Redes Social



twitterfacebookgoogle pluslinkedinrss feedemailhttps://www.wowapp.com/w/andrecafe/joinhttps://www.instagram.com/andrecafee/

sábado, 25 de setembro de 2010

Brasil pode ter megarreator nuclear para fins médicos e científicos em 2016


Todo mundo agradece aos médicos ao receber um diagnóstico, mas ninguém agradece ao Ipen [Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares]", diz José Augusto Perrota, diretor de projetos especiais do instituto.

Há 50 anos, Brasil inaugurava primeiro reator nuclear da América Latina

A "reclamação" se refere a tratamentos e exames que dependem de elementos radioativos --os radioisótopos-- usados na produção de vários tipos de fármacos. Tais elementos são importados e, com frequência, processados pelo Ipen. Agora, o instituto quer produzir nacionalmente os radioisótopos, de forma a atender toda a demanda do país.

O Ipen planeja, para isso, construir um novo reator nuclear, que deve custar cerca de R$ 850 milhões. Os recursos para elaboração do projeto --R$ 30 milhões-- já foram aprovados pela Finep (Financiadora de Estudos e Projetos). Se o projeto for aprovado, o novo reator deve estar pronto em 2016.

Nenhum comentário:

 
BLOG DO ANDRÉ CAFÉ
SÓ JESUS SALVA
//