alguns músculos ficam encurtados, rígidos e enfraquecidos, tornando o controle de movimentos difícil). Com esse problema Mateus tem dificuldade para efetuar diversos movimentos, por isso também tem dificuldade para comer, beber, sentar, utilizar as mãos, falar, andar e até engatinhar.


Para dar uma estimulada na parte motora de Mateus os seus pais o colocaram para realizar fisioterapia, hidroterapia, fonoaudiologia, terapia ocupacional, equoterapia e musicalização, porém um tratamento com células tronco na China é a principal esperança para a criança ficar com uma melhor qualidade de vida ou até mesmo curada. O tratamento é para retirar células tronco adultas de cordões umbilicais para injetar no paciente, dando ao mesmo a possibilidade de recuperação.


A família de Mateus está bastante esperançosa na realização do tratamento e conseqüentemente na sua recuperação e por isso já lançou uma campanha para adquirir fundos para as despesas da viagem a China e do próprio tratamento, que serão de R$ 120 mil.


Mateus necessita do apoio de todas as torcidas, principalmente a do Sport, seu clube de coração. Vamos ajudar a mudar a vida dessa criança. Qualquer ajuda é bem vinda.

Contas para doações:

ITAÚ:
Agência: 4417
Conta Poupança: 19358-0/500
Favorecido: Alessandra Barreto (Mãe de Mateus)
CPF: 027.769.704-20
CAIXA ECONÔMICA FEDERAL:
Agência: 3001
Operação: 013 – Conta Poupança: 22898-8
Favorecido: Mateus Barreto de Sousa
CPF: 054.856.911-88

sábado, 16 de julho de 2011

Absurdo: Bispo de Edir Macedo manda criança vender binquedo e doar à Igreja

Uma criança de nove anos é incentivada por um bispo da Igreja Universal do Reino de Deus a vender seus brinquedos e doar o dinheiro à igreja para que os pais parem de brigar. Enquanto isso, sua mãe é exorcizada no altar. A cena ocorreu em culto da Universal em Santo Amaro, zona sul de São Paulo, e está sendo exibida em vídeo no blog do bispo Edir Macedo, fundador e líder da igreja. A Universal foi procurada ontem para comentar o vídeo, mas não deu retorno até o fechamento desta edição.
No vídeo, o menino conta ao bispo Guaracy Santos que seus pais têm brigado com frequência. O bispo pergunta que sacrifício ele fará pelos pais. 'Eu vou dar tudo que eu tenho', responde a criança. Guaracy devolve: ''E o que é tudo que você tem?''. ''Brinquedo'', diz o menino. O bispo insiste: ''Você vai vender?''. A criança diz que sim, e Guaracy pergunta, referindo-se ao dinheiro: ''Pra colocar onde?''. ''No altar'', promete a criança.
Em seguida, sua mãe aparece em crises de convulsão, sendo segurada por um obreiro da Universal. O bispo diz que ela tem 'o demônio' e 'uma praga'. Depois, incentiva a criança a se aproximar. 'Vai lá perto e fala: acabou pra você, diabo''. E conclui: ''Seja fiel, vende o que você tem. Tem fé pra isso? Vai na tua fé''.
Especialistas disseram à Folha de S.Paulo que, embora não haja um artigo que trate explicitamente do caso, o vídeo fere os princípios do ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente) ao expor o menino a possíveis constrangimentos, mesmo com o rosto borrado. (Informações da Folha de S.Paulo)

Google: será que faz mal para a memória?

Um estudo publicado nesta quinta-feira, 14, na revista Science revelou que os mecanismos de busca, como o Google, e as bases de dados na internet viraram uma espécie de “memória externa” do cérebro.
O estudo, chamado “Google Effects on Memory: Cognitive Consequences of Having Information at Our Fingertips” (“Efeitos do Google na memória: consequências cognitivas de ter a informação nas pontas dos dedos”, em tradução livre), mostra que cada vez mais pessoas não memorizam dados porque acreditam que podem encontrá-los na internet. Apesar de o chamado “efeito Google” reduzir a memória, o estudo ressalta que ele aumenta as habilidades de busca das pessoas.
Dependência da internet
A autora do estudo, a professora Betsy Sparrow, da Universidade de Columbia, em Nova York, explica que a dependência cada vez maior das informações disponibilizadas na internet já vinha sendo apontada por cientistas e educadores, mas até agora poucos estudos confirmavam essa relação.
Mais de 100 estudantes de Harvard participaram da investigação. Após alguns experimentos, descobriu-se que os estudantes que não sabiam responder a questões propostas pensavam automaticamente em seus computadores para obter os dados necessários.
O estudo revelou também que as pessoas nem sempre lembram como obtiveram determinadas informações, mas tendem a se recordar onde encontraram os dados.

