Redes Social



twitterfacebookgoogle pluslinkedinrss feedemailhttps://www.wowapp.com/w/andrecafe/joinhttps://www.instagram.com/andrecafee/

quinta-feira, 30 de abril de 2009

Abertas as inscrições para cursos gratuitos de informática em Olinda

Interessados devem procurar o Núcleo de Tecnologia Educacional, Comunicação e Idiomas da cidade; veja o que é preciso para se inscrever

Estão abertas as inscrições para os cursos gratuitos de informática do Núcleo de Tecnologia Educacional, Comunicação e Idiomas (NTECI) da Secretaria de Educação de Olinda, na Região Metropolitana do Recife. Para se inscrever é necessário que a pessoa resida em Olinda, tenha idade a partir de 14 anos, esteja cursando no mínimo a 5ª série do ensino médio e apresente documentos de identidade, CPF e comprovante de residência com CEP.
Os interessados devem procurar o Núcleo nesta quinta-feira (30), a partir das 8h, na Rua 15 de Novembro, 135 - Varadouro – Olinda. Mais informações: (81) 3305-1072/1073.
SERVIÇO:
Cursos gratuitos de informáticaInscrições: a partir desta quinta-feira (30)Onde: Núcleo de Tecnologia Educacional, Comunicação e Idiomas de Olinda - Rua 15 de Novembro, 135
Varadouro
Mais informações: (81) 3305-1072/1073

quarta-feira, 29 de abril de 2009

Despesa do STF com passagens cresceu 320%

Os gastos do Supremo Tribunal Federal (STF) com a compra de passagens para seus ministros e funcionários aumentaram cerca de 320% entre 2003 e 2008.
Dados divulgados nesta segunda (27) pela Corte indicam que em 2003 foram consumidos um total de R$ 269.833,38 com as passagens. Em 2008, o valor passou para R$ 1.133.187,04. Neste ano, a soma já está em R$ 304.662,18. Os destinos das viagens não foram informados pelo tribunal.
Conforme informações do Supremo, cada ministro do tribunal dispõe atualmente de uma cota anual de R$ 42.848,20 para compra de passagens. Esses bilhetes devem ser usados basicamente para as idas e voltas dos ministros às suas cidades de origem. De acordo com o STF, o dinheiro não pode ser usado para compra de passagens para familiares nem terceiros.
No ano passado, os ministros gastaram R$ 215.555,14 com passagens da cota, o que significa o uso individual de cerca de R$ 1,6 mil por mês. Neste ano, o gasto total dos ministros está em R$ 41.196,34.
Há também as passagens compradas para que ministros representam o tribunal em viagens institucionais. Essas passagens estão fora da cota individual dos ministros, de R$ 42.848,20 por ano. Em 2008, foram gastos com as viagens de representação de ministros R$ 188.576,72 e neste ano, R$ 58.609,23.
A maior parte dos recursos consumidos foi utilizada com a compra de bilhetes para servidores do tribunal. Em 2008, o valor foi de R$ 729.055,18 e em 2007, R$ 451.477,16. Em 2003, foram gastos R$ 82.566,50.
Leia mais

Helicóptero-robô localizará plantações de maconha na Holanda

A polícia holandesa apresentou nesta terça-feira um helicoptero robô que será usado para localizar plantações ilegais de maconha no país.


O pequeno helicóptero não-tripulado, chamado de "canna-chopper", é capaz de voar por várias horas seguidas, informou a AFP. Ele é equipado com câmeras e um detector de odores que coleta amostras de ar por chaminés e aberturas de ventilação.

O cultivo da maconha é um grande negócio na Holanda - segundo a revista alemã Der Spiegel, estima-se um lucro de mais de dois bilhões de euros apenas em 2008.

Apenas 10% de toda a colheita no país, aproximadamente, é vendida legalmente nos "coffee shops" holandeses, onde o consumo da maconha é permitido. A maior parte da produção, no entanto, acaba sendo vendida ilegalmente a outros países

Leia mais

México confirma que são sete mortes por gripe suína

Cidade do México - O governo mexicano informou que o número de mortes provocadas pelos vírus da gripe suína são sete e não 20, como havia sido divulgado anteriormente. Os demais casos, inicialmente atribuídos à gripe suína após exame em um laboratório canadense, ainda deverão passar por novos testes de confirmação. As informações são da BBC Brasil.

