Redes Social



twitterfacebookgoogle pluslinkedinrss feedemailhttps://www.wowapp.com/w/andrecafe/joinhttps://www.instagram.com/andrecafee/

sexta-feira, 1 de abril de 2011

A História do Escudo do Sagrado Coração de Jesus

O Escudo é uma das mais antigas tradições católicas. Iniciou-se na França, em 1673, através das aparições de Nosso Senhor a Santa Margarida Maria Alacoque.

Em 1689, a madre superiora do Mosteiro da cidade de Dijon atende ao pedido da santa e pede que sejam confeccionados e distribuídos os primeiros Escudos. Logo começam a surgir relatos de doenças que foram curadas e perigos afastados graças ao Escudo do Sagrado Coração.
Desde então, a distribuição de escudos tornou-se uma prática católica amplamente divulgada. Devoção de grande fervor espiritual amparada pela Santa Igreja, sua força protetora é inquestionável.

Em 1720 uma peste mortífera assombrou a França. Centenas de pessoas morriam diariamente, acometidas por febres e dores horríveis. Espantosamente, muitos daqueles que carregavam consigo o Escudo foram salvos. Não houve explicação lógica para isso. A população atribuiu este milagre ao Sagrado Coração de Jesus.
Anos mais tarde, durante a Revolução Francesa, em 1789, os católicos que se opunham aos revolucionários carregavam uma bandeira com os dizeres: "Coração de Jesus, salvai a França". E mesmo com precários armamentos, estes heróis resistiram bravamente contra a fúria anti-católica.
Conta-se que na Guerra Civil Espanhola, em 1936, os soldados católicos carregavam o Escudo como brasão, o que muitas vezes os salvou milagrosamente das balas dos raivosos comunistas. Não houve explicação lógica para isso. A população atribuiu este milagre ao Sagrado Coração de Jesus.

Quando apresentaram ao Papa Beato Pio IX o Escudo do Sagrado Coração de Jesus, ele proferiu estas históricas palavras:
“... não quero que Satanás de modo algum possa causar dano àqueles que trouxerem consigo o Escudo, símbolo do Coração adorável de Jesus”.
E na mesma ocasião o Papa disse também:
“Vou benzer este Coração, e quero que todos aqueles que forem feitos segundo esse modelo recebam esta bênção, sem ser necessário que algum outro padre a renove”.
Fica evidente que o Papa queria estimular ao máximo o uso do Escudo, a ponto de benzê-lo "a priori", desde que ele fosse feito de acordo com o modelo que apresentaram a ele (veja como é o Escudo que estamos distribuindo).

Nenhum comentário:

 
BLOG DO ANDRÉ CAFÉ
SÓ JESUS SALVA
//