Lula estreia site para falar 'bem e mal' de outros

Seis meses e 14 dias após deixar a Presidência, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva criou um espaço na internet para conversar diretamente com os internautas.
"Quase desencarnado" da cadeira presidencial, Lula disse que pretende usar a internet para trocar ideias. "Acho que vamos ter muita coisa para comentar juntos, falar muito, falar bem e falar mal dos outros", ironiza em um vídeo publicado no www.icidadania.org. Citando o escritor e amigo Ariano Suassuna, Lula se justifica: "falar mal só tem sentido se a gente falar pelas costas, mas como eu estou falando pela internet não posso falar pelas costas. Nós vamos falar bem e mal pela frente", brincou.
No vídeo de quase quatro minutos, o ex-presidente admite que ainda não desligou por inteiro de seu governo. "Ainda não desencarnei totalmente porque eu tenho viajado muito e em todas as viagens eu tenho que contar o que as pessoas querem saber (sobre seu governo)", explica, listando em seguida os feitos de gestão.
O ex-presidente não se define como palestrante nem conferencista. "Não sou nada mais do que um contador de casos de um governo bem sucedido", resume. Lula aproveita também para alfinetar a imprensa.
"Vocês sabem que meus amigos da imprensa continuam falando muito bem de mim. Vocês acompanharam, primeiro eles tentaram dizer que a presidente Dilma era muito diferente de mim, que era outra coisa, depois passaram a dizer que era a mesma coisa, depois disseram que não era mais a mesma coisa, depois era fraca e depois era forte", diz.
Em seguida, Lula afirma que a presidente Dilma Rousseff faz parte de um projeto que começou no seu governo. "As pessoas não percebem que a presidente Dilma faz parte de um projeto do qual participam milhões de brasileiros e do qual eu faço parte.
“Esse projeto é vencedor não apenas porque venceu as eleições, é porque tem o que fazer neste País até 2014, até 2018 e até dois mil e não sei quanto”, complementa.
Longe do Planalto, o ex-presidente conta que a partir de agora pretende se dedicar à integração dos países da América Latina e que quer repassar a experiência das políticas sociais brasileiras para os países da África. No entanto, ele avisa que ainda tem "muita coisa para fazer neste País".
No final do vídeo, o ex-presidente destaca que continua o mesmo Lula do passado. "Você percebe que eu não mudei muito, que eu continuo falando demais", diz.
Ele conta aos internautas que voltou para o mesmo lugar de onde saiu para assumir a Presidência: a sala do Instituto Cidadania, na zona sul de São Paulo. "A casa é a mesma, a cortina é a mesma, só os livros que são diferentes porque eu ganhei antes de deixar a Presidência".

sexta-feira, 15 de julho de 2011

Primeiro centro de robótica do país vai funcionar na USP São Carlos

A Universidade de São Paulo em São Carlos (USP São Carlos) vai abrigar o primeiro centro de robótica do país. A expectativa é que a primeira parte do projeto fique pronta em 2013, disse nesta terça-feira (12) à Agência Brasil o coordenador do centro, professor Marco Henrique Terra. Ele espera a aprovação de R$ 2,2 milhões até agosto próximo, para poder iniciar as obras civis entre janeiro e fevereiro de 2012. “Para que, em 2013, já tenhamos boa parte [do centro] executada”.

Terra destacou que, pela primeira vez, a USP destinou uma verba para pesquisas “que nenhuma outra universidade tinha alocado antes. Foram R$ 70 milhões [aprovados para o Programa de Apoio à Pesquisa], selecionados a partir de 120 projetos”. Ao todo, 43 propostas contemplarão núcleos de apoio à pesquisa da USP São Carlos.