O ministro da Saúde do México, José Córdoba, confirmou que 2.498 casos de hospitalização por pneumonia grave foram tratados como suspeitos de gripe suína. Desses, 159 pacientes morreram, mas apenas sete óbitos, segundo ele, estão comprovadamente relacionadas ao vírus H1N1.

Em relação às denúncias de que pessoas não estão sendo aceitas em alguns hospitais ou sobre centros de saúde que estão fechados, o ministro disse desconhecer os fatos. Ele afirmou, no entanto, que para agilizar os diagnósticos, a partir de hoje (29) serão colocadas nas ruas "caravanas da saúde”. O objetivo é examinar casos suspeitos e distribuir medicamentos.

Questionado sobre a origem do vírus, o ministro disse que não tem a resposta. “Querem dizer que o vírus é mexicano, mas não entendo. O genoma [do vírus] mostra que é euro-asiático. Sendo assim, temos que ver quem o trouxe.”

Sobre a propagação do vírus no México, Córdoba negou que o governo tenha demorado em agir e disse que, assim que souberam da circulação do novo vírus, as autoridades alertaram a população.

Leia mais

Alunos de baixa renda são os 'campeões do Enem' no estado de SP


As melhores notas no Enem no estado de São Paulo foram obtidas por alunos de baixa renda de São José dos Campos, a 97 km de São Paulo. O Colégio Eng. Juarez de Siqueira Britto Wanderley, mantido pela Embraer, alcançou a média 76,02, o que lhe rendeu a 8ª posição no ranking nacional das escolas de ensino médio. A escola seleciona todos os anos, por meio de prova, 200 estudantes que cursaram da 5ª a 8ª série do ensino fundamental na rede pública.
Leia mais (aqui)



Confira a planilha com todas as escolas do país (o arquivo está em .xls)



“Aqui você sonha em conjunto. A escola ajuda a levar seu sonho a frente. O estímulo surge daí, do interesse de conseguir uma vaga na faculdade”, diz a aluna Celice Rocha, de 17 anos.


Os estudantes, que enfrentam concorrência de 25 a 30 alunos por vaga para ingressar na escola, não pagam mensalidade e têm uniforme, transporte e alimentação gratuitos. A escola, de período integral, investe em atividades fora do currículo acadêmico, como programas de alternativas sustentáveis e visitas a museus e teatros na capital paulista.


“São alunos de destaque, com capacidade intelectual alta e que estariam desperdiçados se continuassem nas escolas que estavam estudando. Estamos formando cidadãos, pessoas melhores e autônomas que terão presença de destaque na comunidade”, diz o diretor do Instituto Embraer de Educação e Pesquisa, Pedro Ferraz. Segundo ele, a proposta pedagógica é construída juntamente com a Rede Pitágoras de Ensino.


Para recuperar possível deficiência herdada de escolas públicas, o colégio investe em reforço e carga horária ampla, das 7h30 às 17h30. A orientação vocacional, com laboratórios que mostram ao aluno o que ele encontrará na faculdade, é outra preocupação. Exemplo disso é o projeto elaborado pelo Instituto Sírio Libanês que introduz os estudantes a conceitos da medicina.


“Dentro da escola a gente tem várias atividades extra-aula com os professores. E a aula é mais dinâmica. Enfoca tanto o vestibular quanto o conhecimento que a gente precisa ter na vida, como cidadãos”, afirma José Henrique Oliveira, de 17 anos.

terça-feira, 28 de abril de 2009

Jogador do Central de Caruaru morre em acidente de carro em Pombos (PE)

O jogador Jardel Gomes da Silva, 25, meio-campo do Central de Caruaru, time da primeira divisão do futebol pernambucano, morreu no início da noite de segunda-feira (27) em um acidente de carro ocorrido em Pombos (PE).

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o Corsa em que Jardel estava na companhia de outros três jogadores do mesmo time foi atingido na traseira por um caminhão na altura do km 61 da BR-232, por volta das 19h10. Jardel morreu no local e os outros três ficaram feridos.

Eles foram encaminhados para o hospital Ressurreição. O lateral Adeildo Dias da Silva, 29, sofreu fratura nas pernas. O atacante Cláudio Elias Romão teve ferimentos leves. O meia Heider Dias Sotero, 22, sofreu um corte no rosto.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, eles foram atingidos no momento em que estavam presos em um congestionamento que se formou na rodovia. O congestionamento ocorreu devido a um protesto que era realizado na altura do km 58,5 km da mesma via, devido a morte de uma mulher.

Maria das Graças Almeidas, 56, foi atropelada e morreu. Moradores das imediações iniciaram um protesto após a morte dela e fecharam a pista.

Informações preliminares dão conta que um caminhão que seguia atrás não conseguiu frear e bateu atingindo sete veículos. O Corsa em que os jogadores estavam ficou prensado entre dois caminhões. Eles ficaram presos entre as ferragens. O corpo de Jardel só pode ser retirado por volta das 23h de ontem e será enterrado em Paulista (PE) na tarde de hoje.

O presidente do Central, Ronaldo Lima, decretou luto no clube por três dias.

Segundo a assessoria de imprensa do clube, Jardel começou nas categorias de base do Náutico e atuou na equipe do Penedense de Alagoas. Ele estava na sua primeira temporada defendendo o time de Caruaru.

Leia mais

segunda-feira, 27 de abril de 2009

Gripe suína

Risco de pandemia é real

Médicos estão aconselhando norte-americanos a usar máscaras para se proteger do vírus que se propagou do México para os EUA e a Nova Zelândia. Na Europa, onde não estava certo ainda se o vírus já havia chegado, a Espanha confirmou o primeiro caso. O ministro da Saúde do México, José Ángel Cordovao, disse nesta segunda-feira, 27, que a gripe já pode ter matado 149 pessoas no país e que o número de casos pode aumentar.

Com cerca de 1.300 infectados em todo o mundo até o momento, as autoridades estão divididas entre alertar para o risco de uma pandemia e evitar paralisar grandes cidades em todos os continentes em meio a uma crise econômica global.

Um porta-voz da Casa Branca disse no último sábado, 25, que o presidente Obama não teve a saúde ameaçada por conta de sua visita à Cidade do México na semana passada, apesar das notícias de que um mexicano que teve contato com o presidente norte-americano teria morrido logo depois com sintomas da gripe suína. Especialistas internacionais se reunirão nesta terça-feira, 28, para aconselhar a Organização Mundial de Saúde (OMS) sobre a possibilidade de aumentar o nível de alerta mundial.

Anvisa irá distribuir panfletos e máscaras nos aeroportos

O governo brasileiro anunciou nesta segunda-feira, 27, que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária irá distribuir 100 mil máscaras de prevenção a serem entregues a passageiros que desembarcam no Brasil vindos de áreas de risco.

A Anvisa acredita que a partir de amanhã os seis aeroportos nacionais que recebem voos internacionais comecem a receber as máscaras.

COMER E BEBER JUNTOS

Jesus é reconhecido quando parte o pão, de acordo com o livro de São Lucas. A comunhão eucarística se realiza quando o presidente da celebração parte a hóstia consagrada e a distribui aos participantes reunidos em assembleia. O Ressuscitado tem fome e quer partilhar o alimento com os seus. Comida é sinal de vída e comunhão. Jesus compara o reino de Deus a um banquete...


Desde os povos antigos — e nas mais díversas culturas — a família reunida para comer e beber reveste-se de um simbolismo bastante significativo, muito além do sustento da vida biológica. Ao redor da mesa, estabelecem-se as relações familiares. A mesa é forte símbolo de integração e convivência, de comunhão e fraternidade. Ao seu redor partilha-se comida, diálogo, amenidades, alegria, descontração...
Em razão da correria e da diversidade de funções que os membros da família assumem, comer e beber juntos tornou-se, no mundo moderno, uma prática muito difícil. Enquanto o pai volta do trabalho, o filho está indo para a escola. Quando o pai e a mãe têm um espaço de folga para o descanso em casa, o filho sai para namorar, para praticar algum esporte com os amigos, para frequentar algum curso...
A mesa da comida é hoje, substituída por outras: a dos negócios, planejamentos, jogos, debates.., O diálogo familiar cedeu lugar à conversa ao celular, ao programa de TV à música do rádio, à leitura do jornal, à internet... Há famílías que lutam para ver se conseguem, pelo menos uma vez por semana, reunir-se para partilhar a refeição: atitude louvável num tempo de tanta correria e de tantos atrativos oferecidos pela sociedade.
Pior é a situação das famílias que não se reúnem em volta da mesa por não terem o que pôr sobre ela. Se as políticas de combate à fome estão reduzindo o número de famintos no Brasil, devemos reconhecer que ainda há muito por fazer, também quanto aos países submersos na miséria e na fome. Enquanto houver um faminto no mundo, não podemos nos acomodar. A eucaristía nos leva a ser fraternos com todos, a começar pelos mais necessitados.