“A partir de verba orçamentária da USP, nós conseguimos aprovação para construir o centro de robótica, cujo objetivo é desenvolver projetos voltados para a indústria”. O centro vai abrigar várias áreas de pesquisa, entre as quais software livre(programas de computador); estatística; matemática aplicada, direcionadas para o desenvolvimento de projetos para a indústria.

O centro reunirá profissionais e estudantes de dois departamentos da USP São Carlos: a Escola de Engenharia de São Carlos (Eesc) e o Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC).

Serão agregadas atividades de pesquisa em robótica de cinco ou seis laboratórios da universidade. A ideia, disse Marco Terra, é transformar o centro em uma unidade similar aos institutos especializados, existentes nos Estados Unidos, Europa e Japão.

A USP São Carlos já vem desenvolvendo pesquisas sobre robotização de automóveis; robótica aérea para monitoramento de áreas agrícolas; além de robótica aérea para monitoramento de linhas de transmissão. A montadora Fiat, a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e a distribuidora de energia Ampla são alguns parceiros nas pesquisas.

Marco Terra disse ainda que os estudos para desenvolvimento de helicópteros autônomos a fim de monitorar linhas de transmissão são apoiados pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e feitos em parceria com a Coordenação de Programas de Pós-Graduação de Engenharia Universidade Federal do Rio de Janeiro (Coppe-UFRJ). O projeto completo do Centro de Robótica da USP São Carlos tem previsão de conclusão em 2014.

Brasileiro inventa sistema de tratamento de água com uso de energia solar

O estudante de engenharia elétrica da Universidade Federal de Goiás (campus de Jatai) Leonardo Lira (20 anos) inventou um sistema para tratamento de água que não usa energia elétrica, não emite gás carbônico e retira material que pode poluir o meio ambiente. De baixo custo, o sistema pode ser utilizado por comunidades carentes sem acesso a saneamento básico.

Com cinco tábuas de compensado revestidas de papel-alumínio, Leonardo fez uma caixa sem tampa de aproximadamente 1 metro quadrado com as paredes abertas e inclinadas, uma espécie de concentrador que recebe luz do sol.

No interior da caixa, o estudante depositou quatro garrafas PET transparentes com capacidade para 2 litros, cada, onde armazena a água para tratamento por três a seis horas. A água chega a atingir uma temperatura de 70 graus Celsius (30 graus a menos do que a temperatura de fervura), e, aquecida, elimina bactérias, vírus e substâncias que fazem mal à saúde humana.

Para testar o concentrador solar, Leonardo fez três séries de amostras de água de cinco residências que não recebem água encanada e tratada. O líquido foi pré-analisado pela Saneamento de Goiás S/A (companhia de saneamento do estado), que descreveu as impurezas e quantificou em tabela a ocorrência de coliformes fecais e de organismos como o rotavírus. Nos testes, após três horas no concentrador, eles foram eliminados. A água pôde ser bebida depois de esfriar naturalmente em jarra própria.

“Nosso foco era gastar o mínimo de energia possível sem passar por fervura, e, assim, não precisar de gás e evitar a emissão de poluentes”, comemora o futuro engenheiro que apresenta o seu trabalho na Expotec, a feira de ciência, tecnologia e inovação que está aberta durante a 63ª Reunião da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), que ocorre em Goiânia (GO).

Nanotecnologia lança novo modo de tratar água para consumo

A partir de uma mudança na estrutura da areia comum, a equipe liderada pelo Dr. Mainak Majumder (Departamento de Engenharia Mecânica e Aeroespacial da Universidade de Monash), junto com os pesquisadores da Universidade Rice, em Houston, geraram um potente aliado no tratamento da água. A “super areia”, como vem sendo chamada a criação, consiste em grãos do mineral revestidos por um nanomaterial conhecido por “óxido de grafite”.

Na prática, a principal vantagem do modelo é o elevado índice de absorção das impurezas, que chega a cinco vezes mais do que a areia regular. Com custo bem mais baixo do que os potentes filtros de carbono ativado, a areia especial funcionará em larga escala para purificação de água, principalmente, para as pessoas nos países em desenvolvimento.

quinta-feira, 14 de julho de 2011

O QUE É NIÓBIO?

A cada vez mais no dia-a-dia, o tema é abordado em reportagens nas mídias escrita e televisiva, chegando a já ser alarmante. Como é possível que metade da produção brasileira de nióbio seja subfaturada “oficialmente” e enviada ao exterior, configurando assim o crime de descaminho, com todas as investigações apontando de longa data, para o gabinete presidencial?
Como é possível o fato do Brasil ser o único fornecedor mundial de nióbio (98% das jazidas desse metal estão aqui), sem o qual não se fabricam turbinas, naves espaciais, aviões, mísseis, centrais elétricas e super aços; e seu preço para a venda, além de muito baixo, seja fixado pela Inglaterra, que não tem nióbio algum?
EUA, Europa e Japão são 100% dependentes do nióbio brasileiro. Como é possível em não havendo outro fornecedor, que nos sejam atribuídos apenas 55% dessa produção, e os 45% restantes saindo extra-oficialmente, não sendo assim computados.
Estamos perdendo cerca de14 bilhões de dólares anuais, e vendendo o nosso nióbio na mesma proporção como se a Opep vendesse a um dólar o barril de petróleo. Mas petróleo existe em outras fontes, e o nióbio só no Brasil; podendo ser outra moeda nossa. Não é um descalabro alarmante?
O publicitário Marcos Valério, na CPI dos Correios, revelou na TV para todo o Brasil, dizendo: “O dinheiro do mensalão não é nada, o grosso do dinheiro vem do contrabando do nióbio”. E ainda: “O ministro José Dirceu estava negociando com bancos, uma mina de nióbio na Amazônia”.
Ninguém teve coragem de investigar… Ou estarão todos ganhando com isso? Soma-se a esse fato o que foi publicado na Folha de S. Paulo em 2002: “Lula ficou hospedado na casa do dono da CMN (produtora de nióbio) em Araxá-MG, cuja ONG financiou o programa Fome Zero”.
As maiores jazidas mundiais de nióbio estão em Roraima e Amazonas (São Gabriel da Cachoeira e Raposa – Serra do Sol), sendo esse o real motivo da demarcação contínua da reserva, sem a presença do povo brasileiro não-índio para a total liberdade das ONGs internacionais e mineradoras estrangeiras.
Há fortes indícios que a própria Funai esteja envolvida no contrabando do nióbio, usando índios para envio do minério à Guiana Inglesa, e dali aos EUA e Europa. A maior reserva de nióbio do mundo, a do Morro dos Seis Lagos, em São Gabriel da Cachoeira (AM), é conhecida desde os anos 80, mas o governo federal nunca a explorou oficialmente, deixando assim o contrabando fluir livremente, num acordo entre a presidência da República e os países consumidores, oficializando assim o roubo de divisas do Brasil.
Todos viram recentemente Lula em foto oficial, assentado em destaque, ao lado da rainha da Inglaterra. Nação que é a mais beneficiada com a demarcação em Roraima, e a maior intermediária na venda do nióbio brasileiro ao mundo todo. Pelo visto, sua alteza real Elizabeth II demonstra total gratidão para com nossos “traíras” a serviço da Coroa Britânica. Mas, no andar dessa carruagem, esse escândalo está por pouco para estourar, afinal, o segredo sobre o nióbio como moeda de troca, não está resistindo às pressões da mídia esclarecida e patriótica.
Fonte - TI

Nanotecnologia usada para combater o câncer

A nanotecnologia é mais uma vez usada em pesquisas de combate ao câncer. Cientistas da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, utilizaram a técnica para construir uma pequena cápsula e nele inserir uma proteína a qual eles descobriram que tem um poderoso efeito sobre o sistema imunológico humano.
A proteína é a quimiocina CCL21 e, uma vez depositada através desse nanorecipiente sobre o tumor, atua em conjunto com as defesas naturais do organismo para combater o crescimento do câncer, reconhecendo e atacando as células cancerosas.
Os estudos foram realizados com câncer de pulmão, que segundo Leonard Rome, co-autor da pesquisa, tem o funcionamento do sistema imunológico deprimido. “O que queríamos era despertá-lo, encontrar uma maneira de fazê-lo perceber o câncer e atacá-lo”, afirma. Os pesquisadores também demonstraram entusiasmo para utilizar o procedimento em outros tipos de câncer.