O linfoma de Dilma

Ninguém pensa noutra coisa desde sábado, quando a notícia ganhou as ruas. A descoberta do câncer no sistema linfático da ministra Dilma Rousseff (PT) acrescentou um componente dramático a esta fase de pré-campanha à sucessão do presidente Lula em 2010. Na verdade, aturdiu quase todos, líderes e analistas políticos do país. O que ocorrerá nos próximos quatro meses, quando Dilma passará por sessões de quimioterapia? E depois? Ela terá condições de manter a candidatura, que vem crescendo, ganhando musculatura e aglutinando apoios em toda a base do governo? Como não há o que fazer em relação à doença a não ser esperar, políticos e jornalistas iniciaram imediatamente as especulações sobre o que pode ocorrer, caso a ministra deixe a disputa. E, claro, quais serão as consequências de uma vitória dela sobre o câncer. No primeiro caso, a situação do governo é complicada. Há dois anos Lula trabalha o nome dela para ser sua candidata. Não existe plano B - principalmente porque há uma tese majoritária na base de que o governo deve ter apenas um candidato, com todas as suas forças unidas. A eleição de 2010 é atípica. Será a primeira desde a redemocratização do país sem Lula concorrendo. A falta de um Lula leva à seguinte situação: o governo é, mesmo hoje, em plena crise, fortíssimo; Lula é cabo eleitoral de luxo; mas o líder nas pesquisas de intenção de voto é o governador José Serra (PSDB), de São Paulo, principal figura da oposição. Ou seja, para superar Serra, o presidente precisa de um candidato bem construído, conhecido nacionalmente, que capitalize todo o patrimônio de aprovação do governo e consiga transformar isso em votos. Dilma vinha nessa construção. Mas Lula precisa de tempo, caso tenha que substituí-la. Por isso, aproveitará os próximos meses para, no mínimo, testar nomes com potencial para ser o plano B. Não se surpreendam se Eduardo Campos (PSB), governador de Pernambuco, aparecer como opção. Dito isso, deve-se pensar na superação. Se Dilma conseguir a cura, isto, involuntariamente, poderá torná-la ainda mais forte como candidata. (leia mais)

Ganhos de cada senador chegam a R$ 119,7 mil por mês; os de deputados federais somam R$ 62 mil

Quem anda pelo Congresso já ouviu a velha reclamação: um deputado ou senador não poderia ganhar "só" R$ 16.512,09 por mês tendo em vista a responsabilidade demandada pelo cargo. "Um executivo de uma grande empresa ganha muito mais do que isso", argumenta o ministro das Relações Institucionais, José Múcio Monteiro (PTB-PE), ele próprio deputado federal licenciado.
Na realidade, esse valor do salário é apenas uma parte pequena de tudo aquilo a que os 594 congressistas têm direito para exercer seus mandatos.
Em resumo, pode-se afirmar que o Congresso banca desde o cafezinho ao aluguel do jatinho do parlamentar.
O valor dos vencimentos praticamente dobra apenas com a chamada verba indenizatória, de R$ 15 mil por mês, para gastos de gasolina, aluguel de escritório, alimentação, consultorias, entre outros. Há também dinheiro carimbado para telefone, motorista, envio de cartas, assinatura de jornais e revistas, passagens, auxílio-moradia etc., além de dezenas de servidores à disposição.
Quando se somam todos os benefícios em dinheiro à disposição dos deputados, chega-se a um valor mensal de R$ 48 mil a R$ 62 mil para cada um -recebem ainda 15 salários ao ano.
Aí não estão incluídos toda a infraestrutura oferecida (cerca de 5.000 funcionários e dezenas de órgãos técnicos), os extras a que deputados da cúpula têm direito em suas verbas e os gastos com os assessores para o gabinete em Brasília e o escritório no Estado -até 25 pessoas a custo de até R$ 60 mil.
Outro valor imensurável é o da assistência médica. Os deputados podem se tratar nas clínicas da Câmara, ou usar serviços externos, em caso de emergência ou quando a Casa não os oferecer. Depois, basta pedir o reembolso integral, sem limite.
No caso dos senadores, o valor total dos benefícios é ainda maior. Fica-se entre R$ 74,7 mil e R$ 119,7 mil -para representantes de São Paulo.
Essa variação ocorre, sobretudo, por causa dos gastos postais. Enquanto um senador amapaense (Estado com a menor população) está autorizado a apresentar até R$ 4.000 por mês em despesas postais, um colega de São Paulo tem direito de consumir R$ 60 mil -por vir do Estado mais populoso.
Diferentemente dos deputados, que obedecem a limites mais definidos, os senadores levam uma vida mais folgada. Na Câmara, cada um dos 513 representantes pode gastar até R$ 4.268,55 por mês com telefone e correios, à exceção de líderes e membros da Mesa, que têm adicional de R$ 1.244,55.
Já os 81 senadores têm um teto muito maior para enviar cartas e não precisam se preocupar com o telefone: as contas não têm limite. O serviço médico é igual ao da Câmara (manda-se a nota e a despesa é reembolsada), mas com um significativo acréscimo: há R$ 26 mil ao ano, por "núcleo familiar", para tratamento odontológico.
Nenhuma das Casas é um exemplo de transparência. Mas o Senado é nitidamente o mais hermético. Enquanto os deputados há anos já mostravam o valor dos gastos com verbas indenizatórias, mensalmente, os senadores só adotaram esse costume em dezembro.
Quando se busca uma informação na Câmara sobre o número de funcionários por gabinete, o dado é rapidamente oferecido. No Senado, não.
O diretor-geral da Casa, Alexandre Gazineo, respondeu à Folha apenas de maneira parcial. Ao descrever a estrutura de gabinetes, escreveu que "o senador pode contar com cinco assessores técnicos, seis secretários parlamentares e um motorista".
Ao se recorrer a outros funcionários da Casa se descobre que, somando concursados e o desmembramento de funções comissionadas, o número total de pessoas que serve a cada senador pode passar de 80, ao custo de R$ 97,8 mil mensais, só contando salário de comissionados.

domingo, 26 de abril de 2009

9 milhões ainda não enviaram declarações de Imposto de Renda. Prazo expira na quinta-feira

Até sexta, pouco mais de 15 milhões de contribuintes tinham declarado o Imposto de RendaMais cinco dias. Esse é o prazo que resta aos contribuintes para entregar as declarações do IR deste ano. O prazo final é quinta-feira, dia 30, mas neste ano haverá quatro horas a mais para enviar pela internet, uma vez que a Receita Federal ampliou a entrega até a meia-noite, pelo horário de Brasília (no ano passado, só até as 20h).

Como em anos anteriores, um grande número de contribuintes deixou a entrega para os últimos dias. Neste ano, cerca de 9 milhões estão nessa situação (no ano passado, 7,5 milhões deixaram para entregar nos últimos quatro dias).
Até sexta-feira, pouco mais de 15 milhões de contribuintes já tinham enviado suas declarações à Receita. Ontem, ao menos mais 1 milhão foi enviado. Dessa forma, ainda restariam 9 milhões, uma vez que a Receita estima receber 25 milhões de declarações neste ano – foram 24,207 milhões em 2008.

Os retardatários devem aproveitar amanhã – último domingo antes do prazo final – para acertar as contas com o fisco. Segundo o supervisor nacional do IR, Joaquim Adir, o prazo não será prorrogado – a última vez foi em 1995.

Adir diz que os computadores da Receita têm capacidade para receber mais de 3,5 milhões de declarações por dia. Apesar disso, ele alerta para que os contribuintes não deixem a entrega para a última hora, pois não está descartado um possível congestionamento na internet (especialmente no final da tarde e no início da noite de quinta-feira) se o número de retardatários for muito grande.