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Energia solar em elétrica: nova tecnologia

Agência FAPESP – Aplicar células fotovoltaicas – capazes de transformar energia solar em elétrica – diretamente em papel ou tecido, de um modo simples e rápido, é o objetivo de uma pesquisa conduzida no Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), nos Estados Unidos.
A tecnologia já resultou em diversos protótipos, cujo formato lembra o de um documento produzido em uma impressora comum do tipo jato de tinta. A diferença é que no lugar de palavras e números são impressos pela superfície retângulos coloridos.
Ao ligar fios nos retângulos e direcionar luz ao papel, imediatamente um dispositivo eletrônico começa a funcionar.
A novidade é resultado do trabalho do grupo coordenado no MIT pelos professores Karen Gleason, de engenharia química, e Vladimir Bulović, de engenharia elétrica. Detalhes da tecnologia foram publicados no dia 8 de julho no site da revista Advanced Materials.
Os cientistas afirmam que a nova técnica representa um grande avanço em comparação com sistemas usados atualmente para produzir células solares, os quais dependem de expor os substratos (geralmente vidro) a condições – como altas temperaturas – ou líquidos que podem muitas vezes danificar as próprias células.
O novo processo se baseia no uso de vapor – e não de líquidos – e em temperaturas abaixo de 120 ºC. Nessas condições, é possível empregar materiais como papéis não tratados, tecidos ou plástico como substratos para imprimir as células.
Diferentemente de imprimir documentos, a tecnologia precisa de cinco camadas de materiais, que são depositadas em papel, por exemplo, em etapas sucessivas, por meio do uso de uma máscara (também feita de papel) para formar os padrões das células na superfície. O processo é feito em uma câmara a vácuo, para evitar a contaminação por poeira ou outras impurezas.
A folha fotoelétrica, além de ser impressa facilmente e com baixo custo, de acordo com os pesquisadores, pode ser dobrada e guardada no bolso. Depois, ao ser desdobrada, volta a funcionar normalmente, convertendo energia luminosa em elétrica.
Em alguns casos, nem precisa desdobrar, como no avião de papel feito pelos pesquisadores, cujas células funcionam durante o voo. No artigo, os autores descrevem a impressão de células fotovoltaicas em uma folha de plástico PET, que foi posteriormente dobrado e desdobrado 1 mil vezes sem perda significativa de seu rendimento na conversão de energia.
“Demonstramos que se trata de uma tecnologia robusta. Estimamos que poderemos fabricar em escala células solares capazes de atingir performances recordes em relação à produção de watts por quilo. Isso abre um grande número de possíveis aplicações”, disse Bulović, apontando para o potencial de produção de placas solares mais leves, um grande problema das atuais.

Americano cria jaleco em formato de TV LED

Para aliar lazer ao trabalho, o geek norte-americano David Forbes criou uma tela LED de 60" fixada em um jaleco de laboratório.
Batizado de Video Coat, o brinquedo é capaz de reproduzir vídeos no formato NTSC a partir de um iPod ou de um tocador de DVD. Ele foi feito com faixas de LEDs no padrão RGB, que produzem imagens de 160 × 120 pixels de resolução.
As faixas de LEDs ficam "penduradas" pelo corpo do usuá rio, enquanto os circuitos ficam alojados nos ombros, como verdadeiras ombreiras estilosas e são abastecidos pode baterias de 11,1 V.


terça-feira, 12 de julho de 2011

Traqueia com nanotecnologia e engenharia de tecidos



Pesquisadores europeus misturaram nanotecnologia e engenharia de tecidos para criar uma traquéia totalmente artificial, que pode ter salvado a vida de um paciente com câncer nesse órgão.

O feito foi noticiado pela rede britânica BBC um mês após o transplante do órgão sintético, considerado um sucesso  pela equipe. A operação aconteceu na Suécia, no Hospital Universitário Karolinska, e foi coordenada pelo italiano Paolo Macchiarini.

Segundo a BBC, o receptor da traquéia, o geólogo Andemariam Teklesenbet Beyene, 36, da Eritreia (África Oriental), está se recuperando bem da cirurgia. Ele cursava o doutorado na Islândia quando foi diagnosticado com um tumor na traquéia.

O câncer, com o tamanho de uma bola de tênis, ameaçava sufocar o geólogo. O único caminho era removê-lo, carregando junto a traquéia inteira do paciente.

Para substituir o órgão que seria perdido, os especialistas primeiro obtiveram uma imagem tridimensional da traquéia de Beyene, detalhada o suficiente para permitir a recriação dela.

Entrou em cena, depois disso, uma equipe do University College de Londres, liderada por Alexander Seifalian.

Eles foram responsáveis por desenvolver o "esqueleto" da traquéia sintética, montado com técnicas de nanotecnologia (a manipulação de estruturas com tamanho de bilionésimos de metro).

Graças aos dados 3D, que serviram de molde virtual, os pesquisadores produziram uma réplica praticamente idêntica à traqueia original.

SEMEANDO

A estrutura e a composição do "esqueleto" da traquéia, patenteados pela universidade britânica, minimizam as chances de rejeição do transplante e incentivam o crescimento de células do próprio paciente sobre o objeto.

E esse foi o passo seguinte: a obtenção de células tronco da medula óssea do geólogo, as quais foram cultivadas num "ensopado" em especial em laboratório, junto com o esqueleto da traquéia feito previamente.
O conjunto também incluía células obtidas do nariz de Beyene -importantes por causa da conexão direta desse órgão com a traquéia.

No fim, os cientistas obtiveram uma estrutura com características biológicas muito parecidas com as de uma traquéia natural.Como as células que recobriram o esqueleto do órgão são do próprio paciente, e como a estrutura não biológica é inerte, não havia perigo de rejeição.

Numa operação que durou 12 horas, a equipe coordenada por Paolo Macchiarini retirou a traquéia afetada pelo tumor e a substituiu pelo órgão criado em laboratório.

domingo, 10 de julho de 2011

Google Maps avisa usuário hora de descer do ônibus

O Google atualizou seu aplicativo de mapas para celulares com sistema Android, introduzindo o recurso "Navegação de Trânsito" (Transit Navigation), que usa o GPS para determinar sua localização atual ao longo de um trajeto e avisar quando o usuário ele deve descer do ônibus ou sair do metrô.
Segundo a empresa, o recurso pode ajudar o usuário que está em uma cidade que não conhece ou que apresenta um idioma diferente, impedindo de entender placas de sinalização e mapas. Para avisar o usuário qual o ponto certo para descer do ônibus, por exemplo, o celular exibe um alerta na tela, emite um sinal sonoro e vibra.
Após selecionar o destino e escolher a opção "transporte público" no aplicativo de mapas para Android, o usuário deve clicar no ícone "Navigation", em azul no topo da tele. Por meio dele, é possível seguir em tempo real cada passo que deve ser feito, inclusive quando descer do ônibus, na tela do aparelho.
De acordo com o Google, o serviço já está disponível em diversos países, inclusive em algumas cidades brasileiras como Porto Alegre, São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte.

Novo curativo com patas de sapo

“Na natureza nada se cria, tudo se transforma”. É com esta sabedoria em mente que pesquisadores da Universidade de Glasgow, na Escócia, estudam as espécies de sapos que vivem em árvores. Com patas autolimpantes e grudentas, que os prendem aos galhos, estes animais podem ser a fonte de uma nova tecnologia para curativos de machucados.
O que chamou atenção dos cientistas foi o fato dos animais conseguirem se grudar às árvores e nunca estarem sujos. De acordo com os cientistas, os animais só conseguem o feito graças a um muco, que embora seja grudento, é capaz de se autolimpar e ainda manter a aderência. Outro fato importante é o desenho da sola dos pés destes animais.
Para gerar esta substância, os sapos precisam friccionar os pés e as estruturas em formato hexagonal permitem que apenas algumas partes da pata se fiquem em contato com a superfície, mantendo a produção do muco.

sábado, 9 de julho de 2011

Tecnologia: leituras biométricas e reconhecimento facial para veículos

Parece filme de 007, mas já é realidade. O avanço da tecnologia dos sistemas de segurança, com leituras biométricas e reconhecimento facial, chega aos veículos.