Outro detalhe: o último dia de entrega é véspera do feriado pelo Dia do Trabalho. Assim, quem pretende viajar para aproveitar o fim de semana prolongado não deve deixar a entrega para o último dia.

Fonte - clicabrasilia

Chip do tamanho de uma moeda de R$ 1 combate desmatamento

Um chip de plástico, do mesmo tamanho e formato de uma moeda de R$ 1, é a nova arma em estudo pelo governo federal e alguns estados para combater o desmatamento na Amazônia e em outras áreas de preservação ambiental, como a Mata Atlântica.
Criado por pesquisadores do Instituto Web Florestal (IWF), o dispositivo funciona como a ponta de um sistema de monitoramento eletrônico e é capaz de gravar dados digitais criptografados, como espécie, altura, diâmetro e volumetria das árvores, além das características biológicas e localização exata da espécie na floresta.
Sensível ao meio ambiente, o chip pode disparar um alarme nos postos de fiscalização ambiental que ficam a muitos quilômetros de distância se determinadas árvores estiverem sendo cortadas, atingidas por queimadas ou até vendavais.
O chip tem um buraco no meio para ser pregado às árvores e carrega no seu software dados sobre o processo de crescimento das espécies e a data prevista para o seu corte, no caso de planos de manejo.
O dispositivo emite ondas de rádio em UHF a um raio de 15km, informando os dados para um computador central. Testado com sucesso nos 100 hectares na fazenda Buriti, na Chapada dos Guimarães (MT), o sistema é fruto das pesquisas do biólogo Élvio Sheller, que também trabalha na Universidade Federal do Mato Grosso. Ele teve a ideia quando desenvolvia na Universidade de Sheffield, na Inglaterra, um projeto para a monitorar o índice de poluição no Reino Unido.

Combate à falsificação

O chip promete acabar com o fim do comércio de madeira ilegal. Hoje, os créditos para o corte e transporte de árvores são alvo de fraudes. O equipamento evitaria a inserção de informações falsas sobre volumetria de madeira no documento oficial de crédito para desmate. Segundo o presidente do IWP, Roberto Bucar, a tecnologia também tem condições de combater a falsificação ou a criação de créditos virtuais para a derrubada de madeira emitidos pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).
Outra vantagem da invenção é que os dados contidos no chip poderiam ser checados com as informações armazenadas no banco de dados da fiscalização, e até localizar a serraria para onde determinada espécie foi transportada. A serraria legal poderia garantir à indústria moveleira ou da construção civil que utiliza árvore de plano de manejo legal. De acordo com o engenheiro florestal do IWF Planet Paulo Borges, o sistema de manejo florestal executado hoje só tem a ganhar com a implantação do sistema. Segundo ele, o mecanismo é capaz de acabar com 95% das brechas a que o manejo atual está exposto.
A tecnologia já está sendo utilizada em projetos em Mato Grosso e em um piloto da SOS Mata Atlântica em São Paulo. Os primeiros testes foram considerados satisfatórios e agradou aos ambientalistas. “É um avanço na fiscalização e monitoramento de áreas de preservação” comemora Mário Mantovani, dirigente da organização não governamental. A instituição estuda implantar o sistema de controle em todas as áreas que monitora.

Qual é o sexo do seu cérebro?

O cérebro humano pode ser feminino ou masculino independentemente do sexo biológico de uma pessoa. Faça o teste e saiba se o seu cérebro tem o mesmo sexo que seu corpo



As diferenças no corpo de homens e mulheres estão além da aparência e dos órgãos sexuais. A ciência detectou que até o cérebro apresenta características femininas ou masculinas. Essa diferença neurológica gera diferenças de comportamentos, sentimentos e modos de pensar entre homens e mulheres. Você consegue saber se seu amigo está triste ou irritado só de olhar para ele? Essa é uma característica de um cérebro feminino. Mas um homem também pode ter essa sensibilidade e outros comportamentos geralmente ligados a um cérebro feminino. Isso porque a sexualidade cerebral não está ligada diretamente ao sexo do corpo. “O sexo do cérebro é determinado pela quantidade de testosterona [hormônio masculino] a que o feto fica exposto no útero. Em geral, homens recebem doses maiores do que as mulheres. Mas isso varia e nós ainda não sabemos exatamente por quê”, diz a ÉPOCA a neuropsicologista Anne Moir, da Universidade de Oxford, na Inglaterra.