A empresa FingerTech já comercializa o que batizou de “sistema antifurto veicular biométrico”, que pode equipar qualquer automóvel.

O sistema é composto por um leitor a laser que é colocado no painel e ligado a um equipamento e à central eletrônica do carro.

O motorista precisa girar a chave para acionar a parte elétrica, colocar o dedo no leitor e, se for identificado, poderá dar a partida.

O dono, usando sua digital, pode cadastrar na memória do aparelho até 55 pessoas autorizadas a dirigir. Cada uma precisa armazenar a digital de três dedos.

“Dois são para uso comum, pois a pessoa pode ter machucado um dos dedos. O terceiro é para a função pânico”, explica Nelson Azevedo, gerente comercial da Finger.

Quando o carro é ligado por meio da função pânico, o motor para de funcionar depois de alguns minutos. O tempo pode ser programado, e o recurso, usado em caso de assalto, por exemplo.

O equipamento pode ser comprado no site da empresa por R$ 450. Em revendedores pode subir para R$ 700. Hoje a instalação custa R$ 50 e dura 30 minutos.

Já a empresa Biometrus lançou um sistema de biometria vascular. O leitor infravermelho mapeia o padrão vascular do dedo indicador.

“As veias e artérias de cada indivíduo não podem ser falsificadas. Hoje os ladrões usam dedo de silicone para fraudar leitor de digital”, diz Márcio Júnior, da Biometrus.

A empresa ainda negocia com as montadoras e bancos, para a instalação em caixas eletrônicos.
RECONHECIMENTO FACIAL

Outro recurso ainda mais avançado está sendo adaptado para automóveis. Um equipamento de reconhecimento facial, usado por governos e polícias internacionais, e em testes na polícia brasileira, para detectar criminosos, foi adaptado pela empresa Ex-Sight.com, para reconhecimento do motorista antes de ele dar a partida.

Uma câmera no retrovisor filma o motorista e envia a imagem para um pequeno computador no painel, que verifica no banco de dados. Se for um rosto previamente cadastrado, o equipamento desbloqueia o sistema e permite a partida do veículo.

A checagem do rosto pode ser feita a cada nova partida ou em tempo determinado.
O recurso ainda é mais utilizado para frotas de caminhões e é caro para o cliente final: R$ 5.000.

Laser de nanofios pode matar vírus

Pesquisadores da Universidade da Califórnia juntaram uma das maravilhas da nanotecnologia, os nanofios, com os lasers de semicondutores.


O resultado é uma nova tecnologia de laser de nanofios que potencialmente pode fazer quase tudo, de matar vírus até aumentar a capacidade dos DVDs e outros discos ópticos de armazenamento de dados.

Lasers semicondutores

Os diodos laser semicondutores, que emitem luz na faixa do ultravioleta, são amplamente utilizados em processamento de dados, no armazenamento de informações e na biologia.


Suas aplicações só não são mais amplas porque eles custam caro e são grandes.


A equipe do professor Jianlin Liu agora descobriu como substituir o nitreto de gálio - o semicondutor usado nos lasers atuais - por nanofios de óxido de zinco, que são menores, mais baratos e emitem luz com maior potência e com comprimentos de onda mais curtos.


Os nanofios de óxido de zinco têm sido usados principalmente na fabricação de nanogeradores.

Nanofio tipo P

Até agora não tinha sido possível usar os nanofios de óxido de zinco na emissão de luz por falta de um tipo P, ou tipo positivo.


Todos os componentes semicondutores exigem um tipo P e um tipo N (negativo), em que um material tem excesso de elétrons (negativo) e o outro tem excesso de lacunas (positivo).


Liu e sua equipe resolveram o problema dopando os nanofios de óxido de zinco com antimônio, um elemento metalóide, criando assim o nanofio tipo-P.


Juntando os materiais, os pesquisadores criaram um nanofio que é um diodo, a chamada junção p-n.

Laser de nanofio

Quando alimentado por uma bateria, o nanofio emite luz laser a partir de suas extremidades, o que o torna altamente direcional.