A diferença entre o cérebro dos dois gêneros tem raízes evolutivas. Segundo Moir, durante o desenvolvimento dos seres humanos, como o homem era o caçador, desenvolveu um cérebro com habilidades manuais, visuais e coordenação para construir ferramentas. Por isso, um cérebro masculino tem mais habilidades funcionais. Já as mulheres preparavam os alimentos e cuidavam dos mais novos. Elas tinham que entender os bebês, ler sua linguagem corporal e ajudá-los a sobreviver. Elas também tinham que se relacionar com as outras mulheres do grupo e dependiam disso para sobreviver na comunidade e, por isso, desenvolveram um cérebro mais social. Os homens, por sua vez, lidavam com um grupo de caçadores, não precisavam tanto um do outro e se comunicavam menos, apenas com sinais.
Moir acredita que a diferença de sexo entre cérebro e corpo pode estar ligada às causas do homossexualismo. “Se a concentração de testosterona no útero está mais baixa do que o padrão para os homens, então o 'centro sexual' do cérebro será feminino e esse homem sentirá atração por outros homens. Se a concentração desse hormônio estiver alta, o 'centro sexual' será masculino e ele sentirá atração por mulheres”, diz Moir.
Fonte - epoca

TV de 269 polegadas












É uma pena, mas não sou eu nessa foto, já pensou, jogar X-Box num telão desses, não é para qualquer um, como eu não posso fico só sonhando e imaginando assisitir Lost nesse mini-cinema (Evangeline em tamanho mais que real!) . A telinha tem 3,36 m de altura e 36,6 m de largura, Faz um TV de plasma de 150 parecer brinquedo da LEGO.

Fonte - Mundodrive

Dilma deve fazer quimioterapia por quatro meses

A ministra Dilma Rousseff (Casa Civil) deve ficar por quatro meses em tratamento com quimioterapia para combater um linfoma (câncer no sistema linfático). Ela deve se submeter a sessões a cada três semanas, segundo a equipe médica do hospital Sírio-Libanês, em São Paulo
De acordo com os médicos, a quimioterapia será feita por questão de segurança, como tratamento complementar. A ministra afirmou que há cerca de 30 dias, em uma tomografia feita durante um exame de rotina, foi detectado um nódulo em sua axila, que já foi retirado.
Marlene Bergamo/Folha Imagem
Dilma faz tratamento contra linfoma e diz que não diminuirá ritmo de trabalho; ela chegou ao hospital acompanhada de Franklin Martins
Exames constataram que não havia outros focos da doença em seu organismo. "Os médicos me asseguraram que as consequências da quimioterapia não são problemáticas, que posso continuar com meu ritmo de trabalho", afirmou Dilma.
De acordo com a oncologista Yana Novis, não há uma regra específica para repouso em razão da quimioterapia. "Ela pode fazer a aplicação, que dura cerca de quatro horas, ir para a casa e trabalhar no dia seguinte", afirmou a médica.
A ministra afirmou estar se sentindo "muito bem". "Essa é uma das coisas contraditórias dessa doença: não tem sintomas. Me sinto totalmente bem", afirmou. "Na vida de todos nós é normal ficarmos diante de problemas, de desafios, de opções. Esse é mais um desafio que eu terei na minha vida."
Dilma convocou a entrevista depois que a Folha informou com exclusividade neste sábado que a ministra passa por um tratamento prolongado de saúde no Sírio-Libanês.
Boletim
Segundo boletim médico divulgado às 14h pelo hospital Sírio-Libanês, o gânglio foi diagnosticado como linfoma em estágio inicial há um mês, quando a ministra realizou exames de rotina.
"Encontra-se neste momento sem evidência da doença ativa e deverá realizar tratamento quimioterápico complementar por segurança", diz o boletim.
Hoje a ministra voltou ao hospital para exames ambulatoriais finais.
Fonte - Folhaonline
 
BLOG DO ANDRÉ CAFÉ
SÓ JESUS SALVA
//