Os lasers de nanofios podem ser usados para ler e escrever dados com uma densidade muito superior à dos discos ópticos atuais porque a luz ultravioleta tem um comprimento de onda menor do que a luz de outras cores, como o vermelho.
Segundo o pesquisador, só a troca do laser pode multiplicar até por quatro vezes a capacidade de armazenamento de um DVD.
No campo da fotônica, a luz ultravioleta permite o processamento e a transmissão de dados em velocidades maiores.
Quando totalmente desenvolvidos, os minúsculos lasers de nanofios poderão ajudar a criar uma tecnologia de comunicação sem fios ultravioleta, que tem potencial para ser muito superior à tecnologia de comunicação por infravermelho, largamente usada hoje.
No campo da biologia e da medicina, o laser ultra-miniaturizado pode penetrar em uma célula viva, por exemplo, induzindo alterações funcionais, e também no nascente campo da optogenética.


CIÊNCIA PURA

Durante uma conferência com vários universitários, um professor da Universidade de Berlim desafiou seus alunos com esta pergunta:
“Deus criou tudo o que existe?"

Um aluno respondeu com grande certeza:
-Sim, Ele criou!

-Deus criou tudo?
Perguntou novamente o professor.

-Sim senhor, respondeu o jovem.

O professor indagou:
-Se Deus criou tudo, então Deus fez o mal? Pois o mal existe, e partindo do preceito de que nossas obras são um reflexo de nós mesmos, então Deus é mau?

O jovem ficou calado diante de tal resposta e o professor, feliz, se regozijava de ter provado mais uma vez que a fé era uma perda de tempo.

Outro estudante levantou a mão e disse:
-Posso fazer uma pergunta, professor?

-Lógico, foi a resposta do professor.

O jovem ficou de pé e perguntou:
-Professor, o frio existe?


-Que pergunta é essa? Lógico que existe, ou por acaso você nunca sentiu frio?

Com uma certa imponência rapaz respondeu:
-De fato, senhor, o frio não existe. Segundo as leis da Física, o que consideramos frio, na realidade é a ausência de calor. Todo corpo ou objeto é suscetível de estudo quando possui ou transmite energia, o calor é o que faz com que este corpo tenha ou transmita energia. O zero absoluto é a ausência total e absoluta de calor, todos os corpos ficam inertes, incapazes de reagir, mas o frio não existe. Nós criamos essa definição para descrever como nos sentimos se não temos calor.

-E, existe a escuridão? Continuou o estudante.
O professor respondeu temendo a continuação do estudante: Existe!


O estudante respondeu:
-Novamente comete um erro, senhor, a escuridão também não existe. A escuridão na realidade é a ausência de luz. A luz pode-se estudar, a escuridão não! Até existe o prisma de Nichols para decompor a luz branca nas várias cores de que está composta, com suas diferentes longitudes de ondas. A escuridão não!


Continuou:
-Um simples raio de luz atravessa as trevas e ilumina a superfície onde termina o raio de luz.
Como pode saber quão escuro está um espaço determinado? Com base na quantidade de luz presente nesse espaço, não é assim?! Escuridão é uma definição que o homem desenvolveu para descrever o que acontece quando não há luz presente.


Finalmente, o jovem perguntou ao professor:
-Senhor, o mal existe?


Certo de que para esta questão o aluno não teria explicação, professor respondeu:
-Claro que sim! Lógico que existe. Como disse desde o começo, vemos estupros, crimes e violência no mundo todo, essas coisas são do mal!


Com um sorriso no rosto o estudante respondeu:
-O mal não existe, senhor, pelo menos não existe por si mesmo. O mal é simplesmente a ausência do bem, é o mesmo dos casos anteriores, o mal é uma definição que o homem criou para descrever a ausência de Deus. Deus não criou o mal. Não é como a fé ou como o amor, que existem como existem o calor e a luz. O mal é o resultado da humanidade não ter Deus presente em seus corações. É como acontece com o frio quando não há calor, ou a escuridão quando não há luz.


Por volta dos anos 1900, este jovem foi aplaudido de pé, e o professor apenas balançou a cabeça permanecendo calado… Imediatamente o diretor dirigiu-se àquele jovem e perguntou qual era seu nome?

E ele respondeu:
ALBERT EINSTEIN, senhor!
 
BLOG DO ANDRÉ CAFÉ
SÓ JESUS SALVA
//